Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Cinco pratos do Vietnã difíceis de encarar

Central Market, My Tho, Vietnã. Foto de Milei.vencel. Wikipedia Commons (Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada).

Este artigo deTiến Nguyễn é do Loa, um site de notícias e projeto de rádio on-line do Partido Viet Tan que divulga histórias sobre o Vietnã. Está sendo reproduzido pela Global Voices como parte de um acordo de compartilhamento de conteúdo.

Todo país tem seus pratos especiais, singulares e até considerados estranhos: olhos de atum no Japão, cérebro de macaco na China e queijo podre na França. Apresentamos a lista dos cinco pratos mais estranhos da cozinha vietnamita que você precisa conhecer.

Ovo fecundado de pato – Hột Vịt Lộn ou Balut

Fonte: Flickr / shankar s. (CC BY 2.0)

Balut é um ovo de pato fecundado, chocado e cozido que se come na casca. Entre os 19 e 21 dias os embriões estão formados o suficiente para que se sinta os ossinhos crocantes. A maneira correta de comer esta iguaria é adicionar uma pitada de sal, sorver o líquido dentro do ovo e mastigar algumas folhas de rau răm, também conhecido como coentro vietnamita.
.

Pizza vietnamita – Tiết canh

Fonte: Flickr / Petr & Bara Ruzicka (CC BY 2.0)

Se você é fã de pizza, tem que provar a vietnamita tiết canh. É preparada com amendoim, coentro, molho de peixe, lima, e o mais importante, sangue de pato. Aqui vai uma dica importante para os aficionados: o sangue tem que estar fresco! O prato está pronto quando o sangue estiver coagulado, ainda vermelho e consistente na colher.

Larvas de coqueiro/besouro – Con Đuông Dừa

Foto de larvas do coqueiro/besouro – Con Đuông Dừa. Fonte: YouTube

Essas larvas gordinhas e branquinhas têm de três a cinco centímetros. Estão presentes em coqueiros onde passam a vida construindo galerias e procriando. Quando as árvores estão para morrer devido à ação desses nefastos residentes, a parte infestada é cortada, dando assim chance para a planta se regenerar e o ninho das larvas vem a baixo.

Há varias maneiras de cozinhar estes monstrinhos fofinhos, entretanto o prato mais popular é chamado “Larvas Nadando em Molho de Peixe”. Acrescente as larvas num prato fundo cheio de molho de peixe e enquanto elas nadam é só comê-las vivas. Supostamente são fibrosas, nutritivas e deliciosas. Esta era a iguaria preferida da última rainha vietnamita.

Ratos – Chuột Đồng

Fonte: Flickr / Jean-Pierre Dalbéra (CC BY 2.0)

Estes não são aqueles ratos comuns que você tem em seu quintal ou nos esgotos, mas ratos do campo que vivem nas plantações de arroz. Têm menos cheiro que os ratos caseiros e são especialmente populares durante a colheita. Os agricultores frequentemente se organizam em grupos e capturam até 100 animais por toca. A melhor de maneira de preparar esses roedores é colocá-los em uma panela de barro, assá-los e depois mergulhá-los em um prato com molho de peixe e mangas verdes. Dizem que têm sabor de carne de veado.

Cigarras fritas ou moscas secas – Vè Sầu Chiên

Cigarras fritas. Imagem de Hhaithait. Wikipedia Commons. (Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 3.0)

Favoritos em Vĩnh Long, estes insetos lembram moscas, mas são um pouco maiores. Acredita-se que têm um poder surpreendente de curar doenças infantis, ao menos, é o que acreditam as avós vietnamitas. Melhor consumir logo após a metamorfose porque a carne ainda está macia. Podem ser degustados fritos, cozidos ou em um mingau.

Já provou algum desses? Conte para nós qual o prato mais estranho que você já provou! Bon appétit!

Saiba mais sobre esses pratos vietnamitas ouvindo este podcast em inglês:

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.