Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Timor-Leste: “Alfabetização muitas vezes é deixada de lado”

"East Timor waiting for school to start", Same (06/09/2010). Photo by john.hession on Flickr (CC BY 2.0)

“Timor-Leste esperando a aula começar”, Same (06/09/2010). Foto de john.hession no Flickr (CC BY 2.0)

Para marcar o Dia Internacional da Alfabetização [en], 8 de setembro, o blog da Fundação Ásia, In Asia, apresentou [en] números surpreendentes sobre a qualidade dos resultados educacionais no Timor-Leste, um país onde “a educação, e a alfabetização em particular, tantas vezes é deixada de lado.”

Uma pesquisa do Banco Mundial descobriu que 70% dos alunos da primeira série do Timor-Leste eram incapazes de ler uma única palavra numa passagem aleatória de um texto simples, seja em português ou em tétum, as línguas oficiais do país.

A Crise Silenciosa no Trajetória de Desenvolvimento do Timor-Leste’ [en], da representante nacional da Fundação Ásia no Timor-Leste, Susan Marx [en], e de Mário F. Costa Pinheiro [en], enfatizam o debate contínuo na política de linguagem do país mais jovem da Ásia. Como o Global Voices noticiou em 2011, o número de línguas nacionais chega a 16 e dúzias de outros dialetos são usados diariamente por cidadãos timorenses. O artigo fala sobre os progressos e os obstáculos das estratégias governamentais e declara que “um desafio mais fundamental jaz na esmagadora falta de uma cultura leitora.”

Este artigo foi traduzido por Caio Marinho.