Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Rússia: a Copa termina e os protestos contra a reforma da aposentadoria se iniciam

“Nasceu, trabalhou, morreu. Aumentar a aposentadoria por idade é genocídio!”: cartaz de protesto russo, via leftfront.org.

A Copa do Mundo de 2018 na Rússia terminou e, supostamente, as medidas de segurança que estavam mais rígidas também. Além das limitações na venda de álcool e no tráfego de veículos, qualquer forma de protesto público foi rapidamente refutada com detenção, como mostrado quando até mesmo manifestantes individuais foram presos.

Com o fim das restrições às manifestações públicas, uma onda potencial de protestos ameaça prosseguir: o governo russo, na esperança de evitar manifestações em massa, anunciou seus planos para aumentar a idade de aposentadoria logo no início da Copa do Mundo. A manobra não passou despercebida pela internet:

Futebol é apenas uma bola, um jogo. As aposentadorias e os impostos são a nossa vida. Enquanto você está brincando com a bola, o ladrão está esvaziando seus bolsos… Continue jogando bola.

A julgar pela rápida indignação e condenação por todo espectro político e população russa, essas medidas pouco fizeram para conter o surto de protestos. Quase 100 medidas foram planejadas antes do final da Copa do Mundo. Agora o governo russo tem pouco à sua disposição para manter os manifestantes fora das ruas.

Há poder nos sindicatos

Com baixa expectativa de vida das mulheres russas e ainda menor dos homens russos, elevar a idade de aposentadoria para 63 anos para as mulheres e 65 anos para os homens, acima das atuais 55 e 60 anos, pioraria a situação para as pessoas.

O desafio mais iminente e sério é da Federação Russa do Trabalho, uma aliança de sindicatos trabalhistas. Poucos dias após o anúncio sobre a reforma da aposentadoria por idade em junho, eles lançaram uma petição pedindo ao governo que desfaça seus planos. No momento da redação desse artigo, mais de 2.769.000 pessoas haviam assinado.

Não se limitando ao ativismo on-line, a Federação também anunciou planos para realizar protestos em todo o país e em Moscou após a Copa do Mundo. O vice-presidente da Federação anunciou isso no Facebook :

Москве шествие и митинг состоятся 18 июля. Выбор даты не случаен: 15 июля заканчивается чемпионат мира по футболу, а рассмотрение проекта в Думе будет не ранее 19 и не позднее 26 июля.

Haverá uma passeata e um protesto em Moscou no dia 18 de julho. A data não foi escolhida por acidente: a Copa do Mundo termina dia 15 de julho, e a Duma [assembleia] discutirá o projeto de reforma entre os dias 19 e 26.

A Federação solicitou permissões de protestos em mais de 50 regiões, com diferentes datas escolhidas com base nas decisões dos organizadores locais.

Vamos nos posicionar juntos?

Outros grupos e partidos políticos organizaram suas próprias respostas, independentemente dos planos da Federação. O líder do Partido Comunista da Federação Russa anunciou seus planos de iniciar um referendo sobre a questão de aumentar a idade para aposentadoria. Com uma grande base de idosos aposentados e o compromisso com a melhoria das condições sociais sendo testado, os comunistas foram sacudidos de seu marasmo para a ação. Um parlamentar regional do partido não mediu as palavras em uma sessão recente dizendo:

Этот закон не дает право людям работать, он дает обязанность работать. До самой могилы. Нам говорят, что у нас денег нет в стране, но это же ложь! У нас огромные деньги вложены в американскую экономику. Половина денег от добычи нефти достается олигархам. Триллионы рублей нужны на выполнение пакета Яровой. У нас что, дел других нет, кроме как тратить деньги на слежку за своими гражданами? 700 миллиардов потрачено на футбол, показывать кино красивое. Если бы у нас победили Хорватию, я вас уверяю, у нас ввели бы крепостное право в этой стране.

Esta lei não dá às pessoas o direito de trabalhar, obriga-as a trabalhar. Até a morte. Dizem que o país não tem dinheiro, mas isso é mentira! Temos um monte de dinheiro investido na economia americana. Os oligarcas recebem metade do dinheiro do petróleo. Eles precisam de trilhões de rublos para o Pacote Yarovavya. O quê? Não temos nada melhor para fazer do que gastar dinheiro monitorando nossos cidadãos? 700 bilhões gastos em futebol para produzir um bom espetáculo. Se nós tivéssemos vencido a Croácia, eu juro, eles teriam reinstituído a servidão aqui.

