Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Manifestantes antigovernistas da Tailândia aguardam o “Dia da Vitória”

The anti-government movement in Bangkok is called the "Whistle Revolution" as protesters whistle to show their discontentment. Photo by Camille Gazeau, Copyright @Demotix (11/29/2013)

O movimento antigovernista em Bangkok é chamado “Revolução do Apito” já que os manifestantes assobiam para mostrar seu descontentamento. Foto de Camille Gazeau, Copyright @Demotix (11/29/2013)

Na Tailândia, manifestantes antigovernistas planejam ocupar ainda hoje [dia 1º de dezembro] a sede do Governo e mais nove prédios [en] do Estado com o objetivo de depor a primeira ministra Yingluck Shinawatra. Esse movimento surgiu depois que um manifestante foi morto e mais outros ficaram feridos em um conflito entre opositores e simpatizantes do governo.

Os manifestantes já haviam ocupado vários prédios no complexo do governo, mas hoje [último domingo] muitos deles se dispersaram para ocupar outros escritórios governamentais e sedes de empresas de comunicação. Através do twitter, com a hashtag#bangkokprotests é possível saber a quantas andam as manifestações.

Yingluck pode ter superado uma moção de censura no parlamento, mas as tensões [en] na capital estão longe de acabar. Os manifestantes querem que ela seja afastada do governo porque é acusada de ser uma marionete de seu irmão mais velho, o ex-primeiro ministro Thaksin Shinawatra. Thaksin foi deposto por um golpe de estado em 2006. Ele está exilado desde que uma corte local o condenou por fraude.

A intensidade dos protestos atuais faz lembrar a crise de 2008, quando os manifestantes ocuparam o aeroporto e outros locais importantes de Bangkok.

A polícia colocou cercas de arame farpado para impedir a entrada de manifestantes nos prédios do governo e de veículos de comunicação.

Um estudante que participava da manifestação foi ferido por um fragmento de granada.

A polícia usou gás lacrimogênio contra os manifestantes durante os protestos da manhã de domingo

Manifestantes preparando baldes de água na sede do governo, esperando pelo gás lacrimogênio. Os policiais avisaram que o gás seria usado.

Essa água tem algumas substâncias químicas. Ela queima os olhos e a pele como o gás lacrimogênio. Acabei de provar, que nojo…

Muitos se sentiram aliviados por saber que os simpatizantes do governo, chamados de “camisas vermelhas” decidiram cancelar um protesto marcado para o domingo, o que ajudaria a evitar novos conflitos entre eles e os manifestantes. Os camisas vermelhas se reuniram no estádio Rajamangala.

Vista aérea do cenário 2 horas atrás. Manifestação dos camisas vermelhas no estádio.

O estádio Rajamangala, depois da dispersão dos camisas vermelhas.

Caramba! “Cancelaram” a manifestação dos camisas vermelhas há 15 minutos, e o estádio já está totalmente vazio, que rápido!

Os manifestantes criticam também a parcialidade da mídia tradicional, o que eles usaram como justificativa para tentar invadir as estações.

Um acontecimento raro: Manifestantes antigovernistas reclamam que os meios de comunicação são tendenciosos.

Toda essa luta sobre “ideologia” surgiu de um punhado de hipócritas delirantes. Nem sequer é ORIGINAL e o povão cai como patinhos.

Para aqueles que continuam perguntando por que os manifestantes antigovernistas estão “atacando” o zoológico Dusit em Bangkok, a resposta é: Porque é lá que estão os policiais.

Mais informações esta manhã, direto da Universidade de Ramkhamhaeng, dizem que se efeturam disparos

Uma multidão numerosa e barulhenta caminha em direção ao Ministério do Trabalho. Um mar de bandeiras da Tailândia. Os manifestantes seguem em várias direções.

O governo admitiu que as manifestações prejudicaram a prestação de servições públicos no país:

While the Government has dealt with the protests with utmost restraint to avoid casualties, it has also been able to ensure continuity in the administration of the state and law enforcement.
Although the provision of public services by some agencies has been affected, the Government has contingency plans to ensure that there is sufficient and comprehensive provision of public services.

Enquanto o governo tem lidado com a máxima moderação para evitar incidentes nos últimos protestos, tem também sido capaz de garantir a continuidade da administração do Estado e do cumprimento da lei.

Embora a prestação de serviços públicos por parte de alguns organismos tenha sido afetada, o governo tem planos de contingência para assegurar uma prestação completa e suficiente dos serviços públicos.