Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Cingapura: Campanha para salvar cães de rua

Depois que um corredor foi arranhado e mordido por uma matilha de cães vadios no dia 14 de dezembro de 2011, em um novo parque em Punggol, na Cingapura, a Autoridade de Veterinária e Agricultura (AVA) do país intensificou os esforços para capturar os cães vadios dos arredores. Quase 30 animais foram capturados, dos quais quatro foram considerados agressivos e abatidos.

Desde então, protetores dos animais de Cingapura se uniram em campanha, criando uma página no Facebook e apelando à AVA e à Sra Penny Low, parlamentar representante do círculo eleitoral de Pasir Ris-Punggol (GRC), para pôr fim ao abate.

There are so many ways we could meaningfully reduce the homeless animal population. Actively discouraging people from abandoning animals. Letting people give animals a home in their flats. Supporting and encouraging sterilization of animals. All of these solutions would be better than killing tens of thousands of homeless animals under the guise of ‘public safety’.

Há muitas maneiras de reduzir significativamente a população de animais de rua. Desencorajar ativamente as pessoas a abandonarem os animais. Permitir que as pessoas abriguem animais em seus apartamentos. Apoiar e incentivar a esterilização de animais. Todas essas soluções seriam melhores do que matar dezenas de milhares de animais de rua, sob o pretexto de ‘segurança pública’.

Os voluntários também começaram a resgatar os cães do abate, publicando fotos no grupo e procurando lares adotivos ou temporários.

Um dos cães resgatados que agora está a procura de um lar. (Foto de Hawk Cut Weis no Facebook).

Um dos cães resgatados que agora está a procura de um lar. (Foto de Hawk Cut Weis no Facebook).

Haslinda [en] espera que o incidente não tire o ânimo das pessoas de visitarem a área:

Those who are familiar with this place may have seen the stray dogs several times. I hope this news have not turned off anyone from visiting this place. Just wish to point out some locations where I had seen the dogs. So don’t be surprised if you see them loitering around. They won’t attack anyone without reason.

Os que estão familiarizados com o local devem ter visto os cães vadios várias vezes. Espero que esta notícia não tenha tirado a vontade de ninguém de visitar este lugar. Só queria apontar alguns locais onde eu os vi. Portanto, não se surpreenda se você os vir passeando por lá. Eles não vão atacar ninguém sem motivo.

@jolantru [en] bloga sobre sua oposição ao abatimento dos animais:

…seeing them being culled hurts. It feels like SARS all over. I adopted Meow, a kitten picked up from the streets during that fateful year, and he is with me now, a healthy and extremely affectionate tom. Cat lovers were shocked and outraged by the indiscriminate culling. Perhaps, AVA was just doing its job – but killing wasn’t the answer.

… vê-los sendo abatidos dói. Parece com SARS. Eu adotei Meow, um gatinho achado nas ruas durante esse ano fatídico, e ele está comigo agora, um felino saudável e extremamente afetuoso. Amantes dos gatos ficaram chocados e indignados com o abate indiscriminado. Talvez, a AVA esteja apenas fazendo seu trabalho – mas matar não foi a resposta.

AVA citou a necessidade de garantir a segurança dos cidadãos de Cingapura, assim como controlar e prevenir a propagação da raiva.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.