Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Departamento de Propaganda Chinês ameaça dissolver o jornal Beijing News

Esse artigo é parte de nossa cobertura especial: Protestos contra censura na China

O editor do jornal Beijing News, Dai Zigeng, anunciou a sua renúncia ao cargo no dia 8 de Janeiro de 2013, na sequência do Departamento de Propaganda ter forçado o seu jornal a publicar um editorial do Global Times [zh] que acusava “forças estrangeiras” [en] de estarem por trás da polémica editorial no jornal Southern Weekend [en], que desencadeou protestos a favor da liberdade de imprensa na China.

O Beijing News é uma publicação associada do Southern Weekend e detida em parte pelo grupo Southern Newspapers Media. É amplamente reconhecido na China como um jornal liberal. O seu editor é também funcionário do Partido Comunista. Para além do Beijing News, o Departamento de Propaganda enviou também funcionários ao Xiaoxiang Morning Herald, na província de Hunan, para supervisionar a impressão da edição de 9 de Janeiro e confirmar que o editorial do Global Times era devidamente publicado.

A redacção do Beijing News na noite do incidente. Foto de domínio público do álbum Weibo de Oiwan.

Correu nas redes sociais chinesas que o Departamento de Propaganda chinês ameaçou dissolver o Beijing News se estes recusassem a publicação do editorial do Global Times. As fotografias à direita mostram a redacção do Beijing News à noite. Na legenda lê-se:

上頭有令:今晚,昨天所有抗命的媒體補登環球社論,否則封網封報。
新京報全員趕到總部拒絕轉載,但遭到解散恐嚇,最後眼睜睜看著文章上版。社長戴自更對督陣的北京市宣傳部長副部長冷言說:我現在口頭跟你提出辭職!
目前,新京報所有員工的新浪微博被封,你從微博上看不到任何關於新京報的消息。

Ordens vindas de cima: esta noite todos os meios de comunicação que recusaram-se a publicar o editorial do Global Times têm de voltar atrás e publicar a peça, ou o jornal e o website serão bloqueados. Todos os trabalhadores do Beijing News regressaram à sede para manifestar a sua posição contra a republicação do editorial. Mas foram ameaçados com a dissolvência do jornal, caso insistissem. Por fim a peça foi integrada na maquete. Friamente, o editor Dai Zigeng anunciou ao responsável do Departamento de Propaganda: agora entrego-lhe o meu pedido de demissão verbal! Actualmente, as contas Sina Weibo da maioria dos trabalhadores do Beijing News foram suspensas e não é possível encontrar qualquer informação sobre a notícia.

Na manhã do dia 9 de Janeiro, a saudação matinal [zh] da conta oficial Sina Weibo do Beijing News era:

如果你想要你从未拥有过的东西,那么你必须去做你从未做过的事。 早安。

Se quiseres ter algo que nunca tiveste antes, terás de fazer algo que nunca fizeste antes. Bom dia.

Quando os retweets chegaram a 1350, um “erro de sistema” suspendeu essa função no subtil micro-blog.

Captura de ecrã da mensagem de erro de sistema do Weibo ao tentar fazer retweet da saudação matinal do Beijing News, 9 de Janeiro de 2013.

O letscorp tem uma cópia [zh] de algumas das discussões dessa noite. @宇过天新 e @刘刚在路上 estavam na redacção:

@宇过天新 今晚,我记住大家的眼泪,记住那一致持反对声的民主表决,记住在组版房那转身的抽泣声,记住那叹息声,记住那开启酒罐的声音,记住大家呆呆地站在哪里,企盼的目光,记住大半夜一个电话就来的兄弟,记住,今晚的屈辱。我都记住。

@宇过天新 Esta noite, recordo cada uma das vossas lágrimas, recordo o voto democrático unânime contra a reimpressão [do editorial], recordo o som de soluços na sala de maquetagem, recordo cada suspiro, o som da lata de cerveja a abrir, recordo todos muito quietos, recordo as expectativas dos nossos colegas, recordo todos os irmãos que apareceram na redacção depois de receberem a chamada. Por favor recordem-se da humilhação desta noite. Lembremo-nos de cada momento.

@刘刚在路上:誓与新京报共存亡。老戴辞职。我也辞职。不干新闻了!!!

@刘刚在路上: Viverei e morrerei com o Beijing News. O velho Dai demitiu-se, vou segui-lo, vou abandonar o jornalismo de vez.

