Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Síria: Razan Ghazzawi Detida… de Novo

Este post faz parte de nossa cobertura especial Protestos na Síria 2011/12. [en]

ATUALIZAÇÃO: Razan Ghazzawi foi liberada no sábado junto a suas colegas mulheres. No momento da escrita desta atualização, os colegas homens de Razan ainda estavam sob custódia.

Forças de segurança sírias detiveram [en] a blogueira e defensora de liberdade de expressão Razan Ghazzawi na terça-feira, 16 de fevereiro de 2012, durante uma operação policial no escritório do Syrian Center for Freedom of Expression [Centro Sírio para a Liberdade de Expressão] em Damasco, onde ela trabalha. Ghazzawi foi detida junto a 13 de seus colegas, incluindo o Diretor do Centro, Mazen Darwish.

Esta é a segunda vez que Razan Ghazzawi é levada por autoridades sírias. Ela foi detida a primeira vez [en] em dezembro de 2011 na fronteira sírio-jordaniana, a caminho de uma conferência sobre liberdade de expressão na internet. Sua prisão despertou clamor e uma campanha internacional pedindo sua liberação imediata. Razan foi depois liberada [en], após 15 dias na cadeia.

Um dos cartazes da campanha 'Libertem Razan', compartilhado por apoiadores depois da detenção em dezembro

Um dos cartazes da campanha ‘Libertem Razan’, compartilhado por apoiadores depois da detenção em dezembro

Ghazzawi é uma blogueira síria nascida nos EUA que contribuiu com o Global Voices Online e o Global Voices Advocacy. Ela é uma dos poucos corajosos blogueiros na Síria que escrevem com o seu nome verdadeiro, mesmo após sua primeira captura.

O blog sírio Nidalat [ar] foi um dos primeiros veículos a darem a notícia. Publicou a seguinte declaração:

إننا في المركز السوري للدراسات والأبحاث القانونية ندين هذا الاعتقال ونطالب السلطات السورية بإطلاق سراحهم فورا ونعتبر هذه الخطوة تجاه المدافعين عن حرية التعبير تؤكد موقف وسعي السلطات السورية لخنق أي صوت وحتى خنق الأصوات المدافعة عن حرية التعبير وزيف الادعاءات بالانفتاح والحوار وتعديل الدستور والسماح بالحقوق الأساسية للإنسان.

Nóa, do Centro Sírio para Estudos e Pesquisas no Direito, condenamos essa captura e pedimos às autoridades sírias que libertem [os ativistas] imediatamente. Consideramos que essa ação contra os defensores de liberdade de expressão confirma a posição das autoridades sírias de desejarem calar qualquer voz que clame por liberdade de expressão. Ela expõe as falsas alegações [do governo sírio] sobre abertura, diálogo e reforma constitucional.

A notícia provocou descrença entre internautas, que foram rápidos em sua reação. Nadine Ghazzawi, irmã de Razan, tuitou:

@NadineGhazzawi: They arrested my sister Razan Ghazzawi again! She got arrested at work in the center of Damascus today evening

@NadineGhazzawi: Minha irmã Razan Ghazzawi foi detida de novo! Ela foi detida no trabalho, no centro de Damasco, nesta noite

O jornalista Ahmed Shihab-Eldin lamenta:

@ASE: Yet another sad day for #Syria and #FreeSpeech

@ASE: Outro triste dia para a #Síria e a #LiberdadeDeExpressão

BSyria relembra sua última conversa com Razan:

@BSyria: I chatted with Razan yesterday. I asked her: Are u being harassed? She said, “No, I told u I'm not that important.” #FreeRazan #syria

@BSyria: Conversei com Razan ontem. Perguntei: Você tá sendo importunada? Ela disse: “Não, eu disse que não sou tão importante”. #LibertemRazan #Síria

Para mais reações sobre a detenção de Ghazzawi, por favor acompanhe a hashtag #FreeRazan no Twitter. Existe também uma página no Facebook pedindo sua liberação.

Este post também está publicado no Global Voices Advocacy. [en]

Este post faz parte de nossa cobertura especial Protestos na Síria 2011/12. [en]

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.