Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

“Eu e Minha Sombra:” protegendo as informações na rede

A Internet, os telefones celulares e outras  conquistas do progresso têm se tornado aspectos essenciais da existência humana, simplificando a comunicação entre pessoas e as integrando dentro de um novo espaço. Através do registro nos websites, do preenchimento de pesquisas nas redes sociais ou da transferência de fotos para o Instagram, estamos inevitavelmente contribuindo para a base de dados global, dando continuidade à história da nossa vida virtual. As pessoas com as quais nos comunicamos, os locais de onde chamamos, e qualquer informação que disponibilizamos para os mecanismos de busca são, sem sombra de dúvida, considerados como informações confidenciais, apesar delas não estarem disponíveis apenas para nós.

Há muitos exemplos de usuários da Internet cujas informações estão sendo usadas. Um dos casos mais evidentes está associado ao PRISM [en], um programa do governo americano frequentemente mencionado nas notícias atualmente. O assunto foi parar no tribunal e as companhias começaram a criptografar os seus arquivos de dados com mais urgência. Algumas empresas obtiveram sucesso na proteção de informações confidenciais [en], mas muitos são obrigados a ocultar os pedidos do governo, deixando seus usuários vulneráveis.

Em busca de ajuda, muitos recorrem ao Tactical Technology Collective (Tecnologia Tática Coletiva), um projeto que reúne profissionais da área tecnológica, designers, programadores, advogados e ativistas baseados na Europa, Ásia e África, que lidam com problemas que dizem respeito aos direitos das informações. No website do grupo é possível encontrar não somente informações pessoais que terceiros estão utilizando, mas também armazenar tecnologia defensiva na luta pelos direitos digitais.

Os coordenadores deste projeto advertem que a encriptação é uma faca de dois gumes. Se por um lado ela reduz a sua “sombra”, assegurando um nível de proteção básica, do outro lado, a encriptação pode chamar ainda mais a atenção, caso você decida ficar completamente invisível. Portanto, é importante fazer uso seletivo das ferramentas e dos recursos disponíveis, que têm crescido vastamente. O website “Me & My Shadow” [en] (Eu & Minha Sombra) reúne o que há de melhor destes instrumentos.

Imagem do site “Me & My Shadow”

O site atribui uma categoria para cada aplicativo ou programa, oferece uma pequena descrição da sua função e especialidade e traz um link para o site do seu designer. “Me & My Shadow” fornece uma lista de navegadores da Internet e, curiosamente, sua preferência recai sobre o Mozilla Firefox, criado e fundado por organizações sem fins lucrativos, permitindo a encriptação por meio de vários mecanismos que podem ser baixados gratuitamente. A título de curiosidade, o Google Chrome não possui nenhuma preocupação maior para com os usuários e não é difícil que terceiros tenham acesso às informações quando conectados com os perfis do Google.

O melhor mecanismo de busca, de acordo com o site “Me & My Shadow” é o “Duck Duck Go“. Este de nenhuma forma compartilha as suas informações de busca com terceiros – o mesmo não se pode dizer com respeito ao Bing ou ao Google. “Me & My Shadow” também lista programas recomendáveis para o bate-papo em vídeo, correspondência por email, recursos para trabalhos cooperativos etc. Ele também dispõe de um catálogo completo de outras ferramentas úteis [en] e conta com um website interativo e agradável.

Além do suporte tecnológico, os visitantes podem se inscrever para receber atualizações sobre informações importantes. Eles podem descobrir como as suas informações podem ser utilizadas, saber o que está escrito nos acordos de usuários, podem ler os trechos de memorandos de confidencialidade do Facebook, Yahoo, Instagram e muito mais.

O jogo “Data Dealer” encontrado nesta seção do site [en], é particularmente interessante. No jogo, os usuários precisam construir os seus próprios blocos de informações, seja de modo legal ou não, vendendo informações a companhias de seguros e a grupos importantes, e fornecendo proteção contra os hackers, ativistas e os meios de comunicação de massa. Embora de modo exagerado, o jogo realmente mostra o funcionamento deste incontível e imenso sistema.

Escrito por Kirll Alekseev. O texto original [ru] está disponível no site “Теплицы социальных технологий” (Estufas de Tecnologias Sociais).