Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Madagáscar: e se 75% das cidades fossem privadas de electricidade de propósito?

A Night in Madagascar when electricity is out  by Augustin- CC-BY-2.0

Uma noite em Madagáscar sem electricidade, por Augustin- CC-BY-2.0

Há cerca de 105 cidades em toda a Madagáscar. Destas, o ministro da Energia Fienena Richard anunciou recentemente que 80 estão actualmente sem energia eléctrica porque a JIRAMA, empresa pública responsável pelo fornecimento de electricidade a todo o país, está a ficar sem combustível. Como resultado, a JIRAMA tem de escolher as cidades que vão receber electricidade. O que representa cerca de 75% de todas as cidades do país, uma proporção que seria impensável na maioria dos países do mundo. A empresa também tem de lidar com a ameaça de uma greve geral dos trabalhadores que exigem mais medidas de segurança para lidar com a fúria dos clientes. Um dos clientes insatisfeitos foi o próprio Presidente malgaxe, que ameaçou processar a empresa depois de uma avaria eléctrica em sua casa. O blogger Andriamihaja, de Tulear, no sul de Madagáscar, escreveu uma humorística carta aberta à empresa, descrevendo como seria a vida sem electricidade na sua cidade.