Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Chile: Internautas denunciam violência policial contra comunidade Mapuche

Este post é parte de nossa cobertura especial sobre Indigenous Rights [Direitos Indígenas].

Com o título “A militarização Território Mapuche – Guerra de Baixa Intensidade” [es], Felipe Durán – fotógrafo da Agência UPI e membro da União da Associação dos Repórteres Independent (ARI) – publicou uma série de imagens denunciando a violência policial contra a comunidade Mapuche WenteWinKulMapu Lof Chequenco, em Ercilla.

Felipe fez um chamado Facebook [es]:

Esto es Todos los días… Estos últimos 3 días fueron los más fuertes… las imágenes son solo de 1 día en la Comunidad donde llego Carabineros con vehículos Blindados rompiendo cerco de las casas, trancas y lo que se les interponga, disparando a las casas niños mujeres… sin justificación alguna… sólo con el afán de amedrentar a las personas… en las imágenes se puede apreciar como entran a los terrenos de las casas disparando a mansalva… Solicitamos ayudar a difundir y estar atentos ante más información que seguiremos liberando. Las imágenes son libres como nosotros, compartalas, informe a su entorno, solidarice difundiendo y estando informando.

Isso acontece todos os dias … Estes últimos 3 dias foram os piores… as imagens são de apenas um dia na Comunidade onde a polícia chegou com veículos blindados quebrando as cercas das casas, e tudo o que havia em seu caminho, atirando em casas [com] crianças e mulheres… sem qualquer justificativa… só com a intenção de amedrontar as pessoas… Nas imagens se pode ver como eles entram nos terrenos das casas, disparando à queima-roupa… Pedimos ajuda na divulgação desta informação e de ficar atento para mais informações que seguiremos distribuindo. As imagens são livres como nós, as compartilhe, informe àqueles que estão ao seu redor, ajude-nos a espalhar e ficando informado.

O blog werkenkvrvf [es] re-publicou alguams das imagens, e escreveu [es]:

Los helicópteros policiales vuelan día y noche por sobre las tierras de estas comunidades. Los mapuches sufren controles de identidad abusivos, vejatorios. Sus luchas son criminalizadas y judicializadas por el gobierno y el poder Judicial, y son deformadas y condenadas por la prensa (salvo contadas y honrosas excepciones) y por los partidos políticos con representación parlamentaria.

Os helicópteros policiais voam dia e noite sobre as terras destas comunidades. Os Mapuches sofrem controles de identidade abusivos, vexatórios. Suas lutas são criminalizadas e judicializadas pelo governo e pelo poder judicial, e são deformadas e condenadas pela imprensa (salvo contadas e honrosas exceções) e pelos partidos políticos com representação parlamentar.

A Mapuche Student Federation [Federação dos Estudantes Mapuches, es] (FedFEMAE) tuitou [es]:

Esta es la REPRESION DEL ESTADO CHILENO PARA LOS MAPUCHE…

Esta é a REPRESSÃO DO ESTADO CHILENO SOBRE OS MAPUCHES…

Estes atos de violência vem ocorrendo após o reestabelecimento daluta pela  recuperação de territórios ancestrais da comunidade Wente Mapu Winkul [es]. Estes territórios na área de Pidima, em Ercilla, na região da Araucania, estão sendo chamados de ‘fundo Centenario‘. Esta propriedade pertence a Juan de Dios Fuentes e a empresas florestas. Da mesma forma, em 2010, 5 Mapuches foram condenados por usurpação não-violenta [es] do território.

Esses eventos geralmente são enquadrados dentro do chamado “Conflito Mapuche” [en, um fenômeno social que ganhou força no Chile com o retorno da democracia, e que consiste no reconhecimento dos direitos coletivos dos Mapuches, que inclui, entre outras exigências, a recuperação dos territórios que os indígenas perderam desde o século XIX.

Os portaisMmapuches azkintuwe [es] e mapuexpress [es] também compartilharam as fotos. Abaixo, algumas das imagens, postadas com a permissão de Felipe Durán.

Police deployment in the Wente WinKul Mapu Lof Chequenco community in Ercilla.

Forças policiais na comunidade de Wente WinKul Mapu Lof Chequenco em Ercilla.

Police used tear gas in Mapuche community

A polícia usou bombas de gás contra a comunidade

Police vehicle

Veículo policial

Police in the WenteWinKulMapu Lof Chequenco community, Ercilla.

Polícia na comunidade WenteWinKulMapu Lof Chequenco, Ercilla.

Este post é parte de nossa cobertura especial sobre Indigenous Rights [Direitos Indígenas].

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.