Raphael Tsavkko Garcia · Março, 2010

Jornalista freelance. Doutorando em Direitos Humanos (Universidad de Deusto), Mestre em Comunicação (Cásper Líbero), Bacharel em Relações Internacionais (PUCSP), pesquisador de mídia alternativa, Euskal Herria (País Basco), Nacionalismo, identidade, Diáspora e Cibercultura.

Website: www.tsavkko.com.br
Twitter: @Tsavkko
Twitter EN/ES: @Tsavkko_intl
Facebook: Tsavkko

Email Raphael Tsavkko Garcia

Últimos posts por Raphael Tsavkko Garcia de Março, 2010

Leia este post.

Facebook remove grupo secularista marroquino e seu fundador

Ao longo dos últimos anos, o Facebook tem estado sob minuncioso exame várias vezes por sua aparente hipocrisia sobre que tipos de grupos ele julga inadequado. O ativista marroquino Kacem El Ghazzali foi recentemente submetido aos TOS do Facebook, quando um grupo que tinha criado, intitulado "Jeunes pour la séparation entre Religion et Enseignement" (Juventude pela Separação entre Religião e Educação), foi prontamente removido.

Leia este post.

Balcãs: Nostalgia Bizantina

  14 Março, 2010

Similar à Yugo-nostalgia [nostalgia da Iugoslávia], a nostalgia pelo passado comum Bizantino pode às vezes transcender algumas das barreiras criadas pelo moderno nacionalismo e racismo nos Balcãs.

Leia este post.

Autores do Global Voices falam contra a Censura

  12 Março, 2010

Hoje marca o Dia Mundial Contra a Cyber Censura, uma iniciativa promovida pela ONG global Repórteres Sem Fronteiras (RSF) em prol de uma única Internet livre e acessível a todos. O dia, esperamos, vai inspirar os usuários da Internet a aumentarem sua própria consciência sobre censura online, algo que muitos autores do Global Voices conhecem muito bem.

Leia este post.

Armênia-Turquia: Resposta à resolução estadunidense sobre o Genocídio

  9 Março, 2010

Depois da resolução não-vinculativa da semana passada ser aprovada por pouco em uma Comissão de Assuntos Exteriores do Congresso instando o governo dos EUA a reconhecer o massacre e deportação de Armênios em 1915 no Império Otomano como Genocídio, as reações na blogosfera parecem ter silenciado. Entretanto, outras vozes alternativas estão fazendo com que suas palavras sejam ouvidas.

Guiana: A Morte de Uma Língua

  5 Março, 2010

Repeating Islands observa que o “Holandês de Berbice, um crioulo holandês falado em [uma] parte da Guiana, foi declarado oficialmente extinto.”