Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Como resultado do fechamento por conta da Covid-19, museu Ghibli disponibiliza mini-tours on-line

Museu Ghibli, Mitaka,

Guichê de venda de ingressos do Totoro” no Museu Ghibli, em Mitaka, Tóquio, pelo usuário do Flickr chopperkuo. Licença: CC BY-NC-ND 2.0

Após fechar temporariamente por conta da pandemia da Covid-19, uma das atrações turísticas mais apreciadas do Japão está oferecendo tours virtuais no YouTube.

O Museu Ghibli, localizado em Mitaka, em um frondoso subúrbio a cerca de 20 minutos de trem do centro de Tóquio, é dedicado à recriação não apenas dos mundos animados do Studio Ghibli, mas também do processo artístico do estúdio em si.

Os filmes do estúdio, dentre eles “Meu amigo Totoro” e “A viagem de Chihiro” de Hayao Miyazaki são bastante populares ao redor do mundo. O museu atrai milhares de visitantes a cada ano, e a admissão é limitada. Apenas um número limitado de visitantes pode entrar no museu por dia, e, em geral, os ingressos devem ser reservados com meses de antecedência.

O museu está fechado desde o dia 25 de fevereiro. Após compartilhar fundos gratuitos para encontros e reuniões na internet para ajudar quem precisa trabalhar de casa agora, o estúdio Ghibli lançou vídeos de tours virtuais do museu.

Os cinco vídeos começam pelo exterior do museu, antes de prosseguir por várias salas e exibições.

A sala “Onde surge um filme” exibe uma “inspiração para o que irá no pedaço de papel em branco na escrivaninha e acabará se tornando por fim um filme”.

Os cinco vídeos estão disponíveis no canal oficial do YouTube do Estúdio Ghibli.

O YouTuber CocoTak disponibilizou uma tour um pouco mais longa pelo museu Ghibli, incluindo o caminho a partir da estação de Mitaka:

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.