Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Brasil: Jornalismo cidadão promove mudanças na cidade de Januária

A workshop with citizen journalists at Amigos de Januária; from their Flickr page.

Presença de jornalistas cidadãos em oficina do Amigos de Januária (alguns não fazem mais parte do projeto); imagem disponível no Flickr e usada com permissão.

Nota do Rising Voices: Por motivos de segurança, membros do Amigos de Januária preferem continuar anônimos.

A intenção era de ser um curso dejornalismo cidadão com apenas uma edição no ano de 2011. Mas assim que as aulas terminaram, os alunos continuaram utilizando o conhecimento adquirido sobre plataformas on-line para acessarem informações públicas e produzirem relatórios sobre Januária, município mineiro onde moram. Assim, o projeto Amigos de Januária tem crescido através do próprio blog e mídias sociais ao longo dos últimos dois anos. Nesta entrevista para o Rising Voices, os integrantes do grupo explicam algumas das razões que fizeram com que eles dessem continuidade a ideia do projeto.

Rising Voices: O que lhes motivou a continuar o projeto depois que a primeira fase foi concluída?

Amigos de Januária:
Quando o projeto terminou, o grupo de jornalistas cidadãos recém formados se reuniu e decidiu continuar o projeto. Tínhamos que difundir todo aquele conhecimento, ajudar as pessoas a obterem informação sobre seu município e assim melhorar o lugar onde vivem. Parece que está dando certo, hoje já estamos há mais de 2 anos no ar. Com o tempo, infelizmente alguns repórteres tiveram que seguir outros caminhos, seja pela parte profissional ou pessoal, ou pelo trabalho em si que ocupa nosso tempo ou ainda pela pressão externa que acaba existindo. Antes éramos cerca de 12, atualmente somos aproximadamente 6 jovens jornalistas. O trabalho é totalmente voluntário….

Você já era envolvido em alguma outra atividade jornalística ou relacionada a busca por informações públicas?

Não. Eu não era envolvido em nenhuma área jornalística, apesar de sempre gostar de jornalismo e de ler muito. Política eu apenas acompanhava as notícias nacionais e da cidade, mas não tinha nenhum envolvimento tão pouco grande interesse. Acontece que eu não sabia como obter mais informações públicas, então não me interessava tanto.

O que lhe motivou a participar do projeto? E em que o projeto acrescentou à sua própria trajetória?

Inicialmente o que me motivou foi conhecer técnicas de jornalismo, como tirar fotos, fazer vídeos, escrever textos e aprender mais sobre esse ambiente que sempre me despertou atenção. Com o tempo e participação no projeto, vi que o objetivo era muito grandioso e que ao invés de reclamar sobre a situação da minha cidade poderia trabalhar a fim de melhorá-la. Ao mesmo tempo em que aprendia a obter informações públicas percebia que assim poderia conhecer melhor a realidade da minha cidade, cobrar e propor mudanças, ajudando também a população a se informar mais e sair do pensamento de conformismo e apenas reclamações ou denúncias vazias.

Quais foram as contribuições do projeto Amigos de Januária para a cidade de Januária

Recebemos várias visitas, mensagens e emails de januarenses e outras pessoas do mundo. Isso mostra que ao buscar por Januária-MG na web as pessoas acabam chegando em nosso site. Muitos de nossos textos ajudam sim a levar informação precisa e confiável as pessoas…

Como tem sido a resposta da população ao projeto?

Favorável… Inicialmente as pessoas não entendiam bem e queriam saber quem éramos, quem escreviam os textos. Mas com o tempo ou mesmo apósler um de nossos textos ou apresentação, as pessoas perceberam que o projeto acontecia graças a jovens jornalistas preocupados com o futuro de sua cidade. Cada texto nosso é muito bem revisado e checado, com links e imagens para apresentar uma informação concisa e de qualidade. As redes sociais ajudam bastante para que cheguemos a um maior número de pessoas…
A cidade possui vários moradores e muitos deles estão na web, mas ainda não perceberam que para ajudar a melhorar sua cidade é preciso estar muito bem informado e sair da sua zona de conforto.

Vocês já pensaram em se articular com outras cidades e levar o projeto para outros municípios brasileiros? 

Sim, gostaríamos de ter irmãos em várias cidades… As pessoas podem copiar o modelo e levar o trabalho a sério que ele pode dar bons resultados em outra cidade. Para fazer o curso ou abrir sedes em outros locais, isso demandaria uma estrutura que atualmente não possuímos, mas isso não impede que grupos bem intencionados em outras cidades do Brasil se apropriem de nosso modelo para mudar a realidade de seus municípios.

O trabalho investigativo de blogueiros e jornalistas chega a ser perigoso no Brasil, principalmente nas cidades do interior. Segundo a organização Repórteres Sem Fronteiras, cinco jornalistas foram mortos no Brasil em 2012. Como vocês lidam com isso ao tocar em assuntos que podem incomodar poderosos na cidade?

Isso é um assunto muito sério. Infelizmente existem pessoas que utilizam o anonimato, principalmente em redes sociais, para causar desconforto e levantar questões polêmicas sobre a administração da cidade. Por isso nos preocupamos em sempre validar a informação apresentada, assim colocamos fotos, links que mostram onde pegamos a informação, entrevistamos pessoas, comparamos dados, com tudo isso vamos construindo uma identidade confiável com a qual a população pode contar. E sim, não é fácil escrever sobre política em cidade pequena, todos se conhecem e querem saber porquê você está buscando tais informações, mesmo elas sendo [tecnicamente] públicas… Procuramos por informações disponíveis publicamente, assim não precisamos perguntar tanto. Escrevemos como jornalistas cidadãos e por fim nossos textos mostram como aquela informação é importante para a população. Alguns repórteres assinam suas matérias, outros preferem se manter mais discretos a fim de continuar contribuindo para a melhora da cidade.

Você acha que a atual administração está mais comprometida com a transparência pública devido ao trabalho do Amigos de Januária?

Alguns funcionários públicos nos seguem e leem nossas matérias. Na ultima eleição entrevistamos alguns candidatos a prefeito da cidade, dentre eles o atual prefeito. Acreditamos que eventualmente ele lê sim o que escrevemos. É até uma forma de ajudá-lo a governar, pois é o olhar do cidadão sobre sua cidade…

 A praça que aos poucos estava perdendo as características originais. Republicado do blog Amigos de Januária

A praça que aos poucos estava perdendo as características originais. Republicado do blog Amigos de Januária

Você poderia dar exemplos que demonstrem como o grupo tem influenciado a história da cidade ?

Januarenses ausentes sempre entram em contato e dizem que acompanham o blog para saber da cidade.

Teveum artigosobre a praça que estava perdendo as características originais [sendo demolida aos poucos] e quando alertamos a poppulação, isso causou grande comoção entre os leitores.

Nós também recebemos um interessante convite para fazer vídeos e promover a cidade de Januária no exterior através do Camra [um aplicativo do iPhone], um dos poucos grupos convidados no Brasil.