Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Advogado saudita de Direitos Humanos Waleed Abulkhair é sentenciado a de 15 anos de prisão

Profile photo for Waleed Abulkhair's Twitter account @WaleedAbulkhair.

Foto do perfil do twitter de Waleed Abulkhair: @WaleedAbulkhair.

[Todos os links conduzem a sites em inglês, exceto quando indicado o contrário.]

Waleed Abulkhair, um saudita prominente na seara de defesa dos direitos humanos, foi sentenciado hoje a quinze anos de prisão. Ele foi condenado sob uma nova lei anti-terrorismo, que foi introduzida pela monarquia absolutista e prevê crimes por “insulto à ordem geral” e “agitação de opinião pública”.

Não obstante o apelo global de ONGs, a setença veio menos de dois meses depois do cunhado de Waleed Abulkhair, Raif Badawi, ser condernado a dez anos de prisão e mil chicotadas por criar um site.

Abulkhair, que é o chefe da Organização “Monitoramento de Direitos Humanos na Arábia Saudita”, possui mais de 76 mil seguidores no perfil @WaleedAbulkhair. Depois do julgamento, esta conta de twitter publicou o seguinte citando as palavras de Abulkhair:

A sentença do julgamento final de #WaleedAbuAlkhair foi anunciada no começo deste dia -1

Ele foi condenado a quinze anos e igual período de tempo de banimento e multa de duzentos mil rials sauditas. Um pronunciamento será publicado esta noite -2

“Eu repudio este julgamento. Deus, a História e o povo farão o verdeiro julgamento entre nós” #WaleedAbuAlkhair respondeu na sessão final.

O Blogueiro Ahmed Al-omran esclareceu as acusações feitas:

O ativista @WaleedAbulkhair foi condenado sob a nova lei anti-terrorismo por “insulto à ordem geral” e “agitação de opinião pública”.

Abulkhair está na prisão desde 16 de abril. Ativistas dizem que a nova sentença atualiza a sentença anterior de apenas três meses. A pesquisadora acadêmica Dr. Madawi Alrasheed escreveu no twitter para os seus 181 mil seguidores e questionou a setença:

Em que lugar uma sentença muda o tempo de prisão de três meses para quinze anos?

O usuário de twitter Bander Qedeer escreveu sob a popular hashtag #وليد_أبوالخير, que traduz o nome de Waleed Abulkhair:

Os extremistas ideológicos que tomam as armas e vão à luta serão reabilitados, aconselhados e soltos, enquanto aqueles que escrevem e criticam receberão penas longas… Tu estás dando opções difíceis para o povo

Abulkhair não vai apelar a decisão, escreveu o corresponde internacional da CNN no twitter para os seus 18.600 seguidores:

Samar Badawi, mulher de @WaleedAbulkhair, diz que “o veredito não foi justo. Waleed foi julgado e condenado simplesmente por causa de seu trabalho como ativista de direitos” #Saudi

Samar Badawi, mulher de @WaleedAbulkhair, me disse que Waleed não reconhece a legitimidade da corte que o sentenciou na #ArábiaSaudita

Samar Badawi, mulher de @WaleedAbulkhair, me disse que Waleed não aceita nem irá apelar o veredito publicado hoje pela Corte da #ArábiaSaudita

Este novo acontecimento é parte do contínuo ataque da Arábia Saudita aos ativistas de direitos humanos que cresceu significativamente desde o ínicio deste ano.

Tradução editada por Débora Medeiros como parte do projeto Global Voices Lingua