Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Seis blogueiros são presos na Etiópia

zonenine

Seis blogueiros presos em 25 de abril em Addis Abeba. Fotos do Facebook, montagem de Endalk.

Em 25 de abril, seis membros do coletivo de blogueiros Zone 9 [am] foram detidos na Etiópia. Segundo aliados, eles estão presos em Maekelawi, penitenciária da capital Addis Abeba.

A notícia das prisões vazou primeiro no Twitter, onde colegas blogueiros e usuários de redes sociais manifestaram apoio aos presos e expressaram estar também medo com do que pode estar por vir.

O escritor Bisrat Teshome, morador de Addis Abeba, disse:

Assustado com a retórica do EPRDF contra jornalistas e blogueiros. Quase desmaiei quando bateram à minha porta às 19h. #Ethiopia

Zerihun Tesfaye, jornalista etíope vivendo em exílio nos Estados Unidos, disse:

Tempo em que nos sentimos desesperadamente sós e desamparados quando quase todos os amigos corajosos e críticos estão sendo presos por causa de seu ativismo

Formado em 2012, o grupo Zone 9 faz duras críticas quanto a decisões políticas e práticas do atual governo. Conseguimos realizar campanhas online, em um esforço para aumentar a conscientização sobre a repressão política no país. Também nos dedicamos à tradução de notícias internacionais para o público local, por meio de nossa parceria com a Global Voices, que lançou o Global Voices em Amárico, há dois anos.

Acreditamos que somos alvo de vigilância do governo etíope desde a morte do primeiro-ministro Meles Zenawi. Escrevemos artigos críticos sobre o chamado desenvolvimento econômico e outras obras de Zenawi. Enquanto ele recebia cobertura favorável de muitos veículos de imprensa, temos mostrado que suas realizações são duvidosos.

Até a noite de hoje, nenhuma acusação havia sido formulada contra os membros do nosso grupo que foram presos hoje. [VER NOTA DE ATUALIZAÇÃO ABAIXO.]

Infelizmente, essas prisões não são as primeiras do tipo. Nos subúrbios de Addis Abeba, há uma grande prisão chamada Kality onde muitos presos políticos estão atualmente detidos, entre eles jornalistas Eskinder Nega e Reeyot Alemu. Os jornalistas nos contaram muitas coisas sobre o presídio e suas condições terríveis. Kality é dividido em oito zonas diferentes, sendo que a última delas – Zona Oito – é dedicada a jornalistas, ativistas de direitos humanos e dissidentes.

Quando nos unimos, decidimos criar um blog para a prisão notória em que todos os etíopes vivem: esta é Zona Nove.

ATUALIZAÇÃO (2 de maio de 2014): 

No sábado 26 de abril, dois outros jornalistas, Edom Kassaye e Asmamaw Hailegeorgis, foram detidos. Kassaye é também tradutor do Global Voices. Segundo relatos, os dois estão detidos na penitenciária Maekalawi, junto com os blogueiros Befekadu Hailu, Atnaf Berahane, Natnael Feleke, Mahlet Fantahun, Zelalem Kibret, Abel Wabela e o jornalista Tesfalem Weldeves, também presto em 25 de abril.

No domingo 27 de abril, todos os nove foram acusados de  “trabalhar com organizações estrangeiras que se dizem ativistas de direitos humanos e… de receber financiamento para incitar a violência pública através das redes sociais.” De acordo com contatos locais, eles não foram autorizados a ver suas famílias ou advogados.