Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Documentário explora como é ser negro no Japão

The documentary features interviews with several individuals who identify as black living in Japan. Screenshot from YouTube.

O documentário destaca entrevistas com diversas pessoas negras que vivem no Japão. Foto do YouTube.

Rachel & Jun é um canal popular e interessante do YouTube que, em abordagem bilingue, fala de todas as coisas no Japão.

Com dezenas de milhares de seguidores no Twitter e no Facebook, e um vídeo-blog que regularmente atrai a audiência de milhões espectadores, o site de Rachel & Jun se tornou um local de consulta na Internet para obter respostas sobre qualquer questão a respeito do Japão.

Os vídeos mais populares são: Percepções dos japoneses sobre quem é obeso e quem não é, Ccomo namorar com um japonês ou japonesa ou até mesmo Como comprar uma casa no Japão. 

Enquanto Rachel & Jun fazem os vídeos-blogues sobre o Japão e a cultura japonesa de uma forma descontraída, eles também fornecem conhecimentos únicos sobre a vida no país.

Um dos seus vídeos mais populares é o documentário Negros no Japão.

Nele é explorado, por duas horas, as experiências de sete pessoas que não nasceram no Japão e que se identificam como negros.

Os entrevistados falam como é ser negro no Japão, comparando as experiências deles com as de outros estrangeiros que residem no país. Os sete tópicos do documentário também discutem como a vida no Japão é diferente, algumas vezes de maneira positiva, se comparada com a vida nos países onde nasceram, a maior parte deles dos Estados Unidos.

Depois de assistir ao documentário, Baye McNeil, o colunista do Japan Times e escritor do blog Loco in Yokohama comentou:

About this video, I will say this though: the black male experience in Japan is vastly different from the black female experience (as is the case in the US and other places as well…notice the vast majority of cop shootings are of black males…we are truly the endangered species there and the walking threat here–in the eyes of some). […] The VAST majority of black people in Japan ARE males! I would have liked to hear from more men. The two […] gave a bit of how intense it gets here in Japan with the fear / ignorance-induced behaviour of J-folk. And that gave the video an applaud-worthy balanced perspective. Overall, this is by far the BEST video representation of the black experience in Japan I’ve seen to date […]

Com relação a este video, afirmo que no Japão a experiência dos homens negros é muito diferente da experiência das mulheres negras (como também é o caso nos Estados Unidos e em outros países…percebemos que a vasta maioria dos policiais disparam tiros contra os homens negros…somos verdadeiramente uma espécie ameaçada lá e considerados uma constante ameaça por aqui – perante alguns) A VASTA maioria da população negra no Japão é masculina! Eu gostaria de ouvir a opinião da maioria deles. […] Os dois […] deram uma noção de como a coisa se torna intensa aqui no Japão, com o medo/ e o comportamento induzido pela ignorância do povo japonês. E isso deu ao vídeo uma perspectiva equilibrada e digna de aplausos. No geral, este é certamente o MELHOR vídeo representando a experiência dos negros no Japão que já vi até hoje […]

McNeil escreve na coluna intitulada  Black Eye do jornal Japan Times, e recentemente escreveu uma série descrevendo o perfil das mulheres negras que se casaram com japoneses no país.