@uponsnow explicou o significado da dissolvência do jornal:

这里的解散不是一般的关闭,而是停报整顿后再复刊。也就是说,凡是不服的都会被解职、解雇。也就是说新京报今后会变味。

O significado de dissolver não é encerrar. Significa suspender, purgar e reabrir. Por outras palavras, todo o pessoal que não concordar será despedido e o estilo do Beijing News passará a ser completamente diferente [quando reabrir].

@GoneWater revelou que a ordem do Departamento de Propaganda de Pequim veio de cima e destinava-se especificamente ao Southern Media Group:

@GoneWater: 实际上这次并非所有报纸都被点名要求转发,北京晨报、东早等报纸就没被要求。但在前天被要求的媒体中,唯新京报、潇湘晨报两家未转。北京市宣本来默许,但昨日新任中宣部长刘奇葆强令:这两家必须发。事上至刘云山,批曰:必须发。市宣副部长乃亲至报社执行。

@GoneWater: Na verdade, nem todos os jornais foram obrigados a reimprimir o editorial. O Beijing Morning e o Dongfang Daily [de Xangai] não receberam a ordem. Dos que tinham recebido a ordem no dia anterior, apenas o Beijing News e o Xiaoxiang Morning Herald não reeditaram. Primeiro, o Departamento de Propaganda de Pequim queria ficar atento à situação, mas o novo director do Departamento Central de Propaganda Liu Qibao deu a ordem: estes dois jornais terão de publicar o editorial. A ordem foi subscrita por Liu Yunshan [en] [antigo director do Departamento do Governo Central, recentemente promovido a Secretário-Geral do Secretariado Central do Partido Comunista Chinês]. O director-adjunto do Departamento de Propaganda da cidade dirigiu-se então à sede do Beijing News para executar a ordem.

Abaixo estão algumas reacções imediatas, seleccionadas pelo letscorp [zh]:

@MoralMachine 我觉得吧,被逼转载环球时报这个事情很痛苦。被禁言大不了就委屈一下不说了。现在是有人突然往你嘴里塞一砣屎,完后还逼你喷在你心爱的读者脸上。媒体像新浪这样无法抗拒,只能在后面加一句"转载不代表意见",提示一下这屎不是我拉的,是别人塞我嘴里的。这是就中国式悲壮,心疼。

@MoralMachine É extremamente doloroso ser pressionado para voltar a publicar o editorial do Global Times. Podemos manter as bocas fechadas mas agora alguém está a enfiar porcaria nas nossas bocas e a obrigar-nos a cuspir essa porcaria na cara dos nossos queridos leitores. Meios de comunicação como o Sina não podem resistir [à brutalidade do acto], apenas colocar um aviso de desobrigação – “esta reimpressão não representa a nossa posição” – para lembrar as pessoas de que não são eles a fonte original da porcaria, foi outra pessoa a pô-la na minha boca. Esta é uma tragédia e uma dor bem ao estilo chinês.

@胡淑芬 我原以为它们只是愚蠢,有种将小事化大,大事化到不可收拾的神奇本领。正确的路有千万条,它们总能穿过层层迷雾找到最愚蠢那一条。现在我才看明白,那不是愚蠢,而是罪恶。罪恶的癌细胞已经布满肌体,不管在哪个部位,它们都能精确模式复制,用一个罪恶掩盖另一个罪恶,它们已经罪恶滔天、病入膏肓。

@胡淑芬 Primeiro pensei que eram estúpidos por tornar um pequeno incidente num tão grande a ponto de não se poder tapar. Havia milhares de soluções e eles vão direitos à mais estúpida. Agora entendo, não é estupidez, é um pecado. As células cancerosas do pecado espalharam-se para os músculos do corpo. O pecado duplica-se para cobrir outro pecado e agora é incurável.

@Conilll 混推这几年,大大小小的操蛋事也见过不少了,随着年龄增长越来越有见怪不怪的感觉。。但这次南周的事情真是让我觉得特别、特别、特别愤怒和悲哀,今晚看新京报的种种让人想哭。。

@Conilll Há tantos anos que vejo porcaria a acontecer por todo o lado. À medida que me vou tornando mais e mais velho, começo a aceitar coisas estranhas como normais… mas sinto-me especificamente, especificamente e especificamente zangado e triste por causa do incidente do Southern Weekend. Esta noite, com tudo isto a acontecer no Beijing News, tenho vontade de chorar…

Esse artigo é parte de nossa cobertura especial: Protestos contra censura na China