Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Rising Voices: ganhadores das micro-bolsas 2013

O Rising Voices tem a satisfação de anunciar os cinco ganhadores de micro-bolsas na competição de projetos de apoio à mídia cidadã de 2013 [en]. Neste ano, recebemos 870 propostas de projetos de mídia cidadã provindas de 97 países ao redor do mundo. Esta torrente de interesse é uma demonstração da contínua necessidade das comunidades locais com pouca representação por este tipo de envolvimento. Também é uma prova da existência de centenas de indivíduos e organizações ansiosos por ajudar suas comunidades locais a se juntar à conversação global que ocorre on-line por meio do uso da mídia cidadã. Ficamos honrados com a escolha que essas pessoas fizeram de partilhar suas ideias com a comunidade do Rising Voices.

Este ano teve a marca de uma mudança significativa na maneira como o Rising Voices reuniu estas propostas numa plataforma pública [en] criada para facilitar o trabalho na rede e o intercâmbio entre os pares.  Graças ao novo sítio alojado no WordPress e criado por Jeremy Clarke, responsável pela seção de Código e Projeto do Global Voices, tivemos a possibilidade de oferecer uma nova página na rede onde se publicava a proposta submetida por cada candidato(a). A cada candidato(a) foi dada a opção de expor ou não sua proposta ao público.

maprv

Depois da proposta ter sido classificada por localização geográfica, assunto e ferramentas a serem utilizadas no treinamento, o projeto era mapeado visualmente com a maior precisão possível para mostrar o local onde se desenvolveria. Visitantes da página podiam, então, procurar pelas propostas de acordo com estas diferentes categorias ou ao focar num local específico no mapa. Da mesma forma, ficamos satisfeitos de ver a interação entre os candidatos na seção de comentários, que partilharam suas ideias nas páginas das redes sociais, tais como o Twitter e o Facebook.

Deste grupo de propostas públicas e privadas, nossos voluntários da comunidade Global Voices ajudaram a avaliar e selecionar 74 candidatos pré-selecionados [en], que foram, então, convidados a apresentar uma proposta mais detalhada para uma análise mais aprofundada. Após mais uma rodada de análise dos projetos desses candidatos, nosso comitê de seleção escolheu cinco novos beneficiários de micro-bolsas para implementar seus projetos. Estes novos projetos são diversificados em suas abordagens e demonstram um compromisso com o trabalho em seus contextos singulares. Estamos super entusiasmados que eles vão se juntar à comunidade de projetos beneficidos pelo  Rising Voices.

Os quatro ganhadores (por ordem alfabética):

Argentina: Los Inestables Radio [en; sp]

Em Córdoba, Argentina, um grupo local  de voluntários já vinha, regularmente, fazendo visitas ao hospital psiquiátrico público onde vieram a conhecer muitos dos pacientes num nível mais pessoal. Descobriram que boa parte da percepção que a comunidade local tinha daqueles que se encontravam ali internados era incorreta ou resultado de estereótipos. A partir desta experiência, os voluntários e os pacientes decidiram produzir um programa semanal de rádio ao vivo com o nome de “Radio Los Inestables” [sp] [Rádio Os Instáveis, em espanhol] que acontece no pátio externo do hospital e é transmitida por uma estação de rádio local.  O conteúdo varia de tópicos sérios, tais como a relação entre saúde mental, pobreza e discriminação, a programas mais leves na forma de peças de teatro e declamação de poesias.  O projeto busca colocar uma parcela maior de responsabilidade gerencial dos programas nas mãos dos pacientes pela adição de um componente on-line, por meio do qual eles possam alcançar uma audiência nacional e global. Os participantes irão aprender como gravar, editar e carregar podcasts de áudio e como administrar as contas de mídia social pertencentes aos programas da rádio para manter uma interação regular com ouvintes ao redor do mundo.

Fiji: Tukuni Yadua (Falando sobre Yadua) [en] 

Ao longo dos últimos quarenta anos, residentes da comunidade de Denimanu na ilha distante de Yadua em Fiji têm concentrado esforços na proteção da Iguana-de-crista-de-fiji que se encontra em perigo de extinção. Estes animais têm sido ameaçados por pressões externas e pela mudança climática, tornando sua proteção algo muito mais urgente. A proteção da vida selvagem e do estilo tradicional de vida dos residentes tem sido uma das características definidoras da identidade local. Entretanto, devido ao isolamento da ilha, algumas destas histórias que retratam os desafios, assim como as vitórias obtidas, não têm sido contadas de maneira adequada. Agora, os residentes desejam transmitir esta paixão pela conservação para as próximas gerações, com a esperança de que darão continuidade a este trabalho. The National Trust of Fiji (NTF) [en] [Fundação Nacional para Lugares de Interesse Histórico ou de Beleza Natural de Fiji, em inglês] trabalhará lado a lado com a comunidade local para cultivar, entre residentes jovens, a habilidade de contar esta história por meio do uso de recursos digitais na forma de vídeo e fotografia. Estas imagens digitais poderão ser uma vitrine da biodiversidade singular que se encontra na ilha e de como a relação entre seres humanos e natureza é uma parte integrante do passado, presente e futuro da comunidade.

