- Global Voices em Português - https://pt.globalvoices.org -

Performance de Moçambicano no ‘Italia's Got Talent’ alerta para a questão do lixo em Maputo

Categorias: Itália, Moçambique, Arte e Cultura
[1]

Actuação de Amós. Captura de ecrã (YouTube, Italia’s Got Talent – 25.01.2019).

O moçambicano Vasco Massingue, ou simplesmente Amós [2], de 32 anos, tem sido notícia em Moçambique após figurar no Italia’s Got Talent, um concurso de talentos do país europeu.

Amós realizou uma perfomance nas semifinais do concurso — tendo na ocasião deixado para atrás mais de dois mil candidatos — intitulada “dança dos plásticos” em que faz jus ao drama do tratamento do lixo que se vive em Moçambique.

Hoje membro efectivo de um dos maiores circos do mundo, o Cirque Du Soleil [3], sediado no Canadá, Amós nasceu em Ressano Garcia, na província da capital Maputo, tendo desde cedo se especilizado na montagem de liras, trapézios e tecidos acrobáticos, uma actividade denominada tecnicamente “riguer”.

Ao explicar sua performance aos jurados na Itália, Amós menciona a lixeira de Hulene, a única a servir Maputo e onde um acidente recente [4] matou várias pessoas.

Após a actuação, é possível ouvir os membros do júri rendidos com Amós e os presentes na sala em aplausos. Após essa fase, no entanto, ele não continuou no concurso, como conta o Jornal “O País” [5] de Moçambqiue.

Várias foram então as pessoas que partilharam o vídeo da performance, que conta mais de 25.000 visualizações no canal do YouTube do concurso até o momento.

André Manhiça [6], um dos locutores mais destacados de Moçambique, foi um deles:

Bom dia. Um vídeo da performance no Italia's Got Talent de um moçambicano, preocupado com o problema do lixo e do plástico em Maputo. ??????

Sabe-se [2] ainda que Amós já esteve em trabalho na Suíça, antes de rumar para Itália. Para além da Itália, trabalhou na Coreia, na Colômbia, Tunísia e Alemanha.