Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Acordo entre Google e Cuba só melhora acesso aos produtos da empresa

O Google e a empresa estatal de telecomunicações cubana ETECSA firmaram um acordo, diferentemente do que vários meios de comunicação de massa haviam noticiado em matérias, indicando que o acordo só beneficiará o acesso aos produtos do Google em vez da Internet do país como um todo.

Em um comunicado da ETECSA, o acordo “…permitirá aos usuarios de Cuba reduzir o tempo de accesso aos conteúdos do Google na Internet, proporcionando mais velocidade e qualidade no serviço, além da optimização das capacidades da rede internacional da ETECSA”.

Pelo comunicado e pelas declarações públicas de Mayra Arevich, presidente executiva da empresa de telecomunicações cubana em relação ao acordo firmado na primeira segunda-feira de dezembro de 2016 na capital Havana, sabemos que isso é para que se tenha acesso ao Google Global Cache, parte da infraestrutura do Google que visa melhorar os tempos de resposta de seus serviços.

O cache é uma técnica utilizada pelos provedores de conteúdos e serviços da Internet para, dentre outras coisas, aumentar a velocidade de acesso aos seus conteúdos. Portanto, a melhoria no tempo de entrega, que se estima será de aproximadamente 20%, se aplicará unicamente aos serviços do Google e não para o acesso à Internet como um todo.

Google y el gobierno cubano han firmado un acuerdo. La imagen es una captura de pantalla.

O Google e o governo cubano firmaram um acordo. A imagem é uma captura de tela.

A cobertura, a qualidade e o custo da conexão à Internet em Cuba não serão afetados por esse acordo, que trará somente um aumento da velocidade de acesso aos produtos do Google devido à instalação de servidores da empresa, com distribuidores locais da melhor qualidade na ilha. Atualmente, as pessoas em Cuba se conectam por meio de pontos de acesso Wi-Fi disponíveis em 35 áreas públicas e pagam 2 pesos cubanos por hora (aproximadamente R$6.30) com uma conexão de até 1 Mbps (1 megabit por segundo). O salário médio em Cuba equivale aproximadamente a R$63 por mês.

O Google conta com 15 centros de dados distribuídos geograficamente pela América, Europa e Ásia, como também possui servidores distribuídos para cache em centros de dados que não fazem parte da empresa. O mapa a seguir mostra a distribuição geográfica de servidores para cache:

mapa-google-cache

Mapa da distribuição dos servidores de cache do Google

Pablo Mestre, integrante do Grupo de Usuários de Tecnologias Livres de Cuba, considera que esse acordo não afetará diretamente aos cubanos e explica que:

Estos servidores están pensados para dar un acceso más rápido a los servicios de Google, pero primero debemos solucionar los problemas y limitaciones de la ultima milla para que este cambio realmente se note.

Estes servidores são projetados para dar mais rapidez de acesso aos serviços do Google, mas primeiro devemos solucionar os problemas e limitações da última milha para que esta mudança seja realmente notada.

Mestre também indicou que a conexão terá que ser fornecida pela ETECSA. No momento, ele não crê que seja possível ao Google ter um centro de dados exclusivo por conta das políticas cubanas, uma vez que elas sinalizam que todo o tráfego e as conexões são de responsaiblidade exclusiva da ETECSA.

Jorge Luis Batista, coorganizador da Conferência Internacional de Livre Acesso em Havana, disse em entrevista que há outros fatores a serem considerados para que a instalação de servidores do Google em Cuba traga uma mudança para os cubanos. Antes de tudo:

Tenemos que ser usuarios de Google, masivamente digo, y después habría que ver porque el límite de la velocidad de acceso lo pone el componente más lento. Pienso que los que tienen una conexión muy restringida, los que se conectan a través de una línea conmutada o los que tienen límite de ancho de banda como es mi caso, o los que comparten una sola conexión entre muchos van a seguir teniendo de su lado el cuello de botella y por tanto la causa de la demora en el acceso a los contenidos.

Temos que ser usuários do Google, digo, de forma massiva. Depois disso, teríamos de ver por que o limite de velocidade de acesso faz com que ela fique mais lenta. Creo que aqueles com uma conexão muito limitada, os que se conectam por uma linha comutada ou que tem limite de banda larga como eu, ou quem compartilha uma única conexão com várias pessoas vai continuar em uma situação difícil; o que é, dessa forma, a causa da demora de acesso aos conteúdos.

O Conselho Econômico e de Comércio dos Estados Unidos e Cuba informou que os custos provenientes do acordo serão cobertos pelo Google.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.