Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Em meio de tragédias, novo presidente toma posse em Moçambique

Investidura de Filipe Nyusi. Foto Facebook. Reprodução autorizada

Investidura de Filipe Nyusi. Foto Facebook. Reprodução autorizada

A tomada de posse de Filipe Jacinto Nyusi, vencedor pelo partido Frelimo das IV Eleições Presidenciais na história de Moçambique  foi ofuscada por duas grandes tragédias que tem marcado a actualidade do país. De um lado as cheias que assolam a região centro do país, concretamente a província da Zambézia, e que já fizeram mais 19 mil refugiados. Pelo outro lado, a morte de 73 pessoas na vila de Chitima na província de Tete em resultado do consumo de uma bebida caseira de nome “pombe” supostamente envenenada.

Nyusi venceu as eleições de 15 de Outubro de 2014 com 57,06% dos votos contra 36,6% do principal líder da oposição, Afonso Dhlakama e 60,4% de Daviz Simango do Movimento Democrático de Moçambique. Considerada como uma das eleições mais controversas na história da democracia Moçambicana, a investidura de Filipe Nyusi foi aguardada com muita expectativa, depois de Afonso Dhlakama ter rejeitado os resultados das eleições e posteriormente ameaçado formar um governo autónomo nas províncias onde saiu-se vencedor.

Filipe Nyusi à esquerda e Armando Guebuza à Direita

Filipe Nyusi à esquerda e Armando Guebuza à Direita. Foto Facebook. Reprodução Autorizada.

Há sensivelmente um ano, Nyusi era um indivíduo desconhecido. Em Março de 2014 venceu as eleições internas para a selecção do candidato a Presidente da República pelo partido Frelimo e em Outubro venceu as eleições Presidenciais. Sucede Armando Emílio Guebuza, que por força da lei não lhe foi permitido concorrer a mais um mandado. Nyusi é considerado por alguns círculos como sendo a continuação da governação de Armando Guebuza que apesar de deixar a liderança do país, continua como Presidente do Partido Frelimo.

Um utilizador do twitter – Leny – acredita que Guebuza continuará no comando do país:

 

Ilídio Mavie comenta o seguinte na sua pagina do facebook:
 
Voces que pensam que Guebuza parou, ele continua sendo presidente do partido Frelimo, sendo assim ele pode fazer e deixar de fazer o que quiser no país.
Guebuza não é burro meus amigos
 

 No seu discurso de investidura, Nyusi respondeu àqueles que o associam ao ex-Presidente da República Armando Guebuza com a seguinte afirmação:

O povo é o meu patrão.

 As tragédias que se verificam no país não foram esquecidas no dia da investidura de Nyusi:

 Por entre tragédias, Filipe Nyusi começa o seu novo mandato como Presidente da Republica de Moçambique.