Raphael Tsavkko Garcia · Dezembro, 2010

Jornalista freelance. Doutorando em Direitos Humanos (Universidad de Deusto), Mestre em Comunicação (Cásper Líbero), Bacharel em Relações Internacionais (PUCSP), pesquisador de mídia alternativa, Euskal Herria (País Basco), Nacionalismo, identidade, Diáspora e Cibercultura.

Website: www.tsavkko.com.br
Twitter: @Tsavkko
Twitter EN/ES: @Tsavkko_intl
Facebook: Tsavkko

Email Raphael Tsavkko Garcia

Últimos posts por Raphael Tsavkko Garcia de Dezembro, 2010

Brasil: Ato em apoio ao WikiLeaks

Brasil: Feminazis e Reação da Blogosfera

Estourou, no Twitter e na blogosfera Brasileira, uma polêmica em torno do uso do termo "Feminazi", suscitada após as acusações de que Julian Assange, líder do WikiLeaks, é alvo por supostamente ter abusado sexualmente de duas mulheres na Suécia.

Demotix e Global Voices juntam forças

Nesta semana estamos anunciando uma nova parceria entre o Global Voices e Demotix - a premiada plataforma de fotojornalismo cidadão. Sempre que fizer sentido, vamos usar as suas imagens, e eles vão utilizar os nossos textos.

Brasil: Folha de São Paulo Censura Blog Satírico

O blog Falha de São Paulo, criado pelos irmãos Lino e Mario Bocchini, como uma paródia da maior empresa jornalística brasileira - Folha de São Paulo - foi tirado do ar através de uma liminar na justiça brasileira no final...

Brasil: O voto pelos direitos humanos

Brasil: Brutalidade policia durante desocupação de prédio no Rio de Janeiro

Sudão: Baixo comparecimento de eleitoras às urnas

Rússia: A blogosfera ferve enquanto conflitos étnicos inundam Moscou

Rússia: Fotos e Testemunhos dos Confrontos em Moscou

Brasil: Literatura e Preconceito Contra Pobres

Brasil: WikiLeaks e a exploração do Pré-Sal

Brasil: Reconhecido o Estado da Palestina

No dia 3 de dezembro de 2010 o Brasil reconheceu oficialmente o Estado Palestino, dentro das fronteiras de 1967. A blogosfera Brasileira reage, analisando as implicações desta decisão.

Brasil: A mídia apoiou a Censura durante a Ditadura

Brasil: WikiLeaks e a “Intifada Eletrônica”

Brasil: Presidente Lula defende fundador do WikiLeaks, Julian Assange