Mapping for Niger [en] [Mapeamento para o Rio Níger, em inglês]

Através de uma parceria com o Departamento de Geografia da Universidade Abdou Moumouni [fr] em Niamey, República do Níger, estudantes do campus Clube de Geografia se unirão para formar uma Volunteer Technical Community (VTC) [Comunidade Técnica de Voluntários, em inglês] para levantar as necessidades e as histórias da comunidade do entorno. Com o uso de ferramentas do OpenStreetMap [en], o grupo irá adquirir as habilidades necessárias para participar de um projeto humanitário de mapeamento colaborativo e de código aberto. Uma vez habilitados em mapeamento e mídia cidadã, os participantes sairão pela capital e vilarejos rurais do entorno para mapear pontos de referência, tais como escolas, ruas e hospitais. Eles também usarão outras modalidades de mídia cidadã para ligar os objetos que localizam com as necessidades destas comunidades. O monitoramento deste processo de mapeamento, com atualizações regulares feitas no blogue e nas contas de Twitter e Facebook do projeto, permitirá que este mapa venha a adquirir significado para a comunidade, com as histórias e realidades da República do Níger.

México: Dizha Kieru para o SMS [en]

Dizha Kieru (“Nossa Voz” em língua Zapoteca) é uma estação de rádio comunitária localizada na aldeia Zapoteca indígena de Talea de Castro que fica nas montanhas Juarez de Oaxaca, México. A cidade possui e opera sua própria rede móvel GSM que oferece serviço de celulares a baixo custo para sua população de aproximadamente 2.500 residentes. A estação de rádio, juntamente com a organização denominada Rhizomatica [en], irá ensinar os residentes a se tornarem coletores de notícias, seja por reportagem presencial ou via SMS ou chamadas telefônicas feitas pelos cidadãos. O grupo Dizha Kieru, que administra tanto a rádio quanto a estação-base de GSM irá coletar, sintetizar, formatar e transmitir, duas vezes ao dia, os boletins de notícias para os residentes locais por meio do dispositivo SMS em massa e irá postar estas notícias no Twitter para emigrantes que vivem fora da comunidade. A rede móvel da comunidade ajudará a reduzir os custos nesta forma de coleta e distribuição de notícias e poderá enriquecer a conversa entre os residentes locais e a diáspora.

Youth Stories from Bhutan's Maturing Democracy [en][Histórias de Jovens da Democracia em Desenvolvimento no Butão, em inglês]

O Butão abriga uma das democracias mais jovens no mundo, pois foi em 2008 que o país fez a transição de uma monarquia absolutista para uma monarquia constitucional. Desde então, várias organizações, tais como o  Centre for Media and Democracy [en] [Centro de Mídia e Democracia, em inglês] com sede na capital, Thimpu, têm exercido seu papel de auxiliar os cidadãos a assumir de forma mais ativa sua participação nesta nova sociedade. Com o estabelecimento local de Clubes de Mídia, o CMD passou a oferecer oficinas de jornalismo cidadão a jovens universitários, dando-lhes a oportunidade de se juntar ao debate  nacional relacionado a estas mudanças democráticas. Com este novo projeto, o CMD planeja expandir seu alcance ao oferecer oficinas sobre podcasts de áudio para as comunidades de Samtse, Trongsa, Kanglung e Paro. Grande parte do conteúdo criado por estes jovens criadores de podcasts terá como foco  a segunda eleição jamais ocorrida no país e será compartilhada on-line e nas rádios locais. Nas próximas semanas, uma introdução mais aprofundada a cada um dos novos projetos será disponibilizada. Embora este ciclo de financiamento tenha sido finalizado,  nossa plataforma [en] permanecerá à disposição por algum tempo. Convidamos você a continuar a explorar as várias ideias apresentadas na página e entrar em contato com aquelas pessoas que partilham dos mesmos interesses ou colaborar com alguma proposta que você possa ter.

Por favor, junte-se a nós em parabenizar e dar as boas-vindas aos cinco mais recentes beneficiários de bolsas do Rising Voices.

Tradução editada por Débora Medeiros como parte do projeto Global Voices Lingua