Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Raphael Tsavkko Garcia · Julho, 2014

Jornalista freelance. Doutorando em Direitos Humanos (Universidad de Deusto), Mestre em Comunicação (Cásper Líbero), Bacharel em Relações Internacionais (PUCSP), pesquisador de mídia alternativa, Euskal Herria (País Basco), Nacionalismo, identidade, Diáspora e Cibercultura.

Website: www.tsavkko.com.br
Twitter: @Tsavkko
Twitter EN/ES: @Tsavkko_intl
Facebook: Tsavkko

Email Raphael Tsavkko Garcia

Últimos posts por Raphael Tsavkko Garcia de Julho, 2014

28 Julho, 2014

No Brasil, inquérito policial contra ativistas lembra trama de novela mal-escrita

Depois de sair de segredo de Justiça, inquérito policial que levou à prisão 23 ativistas às vésperas da final da Copa do Mundo, revela provas baseadas em ciúmes e testemunhos questionáveis.

25 Julho, 2014

Três ativistas anti-Copa acusam o Brasil de perseguição política e, em vão, procuraram asilo no Consulado do Uruguai

Eloisa Samy, advogada defensora dos direitos de ativistas, foi detida "preventinamente" antes da final da Copa, acusada de "formação de quadrilha armada". Foi liberada mais tarde, e depois presa de novo.

14 Julho, 2014

O fim da Copa: Dentro do Maracanã, festa alemã; do lado de fora, a reprise da violência policial

Centenas de ativistas foram impedidos de caminhar até o Maracanã, palco da final da Copa do Mundo, pela Polícia Militar do Rio de Janeiro que usou bombas, gás e muita violência.

13 Julho, 2014

Lutar não é crime: Ativistas são presos “preventivamente” no Rio por protestar contra Copa do Mundo ao estilo Minority Report

No começo da manhã do dia 12 de julho, 28 ativistas contrários à realização da Copa do Mundo no Brasil foram presos "preventivamente" na cidade do Rio de Janeiro suspeitos de praticar atos violentos e sendo acusados de "formação de...

11 Julho, 2014

Teatro de Guerra: Foto captura israelenses “assistindo” Gaza ser bombardeada

No começo da semana, Israel lançou a massiva "Operação Escudo Protetor" contra Gaza que já deixou mais de 80 palestinos mortos, muitos dos quais mulheres e crianças.

Cabo da Polícia Militar é o primeiro condenado pelos “Crimes de Maio”