Abril, 2018

Notícias de Abril, 2018

Síria e o anti-imperialismo de idiotas

"Essa esquerda antiguerra exibe tendências profundamente autoritárias, que colocam Estados no centro da análise política..."

Casamentos em Bangladesh: mudam as tradições e os menus também

Embora os pratos servidos nos casamentos bengaleses tenham começado a mudar, há uma coisa que sempre permanecerá: eles são deliciosos.

Gostarias de começar a utilizar software na tua língua?

Doze dicas para a localização de software gratuito para línguas minoritárias.

Primeira apresentadora transgênero do Paquistão quer mudar atitude da sociedade

"...não há nada que não possamos fazer; temos estudo, diploma, mas nenhuma oportunidade, nenhum incentivo. É isso que quero mudar."

Jovens produzem reportagens que denunciam o sofrimento de civis na guerra da Síria

"Quero ser jornalista para expor o sofrimento de inocentes ou estudar química para fazer remédios para as pessoas" - Noor, 12 anos, Ghouta Oriental.

O que dizem os mascotes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020 no Japão sobre as atitudes diante da deficiência

Em uma leitura cuidadosa de suas características, você perceberá que, diferentemente de seu par olímpico, o mascote paralímpico não é explicitamente descrito como “atlético”.

O que aprendemos com o banco de dados de presos políticos do Vietnã

Novo conjunto de dados prova que perseguição a dissidentes aumentou em 2017.

Damasco: os perigos de demonstrar solidariedade à Ghouta Oriental

"Não há nada que possamos fazer. Eles têm a força militar do lado deles. Até mesmo a ONU e a comunidade internacional se provaram ineptas. Somos reféns do nosso desamparo."

Pastoras de renas lutam contra a mudança climática na Finlândia

“Nós nascemos para sermos pastores de renas. Faz parte da nossa identidade. É difícil pensar na sua vida sem isso.”

Jornada pela justiça nas Américas: três mulheres contam suas histórias na Jamaica (Parte 1)

"Parar (meu ativismo) significaria dar permissão à polícia para que mate outro de meus irmãos, ou qualquer pessoa."

Conta de rede social feminista chinesa bloqueada no Dia Internacional da Mulher

"... o governo chinês não entende o feminismo, não entende o que as feministas estão fazendo, e não entende o que elas estão defendendo."