Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Enquanto a China enfrenta inundações recordes, autoridades prendem duas mulheres por disseminar ‘boatos’ sobre riscos à saúde

Inundação em Ningxiang, Hunan, na China em 2017. Foto de Huangdan2060 via Wikimédia (CC0)

Duas usuárias do WeChat, do condado de Shouguang, foram presas em 25 de agosto de 2018 por espalhar “boatos” sobre a disseminação de uma doença nos rebanhos causada pelo enorme alagamento em Shandong.

O tufão Rumbia, que atingiu as regiões do nordeste da China a partir do dia 17 de agosto, deixou ao menos 13 mortos, só em Shouguang, e fez estragos no valor estimado de 9,2 bilhões de yuans (US$ $1.34 bilhão) na área, que é uma das maiores produtoras agrícolas e de criação de suínos da China. A inundação também matou um total estimado de 250.000 suínos em Shandong.

Membros do grupo privado de mensagens da popular plataforma WeChat discutiam sobre a inundação e assuntos relacionados, quando a conversa passou para a possível disseminação da doença, provocada pela inundação. A conversa, traduzida abaixo, levou à prisão de dois membros do grupo em 25 de agosto de 2018:

A: A plague has spread to the north of Shouguang county.

B: What plague?

A: I am not sure. Just heard from XXX

B: Is it serious?

A: Eat less pork and chicken.

B: I have heard nothing about it.

A: My husband bought anti-septic detergent to clean up the house.

A: uma praga se espalhou no norte do condado de Shouguang.
B: Que praga?
A: Eu não sei. Só ouvi falar de XXX
B: Isso é sério?
A: Coma menos porco e galinha.
B: Eu não ouvi falar nada sobre isso.
A: Meu marido comprou um antisséptico para limpar a casa.

Poucos minutos depois, uma pessoa do grupo compartilhou as mensagens em outro grupo no WeChat, na suposta tentativa de alertar sobre a possível disseminação da doença.

Em menos de 15 horas, as duas usuárias foram presas e acusadas de disseminar “boatos”. Na China, qualquer informação que não venha de canais oficiais do governo pode ser considerada boato.

Polícia de Shouguang registra com fotos a prisão de duas mulheres por terem espalhado boatos sobre uma possível “praga” no grupo WeChat, em 26 de agosto de 2018.

A prisão foi registrada pela polícia de Shouguang em sua própria conta oficial do Weibo, em 26 de abril, às 3h37 da manhã, e até incluiu fotos das duas mulheres, como visto acima. Vários veículos de mídia também repercutiram o assunto. Logo o termo “Shouguang” tornou-se uma busca popular na redes sociais.

A China reforçou recentemente a abordagem para deter a disseminação de “boatos” utilizando um sistema centralizado que engloba inteligência artificial, dados de redes sociais e relatório de usuários. Agora, até mesmo conversas particulares sobre agitação social e desastres naturais em grupos de conversa podem facilmente acender o sinal de alerta e a polícia logo age contra os “faladores”, como parece ter sido o caso em Shouguang.

A prisão das usuárias trouxe pânico on-line. A rede social Today’s Headlines postou uma sequência de mensagens sobre as prisões em 26 de agosto, atraindo mais de 1.000 comentários, a maioria com críticas às autoridades de Shouguang por abuso de poder.

Alguns destacaram que as duas usuárias do WeChat não estavam disseminando boatos:

真是可笑,张徐二人皆是听她人所说,瘟疫这种东西人心惶惶,莫非她二人还要亲眼去看一看验证了才能将听到的消息警告给亲友吗?一个正常人处在那种大灾难时,神经紧张,一点儿风吹草动就会被吓到,她二人听说了有瘟疫,立刻告诉亲戚朋友,作为一个都不知道寿光在哪里的普通人,我不知道他们有什么错。

Isso é uma grande piada. As duas obtiveram a informação de outras fontes. Elas tinham que visitar o site e verificar a informação antes de avisar aos amigos e à família? As pessoas ficam nervosas quando enfrentam desastres. Ficam assustadas com facilidade. Elas compartilharam o que ouviram sobre a praga com amigos e família, o que elas fizeram de errado?

寿光被淹几天才退洪水,现在这个天气,我要在附近,人家跟我说瘟疫的话,我肯定会信的,会做些预防,本身新闻也是在报无人机撒药防瘟疫,造谣是不对,你们及时辟谣就好了,不提醒不告知,先逮起来以儆效尤,这处理说白了还是做给人看的,有意思吗?

Shouguang está inundada há dias. Em tais condições, se eu estivesse na região e alguém me contasse que há uma praga, eu com certeza acreditaria e tomaria precauções. Até o noticiário falou que as autoridades tinham usado drones para pulverizar as áreas inundadas para prevenir pragas. É errado espalhar boatos, mas pode-se esclarecer. Agora, deixar de informar às pessoas sobre a situação e prender pessoas por espalhar boatos. Isto é uma demonstração pública para intimidar o povo.

Outros expressaram suas frustrações com piadas:

救灾也能这么快就好了

Se eles conseguissem combater às inundações com tanta eficiência (quanto fazem com “boatos”], seria ótimo.

寿光洪灾恐怕也是谣言!

As inundações em Shouguang também devem ser boato!

哪有什么瘟疫,只不过村民皮肤发痒红肿,满村弥漫腐臭气息,封锁了村子而已。请大噶放心,下一步一定会加强信息封锁,绝对不能让现实情况传播出去。

Não há nenhuma praga, a pele das pessoas só fica vermelha e inflamada; os vilarejos só ficam com cheiro de podre e tiveram as entradas bloqueadas. Por favor, calma. Informações serão bloqueadas e a verdadeira situação não será divulgada.

死畜遍地,饮水污染,喝了就生病难道不是瘟疫?

Tantos animais morreram e a água potável está poluída. Assim que você bebe a água, sente-se mal e isso não é uma praga?

大家不懂,这是为了百姓好早抓了处罚轻,再不抓有可能就是和境外敌对势力勾结,妄图利用负面信息颠覆政权

Vocês não têm ideia. Eles prendem e punem pessoas para o próprio bem delas. Se eles não tivessem prendido agora, elas fariam acordos com inimigos estrangeiros e usariam as notícias negativas para subverter o estado.

As muitas críticas on-line não impediram que a polícia de Shouguang prendesse mais cidadãos preocupados. Em 29 de agosto, mais dois usuários foram presos por insultar Shouguang e a polícia de Weifang por terem feito comentários raivosos em posts de duas autoridades no Weibo, que falavam sobre os esforços da polícia para salvar vidas durante as inundações.

A inundação atingiu Shouguang em 19 de agosto, e pesquisas históricas indicam que são as inundações mais severas na região desde 1974. Contudo, apenas quatro dias depois, veículos oficiais de mídia já estavam criticando e censurando as reações negativas sobre os estragos causados pela inundação. Agora, ao se pesquisar sobre  “Shouguang” no Weibo, a maioria dos itens que aparece elogia os esforços de socorro ao desastre realizados pelas autoridades.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.