Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Egito: A Revolução Está de Volta!

Este post faz parte de nossa cobertura especial Protestos no Egito em 2011.

Estima-se que mais de 100 mil pessoas estavam presentes na Praça Tahrir no dia 21/11, enquanto policiais e o exército persistiam no confronto com os manifestantes que exigiam o fim do regime militar no Egito. Manifestantes têm travado batalhas com milícias armadas em serviço do governo egípcio desde sexta-feira, e agora estão firmes que permanecerão na praça até que suas demandas sejam atendidas. Até o momento, dados [en] apontam que 35 pessoas morreram durante os embates.

Entre as principais demandas está a convocação de um governo civil para substituir o Conselho Supremo das Forças Armadas (SCAF), o órgão militar que se instalou como poder de facto no Egito após a derrubada do ex-presidente Hosni Mubarak em fevereiro.

O repórter da NBC Richard Engel tuitou:

@richardengelnbc: #egypt. Perhaps 100 k now in #Tahrir. Big tents going back up

@richardengelnbc: #egypt. Talvez 100 mil agora em #Tahrir. Grandes barracas reerguidas

Um comentador emiradense baixou imagens do canal de TV Al Jazeera Mubasher que mostrava as multidões:

@SultanAlQassemi: Tahrir square now – time in Cairo 10:40pm on Monday

@SultanAlQassemi: Praça Tahrir agora – hora no Cairo 22h40, segunda-feira

A cena em Tahrir. Foto por Sultan Al Qassemi, da Al Jazeera Mubasher

E Jack Shenker complementa:

@hackneylad:
Tantawi effigy hangs from a #Tahrir lampost, same one that held up a Mubarak effigy in January: pic.twitter.com/h7zjZu9s

@hackneylad:
A efígie de Tantawi pendurada a um poste de luz em #Tahrir, no mesmo que segurou a efígie de Mubarak em janeiro: pic.twitter.com/h7zjZu9s

Efígie de Tantawi presa a um poste de luz em Tahrir. Foto por Jack Shenker.

O marechal de campo Mohamed Hussein Tantawi é comandante em exercício do SCAF, e manifestantes têm clamado por sua renúncia há meses.

Marian entoa:

@Maroo84: Home! :) Egyptians are amazing! High spirit in the square! WE WON'T SURRENDER! WE WON'T RETREAT :) #tahrir Down with SCAF

@Maroo84: Meu lar! :) Egípcios são incríveis! Grande ânimo na praça! NÃO NOS RENDEREMOS! NÃO RECUAREMOS! :) #tahrir Abaixo o SCAF

No entanto, problemas espreitam pelas beiradas, seja pelo uso excessivo de gás lacrimogênio, armas de pressão e até mesmo munição.

Yasmine G compartilha uma fotografia de balas, uma feita nos EUA e outra na Itália, usadas contra os manifestantes.

@_YasmineG_: Made in Italy and Made in USA these are a kind of bullet that releases a lot of smaller ones #Tahrir #nov19 yfrog.com/nu6gngnj

@_YasmineG_: Made in Italy e Made in USA, elas são de um tipo de munição que libera várias munições menores #Tahrir #nov19 yfrog.com/nu6gngnj

Balas feitas nos EUA e na Itália usadas para matar manifestantes egípcios. Foto por Yasmine G

Bel Trew admite:

@Beltrew: We're checking for snipers using night vision cameras #tahrir

@Beltrew: Estamos procurando por franco-atiradores usando câmeras de visualização noturna #tahrir

Jonathan Rashad conta:

@JonathanRashad: Intensive live ammo being used against us now in Mohamed Mahmoud street. The battle has been going on for 57 hours. Casualties are so high.

@JonathanRashad: Munição intensiva tem sido usada contra nós neste momento na rua Mohamed Mahmoud. A batalha tem se estendido por 57 horas. Casualidades são altas.

E Josh Shahryar compartilha essa imagem conosco:

@JShahryar: How bad has gunfire been at Tahrir? This image explains it quite well: https://fbcdn-sphotos-a.akamaihd.net/hphotos-ak-snc7/s720x720/374922_310620258948089_279164165427032_1277693_48204579_n.jpg #Egypt via @Elazul

@JShahryar: O quão ruim tem sido o tiroteio em Tahrir? Esta imagem responde bem a isso: https://fbcdn-sphotos-a.akamaihd.net/hphotos-ak-snc7/s720x720/374922_310620258948089_279164165427032_1277693_48204579_n.jpg #Egypt via @Elazul

Imagem compartilhada no Twitter por @Elazul, mostrando a extensão dos tiroteios em Tahrir

Enquanto isso, a ativista Mona Seif visitou o necrotério, onde muitos mártires mortos nos ataques policiais têm sido mantidos. Ela relata:

@Monasosh: All martyrs here at the morgue were murdered by live ammunition,except 2 suffocation from tear gas, & one shattered skull #Tahrir #Mashra7a

@Monasosh: Todos os mártires aqui no necrotério foram mortos por tiros, exceto por 2 sufocações de gás lacrimogênio e um crânio que foi desfacelado #Tahrir #Mashra7a

E complementou que eram 23 corpos no local [ar]:

23 جثة، 2 منهم جاري التعرف عليهم، و 3 مجهولين. قولوا للأهالي ييجوا يتعرفوا عليهم
@Monasosh: There are 23 bodies here. Dois estão sendo identificados agora, e três não foram identificados. Digam às famílias que venham para reconhecê-los.

Este post faz parte de nossa cobertura especial Protestos no Egito em 2011.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.