Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Blogueiros do coletivo Zone 9 são acusados de terrorismo na Etiópia

Blogueiros do Zone 9: Zelalem Kibret, Edom Kasaye, and Befeqadu Hailu. Photos used with permission.

Blogueiros do coletivo Zone 9: Zelalem Kibret, Edom Kasaye e Befeqadu Hailu. Fotos usadas com permissão.

Nove blogueiros e jornalistas, quatro deles membros do Global Voices, foram acusados ​​de terrorismo e atividades relacionadas ontem perante o Tribunal Superior de Lideta, na Etiópia. Detidos e presos em Addis Abeba em 25 e 26 de abril, eles estavam desde então atrás das grades devido a acusações informais como “trabalhar com organizações estrangeiras que se dizem ativistas de direitos humanos e… de receber financiamento para incitar a violência pública através das redes sociais”.

Os advogados e familiares dos acusados ​​não foram informados previamente sobre a audiência e, portanto, não houve representação legal quando as acusações foram anunciadas.

O blog que acompanha o julgamento do caso Zone9, escrito por fontes próximas aos réus, informou que dentre as acusações estão a cooperação com organizações consideradas “terroristas” pelo governo da Etiópia; participação de um treinamento sobre criptografia de e-mail; e “organização secreta”. 

O advogado dos blogueiros disse à AFP que as acusações não têm nenhuma “substância crível”. Apoiadores em todo o mundo expressaram indignação quanto as acusações no Twitter, sob a hashtag #FreeZone9Bloggers. Yoseph Mulugeta,  ex-representante da Human Rights Watch na Etiópia que tem acompanhado de perto o caso, disse no Twitter:

19 páginas fabricadas de acusações, mas nenhuma menção do Zone9 por nome. Nem mesmo uma. A marca certamente assusta os inimigos da liberdade de expressão #FreeZone9Bloggers

Promulgada em 2009, a polêmica lei anti-terrorismo da Etiópia é, infelizmente, familiar para os jornalistas políticos do país. Os jornalistas Eskinder Nega e Reeyot Alemu enfrentaram a mesma acusação e estão encarcerados na prisão Kalaity de Addis Ababa desde 2011. A promotoria teria emitido a acusação com base em acusações de que os blogueiros teriam recebido treinamento e apoio financeiro de dois grupos políticos etíopes com sede na Europa e os EUA. O blog que acompanha o julgamento observa que os dois grupos são ideologicamente diferentes.

De acordo com notícias na imprensa, os blogueiros e jornalistas foram também acusados de organizar-se clandestinamente como o coletivo blogueiro Zone9, uma acusação intrigante, dada a natureza pública do blog do Zone9 e atividades levadas a cabo pelo grupo.

A data de julgamento do grupo é 8 de agosto. Visite o blog Trial Tracker Blog para saber das últimas notícias do caso e encontrar maneiras de apoiar o Zone9ers.

Free Zone9 Bloggers campaign image. Created by Hugh D'Andrade, remixed by Hisham Almiraat.

Imagem da campanha Liberdade para os Blogueiros do Zone9. Criada por D'Andrade, remixada por Hisham Almiraat.