Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Corrida contra o tempo para ex-funcionários da Samsung na Coreia do Sul

O mega conglomerado Samsung enfrenta vários processos em diversos países devido às conhecidas violações trabalhistas da empresa [en]. Mas no país natal desse gigante da tecnologia, Coreia do Sul, onde os estreitos laços familiares e de negócios vão ao seu favor, os ex-funcionários que sofrem de enfermidades relacionadas ao trabalho enfrentam uma batalha exaustiva contra a empresa.

Felizmente, porém, alguns progressos já ocorreram neste mês [desde outubro]:

Movie poster/still photo of "Another Family" crowd-sourced movie revealing truth of Samsung's leukemia victim, Fair Use

 Poster do filme/ Foto do filme “A Outra Famíla”, um filme produzido por voluntários, que revela a verdade das vítimas da leucemia na Samsung.

No dia 18 de outubro, o Tribunal de Seul deu parecer favorável a um trabalhador da Samsung que morreu de leucemia aguda, confirmando que a doença havia sido causada devido a condições de trabalho inseguras e cruéis.

No começo de outubro, o filme produzido com colaboração popular e entitulado “A Outra Família” (assista ao trailer aqui [ko]), mostra os trabalhadores que sofreram de leucemia e outras doenças raras enquanto trabalhavam nas fábricas da Samsung. O filme chegou às machetes internacionais [en].

Em audiência realizada na Assembleia Nacional, no dia 22 de outubro, mais revelações foram feitas sobre a atitude da Samsung que não demonstra nenhum remorso em relação às vítimas, e vários legisladores fizeram pressão sobre [ko] a Samsung por forçar os trabalhadores, que não tinham idéia dos produtos químicos que manuseavam, ” a fornecerem evidências próprias de como eles [os trabalhadores] contraíram leucemia”. A companhia aparentemente adotou uma postura defensiva perante o tribunal – em vez de desaprovar veementemente a teoria de que a leucemia foi causada pelo ambiente de trabalho, ela focou na anulação das reclamações das vítimas por falta de evidência.

Isso também enfureceu os usários da internet:

Mais de 80 pessoas sofreram com doenças terminais e morreram, mas a Samsung não está fazendo nada. Realmente cabe às próprias vítimas encontrarem as provas de porquê contraíram leucemia? É a Samsung quem deveria fornecer provas de que os casos de leucemia não estão relacionados ao trabalho. Não existe apenas uma, mas muitas vítimas. Essa é uma companhia que lucra trilhões com seus negócios e que se intitula ‘ Outra Família’ [no slogan de propaganda da empresa]

O Tribunal determinou que os casos de leucemia na fábrica de semicondutores da Samsung foi um ‘acidente industrial’ [confirmando que a Samsung será culpada pelo acidente]. Será que isso afetará os outros processos também? Se a empresa realmente quer se tornar uma verdadeira companhia “nacional” representando a Coréia, ela deveria admitir os seus acidentes industriais e empenhar-se na melhoria dos seus ambientes de trabalho.

Esta semana eu li o livro, “Uma outra família desprezada pela Samsung”, e não consegui parar de chorar. Como meus amigos se interessaram, eu lhes emprestei o livro e eles me perguntaram se tudo era verdade…A Samsung é um mega conglomerado, mas ainda necessitamos descobrir a verdade. Eu me senti bastante aliviado depois que soube que o Tribunal confirmou ter sido um acidente industrial.

O tempo está se esgotando para as vítimas – atualmente, nove processos estão pendentes [ko] e das 15 vítimas que entraram com processos, seis já morreram. O número total de ex-empregados da empresa que reportaram leucemia e outras doenças sérias atinge mais de 200 [ko] (80 já morreram), e mesmo após as suas doenças terem sido provadas como relacionadas ao trabalho, eles têm que enfrentar [ko] longos processos burocráticos e outros problemas legais pela frente.