Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Vestuário de Angola e de Moçambique arrancam elogios nas redes sociais durante a abertura dos Jogos Olímpicos do Rio

Yane Marques, do pentatlo moderno, liderou a delegação brasileira, a última a participar no desfile. Getty Images/Cameron Spencer

Yane Marques, do pentatlo moderno, liderou a delegação brasileira, a última a participar no desfile. Getty Images/Cameron Spencer (utilizada com permissão de Rio2016.com)

Os Jogos Olímpicos #Rio2016 vão já no seu terceiro dia de competição, mas se ainda não podemos falar de medalhas de ouro para nenhuma seleção lusófona, o mesmo não acontece no que diz respeito ao vestuário dos “nossos” atletas. No dia da abertura oficial dos Jogos (05.08), houve a habitual mega festa no estádio do Maracanã acompanhada do desfile das delegações e o que não passou despercebido foi a indumentária dos atletas moçambicanos e angolanos que, entre outras nações, arrancou elogios de quem acompanhou à cerimónia através das redes sociais.

Eles deviam ter uma hiperligação para se comprar as roupas.

O escalonamento das delegações mais bem vestidas foi composto pelo portal Someecards. Entre os 20 eleitos, Angola surge na posição número 5 e Moçambique na posição 15.

Para o investigador moçambicano, do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, Boa Monjane, a delegação do seu país foi a que apresentou a melhor vestimenta:

A delegação de Moçambique foi a que esteve melhor vestida na abertura das Olimpíadas de Rio de Janeiro 2016. Nenhuma pedra me afectará!

A delegação angolana também esteve em destaque e mereceu o seguinte elogio através do Twitter:

Até ao momento, a melhor indumentária do desfile das nações será a de Angola.