Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Mãe e Filha andam em Sarajevo vestidas com bandeiras palestinas

Sabina Šabić and her daughter, Sara, in the "flag gowns" at the Sarajevo Film Festival red carpet, August 2014. Photo by Davorin Sekulić/klix.ba, courtesy of Media Centar Sarajevo, used with permission.

Sabina Šabić e sua filha, Sara, vestidas com bandeiras no Sarajevo Film Festival, Agosto 2014. Foto por Davorin Sekulić/klix.ba, usada com permissão.

Esta matéria contém links que levam a outras páginas, inclusive em outros idiomas, caso você queira se aprofundar no assunto.

A produtora executiva de uma companhia de teatro e sua filha utilizaram a moda no tapete vermelho como uma declaração política no Sarajevo Film Festival no mês de Agosto, com vestidos feitos de bandeiras palestinas.

Sabina Šabić de Sarajevo War Theater e sua filha chegaram à cerimônia de abertura do festival de cinema, o maior do sudeste da Europa e um dos maiores do continente, com as roupas de bandeira. Sarajevo Media Center, uma organização não-governamental que promove meios de comunicação independentes e jornalismo profissional na Bósnia-Herzegovina, informou sobre este e outros exemplos de “ativismo de moda” no festival, inclusive um vestido inspirado pelas recentes inundações trágicas na região, visto por alguns como uma tentativa de mau gosto para aumentar a conscientização sobre o desastre natural.

Os “vestidos de bandeira Palestina” da Šabić foram apoiados por outros convidados na cerimônia de abertura do festival, mas têm levantado alguma discussão em redes sociais da região em relação à utilização do local e a filha da Šabić nesta declaração para o mundo.

O Sarajevo Film Festival sempre foi um espaço para mensagens políticas. Artistas internacionais como Bono, Angelina Jolie entre outros já participaram e apoiarem o festival, cada um expressando suas próprias opiniões sobre questões políticas regionais e globais.

A edição de 2014 foi a vigésima do festival desde a sua criação incomum no final de outubro de 1995, durante o cerco de Sarajevo.

Tradução editada por Débora Medeiros como parte do projeto Global Voices Lingua