Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Gabão: Bongo Agrada a Si Mesmo Com Jogo de Futebol Contra o Brasil

Este post faz parte de nossa cobertura especial Tensões no Gabão 2011. [en]

R$1.000.000,00 ($570,000 USD): esse foi o preço pago pelo presidente do Gabão, Ali Bongo, para se presentear com uma partida de futebol contra a Seleção Brasileira, de acordo com o jornal brasileiro Folha de S. Paulo.

Gastos excessivos não são algo recente para a família Bongo. O jornal satírico francês ‘Le Canard Enchaîné’ revelou [fr] em 8 de novembro de 2011 que Omar Bongo, ex-presidente do Gabão, efetuou uma compra desregrada de paletós no valor de 344 mil euros em Paris, em 2007. Seu filho, Ali Bongo, o atual presidente, também gastou 88 mil euros em 2010 pelo mesmo tipo de compra. Esses gastos estão em impressionante contraste com a difícil realidade do dia-a-dia da população gabonesa.

Ali Bongo, presidente do Gabão. Foto pelo World Economic Forum no Flickr (CC BY 2.0)

Ali Bongo, presidente do Gabão. Foto pelo World Economic Forum no Flickr (CC BY 2.0)

Grande parcela da população permanece pobre

De acordo com o CIA Factbook [en], o “Gabão apresenta renda per capita quatro vezes maior que boa parte das nações africanas subsaarianas, mas, devido à grande desigualdade de renda, grande parcela da população permanece pobre.”

E é essa grande parcela de população de cidadãos empobrecidos que o time brasileiro de futebol testemunhou durante sua estadia, que teve início em 7 de novembro, logo após sua chegada à capital Libreville.

Na plataforma online Le Post, ao ativista e blogueiro gabonês Jean-Pierre Rougou descreve a visita desta forma [fr]:

Alors que l'équipe brésilienne foulait le sol gabonais pour le match amical à se tenir le 10 novembre sur le terrain inachevé et en mauvais état du stade de l'amitié que la Chine a fait don au Gabon, les joueurs ont pu observer à travers les vitres de leur autobus, le spectacle dévastateur des destructions de quartiers du gouvernement de Ali Bongo

Assim que a equipe brasileira chegou ao Gabão para a partida amistosa de 10 de novembro no terreno inacabado e em mal estado do Estádio da Amizade (presente chinês para o Gabão), os jogadores puderam ver pelas janelas do ônibus o espetáculo devastador de destruição em que se encontram os bairros [da cidade] neste governo de Ali Bongo.

O estádio foi construído por uma empresa chinesa em troca de um lucrativo contrato de exploração de minérios.

Para ilustrar seu comentário, Rougou compartilhou um vídeo do YouTube publicado pelo usuário VeioRJ, em 8 de novembro. Foi gravado de dentro do ônibus da seleção brasileira enquanto se deslocavam pelas ruas de Libreville:

O vídeo provocou fortes reações entre muitos cidadãos gaboneses pela internet. No grupo do Facebook chamado ‘Infos Kinguélé‘, muitos compartilharam seus pontos de vista sobre o vídeo e sobre a visita do time brasileiro:

O usuário Citoyen libre Gabon escreveu [fr]:

Les Brésiliens n'ont fait que réagir comme tout être humain normal ferait en se rendant dans un pays supposé être riche de pétrole, manganèse, bois, etc., avec seulement 1,5 million d'habts!

Os brasileiros reagiram como qualquer ser humano normal faria ao chegar a um país que se supõe rico em petróleo, manganês, madeira, etc., com apenas 1,5 milhão de habitantes!

Ningmultimedia Ningworld complementou [fr]:

ces brésiliens viennent prendre leur agent au Gabon et par la suite ils continuent de se moquer de notre sale vie

Esses brasileiros vêm pegar dinheiro no Gabão e, no final, ainda zombam de nossas vidas miseráveis.

Brasil vs Gabão: Um completo fiasco?

O site do programa esportivo da TV brasileira ‘Globo Esporte’ relatou que o estádio construído por empresários chineses onde o jogo estava previsto estava em más condições:

De longe, lembra o Engenhão, no Rio de Janeiro. Porém, de perto, a história muda de figura. (…) Além disso, a pista de atletismo, no entorno do gramado, ainda está sendo finalizada.

O zagueiro da equipe brasileira, Luisão, falou com a AFP sobre o contraste que ele testemunhou durante sua visita:

“On sait qu'ici le gens ont leurs problèmes et arriver ici et voir les gens sourire au passage de la Seleçao, la joie dans le stade, c'est une fierté.” Le défenseur du Benfica commente aussi la pauvreté aperçue et les dizaines de maisons détruites par les autorités lors d'une opération de lutte contre les constructions anarchiques le long de la voie menant au stade.

“Sabemos que aqui as pessoas têm seus problemas, então chegar aqui e ver as pessoas sorrindo com a chegada da Seleção, a felicidade no estádio, isso é um orgulho”. O zagueiro do time do Benfica percebeu também a pobreza no entorno e as dezenas de casas destruídas pelas autoridades após uma operação de luta contra os terrenos ocupados ao longo da rodovia que leva ao estádio.

De acordo com uma matéria do site Folha.com, o jornalista explica que a quantia de 1 milhão de reais desembolsada por Ali Bongo estava inicialmente prevista para bancar também um treino da seleção nacional do Brasil especialmente para milhares de oficiais gaboneses VIP pré-selecionados:

O número certo de “amigos do presidente” –como um alto executivo do governo chama o grupo– no evento é uma incógnita. Militares afirmam que Ali Bongo convidara entre mil e 15 mil aliados.

Entretanto, quando os membros da equipe técnica da seleção viram as más condições do estádio, recusaram-se a deixar que os jogadores treinassem no ‘Estádio da Amizade’. O jornalista complementou que a comissão técnica da seleção desconhecia que uma festa para o treino estava sendo organizada pelo próprio Ali Bongo.

A partida contra seleção nacional gabonesa aconteceu, de todo modo, em 10 de novembro de 2011. No início, a partida foi adiada por conta de um apagão de eletricidade. ‘Brasil x Gabão’ alcançou os trending topics mundiais no Twitter:

Internautas brasileiros compartilharam suas posições sobre o eventos. Lucas ironicamente escreveu:

@Sou1nerd: Brasil x gabão = zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

E Jairo Costa complementou [pt]:

@Jairo_Costa: R$1.000.000,00 de suborno n eh suborno,eh Brasil x Gabão…um absurdo!!

O blogueiro gabonês concluiu seu post [fr] dizendo:

Le match amical du Gabon contre l'équipe B du Brésil est une occasion pour Ali Bongo de tenter d'endormir le peuple en essayant de lui faire oublier ses problèmes de vie quotidiens. Mais que le gouvernement de l'incompétence et de l'improvisation se révise, le peuple n'est pas dupe!

A partida amistosa do Gabão contra a equipe B do Brasil é uma ocasião em que Ali Bongo tenta fazer adormecer seu povo, na tentativa de que esqueçam seus problemas da vida cotidiana. Mas esse governo de incompetência e improviso devia pensar melhor, o povo não é bobo!

Este post faz parte de nossa cobertura especial Tensões no Gabão em 2011 2011. [en]

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.