- Global Voices em Português - https://pt.globalvoices.org -

O jornalista e ativista digital Luis Carlos Díaz está desaparecido na Venezuela

Categorias: América Latina, Venezuela, Ativismo Digital, Censorship, Direitos Humanos, Liberdade de Expressão, Mídia Cidadã, Política, Primeira Mão
[1]

“Onde está Luis Carlos?” Imagem da campanha pública on-line, compartilhada pela Provea. Na imagem, indicam a última vez que ele foi visto e a última vez que ele fez um tuíte em seu perfil. [2]

Na noite de 11 de março, a comentarista política Naky Soto, [3] esposa do jornalista e ativista de mídia venezuelano Luis Carlos Diaz, escreveu no twitter que ele estava desaparecido há cinco horas.

[Atualização] O Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Imprensa (SNTP em espanhol) [4] informou que Luis Carlos havia sido detido pelo Serviço  Bolivariano de Inteligência Nacional [5] (SEBIN):

URGENT A Sebin commission confirms that journalist Luis Carlos Díaz has been detained by that police organism. They pointed their weapons at journalist [and members of the Press Union] Marco Ruiz, Luz Mely Reyes and Federico Black.

#URGENTE [6]  A Comissão SEBIN confirma que o jornalista Luis Carlos Diaz está detido naquela organização policial, eles apontaram armas para os jornalistas [e membros do Sindicato de Imprensa] @mruizsilvera [7], @LuzMelyReyes [8], @LilaVanorio [9] e @FedericoBlackB [10] #DondeEstaLuisCarlos [11] #12Mar  [12]- SNTP (@sntpvenezuela) 12 de março de 2019 [13]

Horas antes, Soto tinha tuitado que Luis Carlos Díaz estava desaparecido há cinco horas:

Dear everyone: I lost contact with @LuisCarlos [14] at 5:30 this afternoon, when he told me he was coming home to rest because he was going to do a special broadcast at @Unionradionet [15] from 10:00 pm to 5:00 am #DóndeEstáLuisCarlos [16]

Caros: Perdi o contato com @LuisCarlos [14] às 17h:30, quando ele me disse que voltaria para casa para descansar, porque iria fazer uma transmissão especial na @Unionradionet [15] das 22h às 5:00 da manhã #DóndeEstáLuisCarlos [16]

@LuisCarlos [14] is on his bike, but since 5:30 I've heard nothing from him and:
– he's not at the radio station
– he's not at home
– he hasn't tweeted
– he isn't answering calls
– he isn't answering SMS or WhatsApp messages
#DóndeEstáLuisCarlos

@ LuisCarlos [14] está de bicicleta, desde 17h:30 eu não sei nada sobre ele:
– não está na estação
– não está em casa
– ele não tuitou
– não atende as chamadas
– não responde SMS ou mensagens no WhatsApp #OndeEstaLuisCarlos          [16]

- Naky Soto (@Naky) 12 de março de 2019 [18]

[Atualização] Luz Mely Reyes [19]transmitiu ao vivo quando membros do SEBIN revistaram a casa de Diaz e Soto Soto. O SNTP também divulgou a notícia:

URGENT At this time, 3:30 am, a commission from the Intelligence Forces arrives to journalist and human rights activist Luis Carlos Díaz's home, missing since 5:30 pm #WhereIsLuisCarlos

URGENTE: Neste momento, 3h30, a comissão SEBIN chega à casa do jornalista e ativista de direitos humanos Luis Carlos Díaz, desaparecido desde às 17h30. #OndeIsLuisCarlos

Outras organizações de direitos humanos e liberdade de expressão se juntaram à campanha por meio da hashtag #DondeEstaLuisCarlos [22] (Onde está Luis Carlos?), que neste momento é uma tendência na tuitosfera da Venezuela.

Díaz é um jornalista e defensor de direitos humanos e liberdade de expressão muito conhecido. Ele é muito apreciado na Venezuela e no exterior por seus comentários e críticas ao governo de Nicolas Maduro.Trabalhou por muito tempo com sua esposa, Naky Soto, que também é uma comentarista política muito conhecida, na produção de programas de rádio e vídeo [23] on-line focados na política e nos direitos humanos na Venezuela. Ele também trabalhou como educador e promotor da criação de espaços de mídia cidadã e projetos de mídia independentes. Díaz também faz parte da comunidade Global Voices [24] há mais de uma década.

To me, Luis Carlos is a brilliant person, well versed in information and networks in this chaotic Venezuela of ours. He has been able to make links with society (from criticism to cultural spaces) #WhereIsLuisCarlos.

Para mim, Luis Carlos é uma pessoa brilhante, bem versada em informação e redes nesta nossa caótica Venezuela. Ele foi capaz de estabelecer vínculos com a sociedade (desde críticas até espaços culturais) #WhereIsLuisCarlos.

Poucos dias antes de seu desaparecimento, o programa Con el Mazo Dando, afiliado ao Estado, mostrou o vídeo de uma transmissão recente de Díaz. O apresentador do programa, o político Diosdado Cabello, insinuou que Díaz havia ajudado a planejar o apagão nacional [26], que levou os venezuelanos a ficarem no escuro por mais de 24 horas nos dias 7 e 8 de março.

Não há evidências que comprovem isso.

#DenounceEP Since 5:30 pm the whereabouts of journalist Luis Carlos Díaz are unknown. He was accused to be a “fascist-like influencer” through the Twitter account of “Con el mazo dando”.

#DenounceEP Desde às 17h30 o paradeiro do jornalista Luis Carlos Díaz é desconhecido. Ele foi acusado de ser um “influenciador fascista” por meio da conta no Twitter de “Con el mazo dando”.

Nosso amigo @LuisCarlos é um dos rostos mais visíveis do jornalismo dissidente na Venezuela. Há poucos dias, o #conelmazodando [30] de Diosdado atacou Luis Carlos com uma campanha de propaganda conspiradora que o vinculava ao “apagão nacional planejado pelos EUA”. # DóndeEstáLuisCarlos [16]

Enquanto isso, o tempo vai passando sem que exist uma informação sólida. O Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Imprensa (SNTP) juntou-se à campanha e começaram a busca na sede do serviço de inteligência (SEBIN).

[Atualização: Eles confirmaram [13] que Diaz estava sob custódia]:

It's been been seven hours since Luis Carlos Díaz has gone missing. [Díaz] is a journalist for Unión Radio Noticias and he's a human rights activist. We're at the SEBIN headquarters and they deny having him [in custody there] #WhereIsLuisCarlos

Já se passaram sete horas desde que Luis Carlos Díaz desapareceu. Díaz é jornalista da Unión Radio Noticias e é ativista dos direitos humanos. Estamos na sede da SEBIN e eles negam tê-lo sob custódia lá. #WhereIsLuisCarlos

O jornalista Vladimir Villegas, no entanto, denunciou que ele havia sido detido pelas forças do governo:

We've been informed that @Unionradionet journalist Luis Carlos Díaz, has been detained by State's security forces. We express our concern for his physical integrity. We demand any information of his whereabouts and respect for his human rights.

Fomos informados de que o jornalista da @Unionradionet [15], Luis Carlos Díaz, foi detido pelas forças de segurança do Estado. Expressamos nossa preocupação por sua integridade física. Nós exigimos qualquer informação sobre o seu paradeiro e respeito pelos seus direitos humanos.

A comunidade Global Voices se solidariza com Luis Carlos, sua família e todos os outros jornalistas independentes que trabalham para manter o poder de prestar contas na Venezuela. Desejamos seu retorno seguro e rápido, e continuaremos a atualizar essa história conforme ela se desenvolve.