A polícia apareceu em sua casa logo depois para investigá-lo por extremismo.

Outros grupos de esquerda se juntaram ao partido em seus esforços pelo referendo e com os protestos, como o Frente de Esquerda, uma organização ativista não partidária que vinha tentando obter autorização para manifestações durante toda a Copa do Mundo. Eles foram particularmente mal sucedidos em uma região, onde uma autorização foi negada várias vezes, um fato que se repetiu em todo o país para os outros grupos. 

Demonstrando que essa não é apenas uma questão de esquerda, Alexei Navalny,  onipresente figura da oposição russa, também foi prejudicado pelos planos de reforma previdenciária. Chamando-os de um “crime evidente contra o povo”, anunciou seus próprios planos para protestos, que aconteceram em várias cidades em 1 de julho. Até mesmo o Partido Liberal Democrata, de direita, e os libertários russos organizaram protestos. Esses protestos variam no tempo. Em vez de todos os grupos de oposição se unirem em uma data para uma apresentação massiva, optaram por trabalhar esses planos independentemente um do outro. Sean Guillory, observador da Rússia e anfitrião do podcast Sean’s Russia Blog, lamentou estes planos discrepantes:

Então é assim que a oposicão está lidando com os protestos contra a reforma da aposentadoria por idade: Navalny, em 1 de julho; Partido Democrático Unido, em 3 de julho; Frente de Esquerda, em 4 de julho; e a única organização com trabalhadores como eleitorado, a Federação do Trabalho, em 18 de julho. Isso é solidariedade para vocês.

Robôs, reúnam-se!

No entanto, o fato de tantos grupos estarem dispostos a irem às ruas demonstra absoluta impopularidade das medida propostas. Em face desse clamor, foi inicialmente relatado que o Kremlin iria “abrandar” as reformas, mas o líder da Duma do Rússia Unida, o partido no poder, recentemente pôs fim a esta conversa, dizendo que o partido não iria discutir quaisquer ajustes às medidas.

O governo russo adotou uma estratégia com múltipla abordagem para convencer a população da necessidade de elevar a idade de aposentadoria. Usou a Copa do Mundo para “distrair” as reformas propostas, seguida de uma lista de prioridades da mídia estatal por meio de relatos que exaltam as maravilhas da longevidade e do emprego na terceira idade.

Dmitry Kiselyov, apresentador de TV, afirmou em seu programa noturno Notícias da Semana que os homens russos são os únicos culpados por não viverem o suficiente para verem a idade da aposentadoria. ‘Uma morte prematura se origina de erros feitos na vida’, disse. Gente, não cometam esse erro, não morram…

Além dos esforços de propagandas mais tradicionais, as autoridades russas estão usando amplamente seu potencial on-line. Alguns usuários de redes sociais encontraram anúncios que promovem o valor de aumentar a idade da aposentadoria, acompanhados por imagens de idosos sorridentes. Outros notaram um aumento nas contas do TJournal, um agregador de links, ao republicar um artigo que visava mostrar a hipocrisia dos opositores. O artigo usou citações fora de contexto para mostrar que essas pessoas apoiavam a reforma previdenciária e agora estão apenas se manifestando porque o governo decidiu levar o assunto adiante.

Embora o artigo tenha sido desmascarado posteriormente, essas contas continuaram a  repassá-lo e algumas investigações digitais mostraram que eram fantoches registrados no dia em que o artigo foi publicado. Algumas outras contas haviam permanecido latentes e, repentinamente, foram reativadas apenas para compartilhar a notícia. Todas as contas recém-registradas originam-se do mesmo endereço IP e todas possuem acesso premium ao TJournal pago pela mesma fonte.

Não importa quantos rôbos sejam utilizados ou políticos ignorem preocupações, está claro que o governo russo terá que lutar para tentar aumentar a idade da aposentadoria. Mesmo com os partidos políticos estabelecidos impondo um limite e indo às ruas quando os sindicatos russos prometem manifestações em massa, isso representa uma visão bem-vinda da vida em um sistema político moribundo, no qual os partidos da oposição falam mais do que agem.

Revisado por Izabella Sepulveda

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.