Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Agora, quem visita o Palau precisa assinar um termo de compromisso com o meio ambiente

Quem está a caminho do Palau também assiste, durante o voo, a um vídeo que narra a história de um gigante que é ensinado pelas crianças a respeitar o meio ambiente. Foto do website do ‘Compromisso de Palau’.

Com o intuito de promover a conscientização ambiental, o governo de Palau agora exige que os visitantes assinem um eco-compromisso em seus passaportes antes de receberem o visto na chegada. O programa, conhecido como “Compromisso de Palau”, é, segundo informações, a primeira reforma em políticas de imigração do mundo que tem como objetivo proteger o meio ambiente.

Palau é um pequeno arquipélago localizado na porção oeste do Pacífico. Possui uma população de aproximadamente 20.000 habitantes, mas o país recebe mais de 160.000 turistas por ano.

No dia 6 de dezembro de 2017, o presidente do Palau, Tommy Remengesau, promulgou um decreto instruindo os oficiais da imigração a usarem o “Compromisso de Palau” nos carimbos de visto. O decreto menciona os impactos negativos do “turismo sem planejamento, das mudanças climáticas e de outras ameaças modernas” ao meio ambiente do país, o que levou o governo do país a elaborar o termo de compromisso para a promoção do “turismo consciente”.

O texto do termo de compromisso que é carimbado nos passaportes diz o seguinte:

Children of Palau, I take this pledge, as your guest, to preserve and protect your beautiful and unique island home. I vow to tread lightly, act kindly and explore mindfully. I shall not take what is not given. I shall not harm what does not harm me. The only footprints I shall leave are those that will wash away.

Filhos de Palau, como seu convidado, eu assumo este compromisso de preservar e proteger seu lar lindo e singular. Prometo pisar levemente, agir gentilmente e explorar de maneira consciente. Não pegarei o que não me for dado. Não prejudicarei o que não me prejudicar. As únicas pegadas que deixarei são aquelas que o mar levará.

Carimbo do ‘Compromisso de Palau’ no passaporte. Foto do website oficial do programa.

Uma das pessoas a expressar seu apoio ao programa de proteção ao meio ambiente do Palau foi a estrela de Hollywood, Leonardo DiCaprio.

Estou orgulhoso em apoiar o #PalauPledge, uma nova iniciativa de conservação para os visitantes. Escrito com a ajuda das crianças do Palau, todo visitante deve prometer recuperar e proteger o ambiente natural para as futuras gerações. Saiba mais em https://t.co/UE96LkATZ6. pic.twitter.com/Gxjonhlkx8

Além de assinar o termo de compromisso, quem se dirige ao Palau também assiste, durante o voo, a um vídeo que conta a história de um “gigante desajeitado e descuidado – uma metáfora ao turismo em massa na sua pior forma – que chega ao Palau e devasta seu meio ambiente”. Em pouco tempo, o gigante é convencido pelas crianças de Palau a desenvolver uma consciência ambiental. Elas mostram-no que é preciso ser cuidadoso com seu comportamento para não danificar os recifes de coral, poluir as águas ou ofender a cultura local.

O “Compromisso de Palau” foi aclamado em vários noticiários como um programa inovador. O presidente Remengesau espera que outros países também adotem uma iniciativa similar. Ele disse também que a resposta dos turistas foi positiva:

We have been monitoring the airport, surveying the feedback from them, and everyone is saying we didn't know that this information or facts were there before.

Estamos monitorando o aeroporto, recebendo feedback dos turistas, e todos estão dizendo que antes desconheciam essas informações ou fatos.

Um usuário do Twitter gostaria que o programa fosse reforçado por outras atividades que criassem um efeito mais pragmático:

Isso é incrível! Sim ao #PalauPledge. Gostaria de saber como será implementado na prática – um termo de compromisso é ótimo, mas a educação acompanhará isso? https://t.co/ZmGLKX0Hs7

A preocupação faz sentido, já que o país está considerando lançar um novo currículo para os estudantes que “ajudarão a construir uma percepção ambiental nos líderes do amanhã e princípios empresariais conscientes no setor turístico”.

Além disso, Palau identificou um santuário marinho de 500.000 quilômetros quadrados no qual as atividades de pesca comercial e de exploração de petróleo estão banidas.

O “Compromisso de Palau” não é apenas para os visitantes que chegam ao país. Usuários da internet podem assinar o termo de compromisso no webiste do programa. Até o momento em que esse texto foi escrito, 18.598 pessoas haviam assinado virtualmente o termo, incluindo o autor deste artigo.

O Compromisso de Palau, assinado pelo autor deste artigo.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.