Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Rafael Marques condenado a 6 meses de prisão em Angola

Jornalista Rafael Marques no Tribunal Provincial de Luanda. Foto: MakaAngola

Jornalista Rafael Marques no Tribunal Provincial de Luanda. Foto: MakaAngola

O caso do jornalista Angolano, Rafael Marques, continua a merecer destaque. O GV deu conta, no dia 23 de Maio, que após o acordo com a justiça Angolana, o jornalista e autor do livro “Diamantes de Sangue” estaria finalmente livre do processo de que era alvo. Debalde, Rafael Marques foi agora condenado a uma pena suspensa de seis meses pelo Tribunal Provincial de Luanda, como refere a DW África:

O Tribunal Provincial de Luanda condenou esta quinta-feira (28.05) o jornalista e ativista angolano Rafael Marques a uma pena suspensa de seis meses por 12 crimes de denúncia caluniosa contra empresas de exploração mineira e sete generais do exército envolvidos em negócios de diamantes, retratado no livro “Diamantes de Sangue: Tortura e Corrupção em Angola”, publicado em Portugal em 2011, pela editora Tinta da China.

A sentença lida pelo juiz Adriano Cerveira Baptista, destaca que Rafael Marques foi condenado por 12 crimes, nos termos do artigo 245 do Código Penal. Cada condenação corresponde a uma pena de 15 dias de prisão, resultando assim os seis meses.

A notícia foi destaque em portais de protesto:

O Departamento de Estado dos Estados Unidos da América também condenou esta sentença:

Francisco Marques faz referência a um tuíte da Euronews:

O livro, que deu origem a este caso, esteve disponível para descarregamento gratuito neste link. Agora encontra-se indisponível com o erro ”404 not found”[404 não encontrado].