Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Índia: Impacto Causado por Mudança de Algoritmo no Buscador do Google

O Mecanismo de Pesquisa do Google, o buscador mais utilizado na World Wide Web, tem tido sucesso, basicamente, por causa the um algoritmo patenteado denominado ‘PageRank’ [Classificação de Página, em inglês] que auxilia na classificação de páginas na web que correspondem a um dado termo de busca. O algoritmo PageRank analisa links gerados por ação humana a partir do pressuposto de que as páginas encontradas na web com links a muitas páginas importantes têm, elas mesmas, probabilidade de serem importantes.

No intuito de controlar o fenômeno oferecido por um mecanismo de busca tão popular, formou-se uma verdadeira indústria de consultores profissionais ligados à otimização para motores de busca [SEO, na sigla em inglês] para exercer influência sobre as classificações feitas pelo Google das páginas de seus clientes. Embora o Google tenha publicado diretrizes específicas [en] para proprietários de website que empregam consultores de otimização para melhorar suas classificações, alguns acabaram criando certos meios antiéticos [en] para gerar links [en] de tal maneira a influenciar o algoritmo do mecanismo de busca. E o Google leva a sério estas reclamações.

A mudança recente feita pelo Google em seu algoritmo (denominado Penguin) afetou os serviços de SEO/construção de links de baixa qualidade, muitos dos quais estavam sendo terceirizados pelos EUA para países como a Índia. Um relatório [en] alega que esta atualização teve um impacto sobre os índices de empregabilidade em Mumbai, Delhi e Bangalore, e que os trabalhadores empregados por negócios vinculados à internet organizaram manifestações. No entanto, esta informação não foi verificada por outras fontes.

Há muito debate na indústria sobre como se recuperar [en] da mudança de algoritmo. Especialistas [en] dizem que o novo algoritmo do Google acabou com os sítios que se ocupavam com webspam e com táticas do tipo ‘chapéu preto’ empregadas por SEO.

Autor convidado de um post no Medianama [en], Ajay Verma, co-fundador de um portal de comparação de preços e produtos, relata:

Google’s new proposed metrics aren’t changing the platform at large but only the perception. It also helps filter some junk publishers. Even though ‘Clicks on Ad’ is perceived to be a transparent metric, reports [en] suggest a ~20% fraud rate here. One can well imagine the faith of impression based spends. Hence the clean up was required.

A nova proposta de métrica do Google não está mudando a plataforma como um todo, mas somente a percepção. Também ajuda a filtrar algumas fontes de publicação “junk”. Mesmo que os ‘Clicks on Ad’ [Cliques em Propaganda, em inglês] sejam entendidos como uma métrica transparente, relatórios [en] sugerem que há uma taxa de aproximadamente 20% de fraude. Pode-se muito bem imaginar o volume de gastos para se alavancar confiança baseada em percepção. Sendo assim, uma limpeza geral tornou-se necessária.

Ajay conclui:

This is a welcome move from Google. A small step with the change in metrics will prove to be a giant leap in online advertising.

Esta é uma ação bem vinda de parte do Google. Um pequeno passo com a mudança nas métricas irá provar ser um salto gigante para a propaganda on-line.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.