Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

[Vídeo] Povos indígenas e apropriações tecnológicas contemporâneas

O estado de Oaxaca é um cenário privilegiado para a configuração dos usos, práticas e relações que os povos indígenas estabelecem a partir do uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), da internet e das redes sociais. Se pensarmos em processos amplos de comunicação indígena em Oaxaca, podemos mencionar dois momentos de fortalecimento e consolidação: o levante zapatista de 1994 e o movimento de 2006 em Oaxaca.

Mas além das problemáticas que a lacuna tecnológica gera em nível local, queremos mostrar como nestas apropriações ocorrem processos de ação político-cultural e agenciamento de parte dos sujeitos envolvidos. Desta maneira, veremos algumas apropriações das redes sociais e das TICs no âmbito indígena. Conheceremos alguns casos onde emergem processos como a autonomia digital e a criação de conteúdos próprios.

O propósito do vídeo é a divulgação e a visibilidade dos usos que os povos indígenas, em Oaxaca, dão às tecnologias digitais, à internet e às redes sociais. Este vídeo foi filmado em janeiro de 2018 e editado ao longo do ano de 2019. Foi financiado pelo Programa UNAM-PAPIIT “Redes sociais e povos indígenas” IA300418.

Créditos:

Investigación: Elena Nava

Trabajo en campo: Elena Nava y Damián López

Guión: Elena Nava y Leslie Cruz

Voz: Leslie Cruz

Cámara: Damián López

Edición: Leslie Cruz

Créditos:

Pesquisa: Elena Nava

Trabalho de campo: Elena Nava e Damián López

Roteiro: Elena Nava e Leslie Cruz

Voz: Leslie Cruz

Câmera: Damián López

Edição: Leslie Cruz

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.