Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Encontrada a pessoa mais amável do Peru

Marisol Rodríguez Gamero, uma estudante de Direito de 23 anos de idade, ganhou o concurso “O Peruano Mais Amável” [es], uma iniciativa para motivar os peruanos a identificarem-se com atitudes e valores mais positivos, ressaltando a amabilidade demonstrada em relação aos turistas.

O concurso, organizado pelo Ministério do Comércio Exterior e Turismo do país, teve como objetivo premiar o cidadão peruano que, com alguma ação notável de amabilidade, tenha contribuído para uma experiência positiva de um turista estrangeiro ou nacional.

O site DePeru.com [es] resumiu os objetivos do concurso [es] e publicou os dados:

[La Comisión de Promoción del Perú para la Exportación y el Turismo] PROMPERÚ realiza esta campaña con el cual pretende seguir incentivando el turismo en el Perú y donde todos los peruanos debemos poner de nuestra parte para lograr que los turistas nacionales y extranjeros reciban una cordial atención durante su permanencia en nuestros lugares de visita.

[A Comissão de Promoção do Peru para Exportação e Turismo] PROMPERÚ realiza esta campanha com a qual pretende seguir incentivando o turismo e o Peru, e onde todos nós peruanos devemos fazer a nossa parte para que os turistas nacionais e estrangeiros recebam um atendimento cordial durante a permanência deles em nossos destinos turísticos.

Depois de uma extensa campanha de publicidade em canais de televisão, rádio e jornais, na segunda-feira 3 junho de 2013, Ollanta Humala Tasso, presidente do país, e o ministro de Comércio Exterior e Turismo José Luis Silva Martinot, premiaram a ganhadora do concurso: Marisol Rodríguez Gamero, estudante de Direito de 23 anos de idade.

Marisol foi escolhida por ter espontaneamente escoltado dois ciclistas suíços a partir do bairro de Pueblo Libre, em Lima, para o Aeroporto Internacional Jorge Chávez. Em março deste ano, Marisol pedalou com a dupla, que estava prestes a viajar de volta para a Suiça, percorrendo 20 km a partir do cruzamento das avenidas Brasil [es] e Bolívar até o aeroporto.

Cusco

Rua típica de Cusco. Foto de Héctor de Pereda, usuário do Flickr (CC BY-NC 2.0)

Marisol tornou-se finalista no concurso graças aos votos de internautas. O prêmio consiste de uma viagem de luxo para duas pessoas por três destinos: Cusco, Paracas [es] e Tambopata [es].

A tuitosfera peruana reagiu quase imediatamente com comentários de todos os tipos, como o anúncio lacônico de Marca PERÚ (@marcaPERU):

@marcaPERU: Se inicio ceremonia para elección del #peruanomasamable @peruanoamable #marcaperu

@marcaPERU [es]: Começou a cerimônia para a eleição do #peruanomasamable [Peruano Mais Amável]. @peruanoamable #marcaperu

O usuário mArTin GV (@MARTINZOTE) expressou a esperança em seu candidato favorito:

@MARTINZOTE: En esta 1ra edición tiene que ganar EL POLICÍA DE AREQUIPA. Desborda AMABILIDAD desde HACE AÑOS @marcaPERU @peruanoamable @peruanomasamable

@MARTINZOTE [es]: Nesta 1ª edição o AGENTE POLICIAL DE AREQUIPA tem que ganhar. Transborda AMABILIDADE há ANOS. @marcaPERU @peruanoamable @peruanomasamable

Usando uma linguagem bastante coloquial, Lima Cero (@Lima_Cero) protestou:

@Lima_Cero: #PTM Se puede saber por qué chu*** no fui elegido el #peruanomasamable ¿? Hablen m**das!!! oh wait!!! cc: @telasopapeo

@Lima_Cero: #PTM [es]: Se pode saber por que dia**s eu não fui eleito o #peruanomasamable ¿? Falem seus m**das!!! oh wait!!! cc: @telasopapeo

Enquanto isso, César de lta Porras (@drcesardip) expressou seu parecer com uma aparente resignação:

@drcesardip: Viendo #peruanomasamable y los galardonados me parecen mas vivos [N. del A: listo, audaz] q amable… En fin :)

@drcesardip [es]: Vendo #peruanomasamable e os ganhadores me parecem mais vivos [N. do A: dispostos, audazes] que amáveis. Enfim :)

A usuária Katty Neciosup (@kttyn) compartilhou sua surpresa:

@kttyn: QUE!!! #peruanomasamable…pero si a mi no me han llamado! ah es peruanO! OK

@kttyn: O QUÊ!!! #peruanomasamable… mas nem me chamaram! Ah, é para um peruanO! OK

Edwin Gayozzo (@EGayozzo) deixou clara a sua insatisfação, sugerindo:

@EGayozzo: Qué huachafada. Si quieren incentivar una conducta correcta, háganlo invirtiendo BIEN en educación, no con esta ridiculez #peruanomasamable

@EGayozzo [es]: Que brega. Se querem incentivar uma conduta correta, fazer investir BEM em educação, não com essa coisa ridícula. #peruanomasamable

A palavra original huachafada [es] refere-se a algo brega, de mal gosto ou ridículo.

Por outro lado, Less Martínez V (@rockazless) divulga sua própria boa ação não recompensada:

@rockazless: No es justo @karenzd y yo acompañamos a un grupo de 6 de turistas hasta la playa y no nos han condecorado nada #peruanomasamable

@rockazless [es]: Não é justo @karenzd e eu acompanhamos um grupo de seis turistas desde a praia e não nos condecoraram com nada #peruanomasamable

Por fim, @Lima_Cero fez uma referência sarcástica a Natalia Málaga [es], treinadora da seleção juvenil de volleyball, conhecida por seu estilo brusco:

@Lima_Cero: Natalia Málaga tenía que haber ganado como #peruanomasamable

@Lima_Cero [es]: Natalia Málaga deveria ter ganhado o prêmio #peruanomasamable.