Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Egito: Projeto Estudantil se Tornou uma das Maiores Entidades Filantrópicas

Voluntários da Resala ensinam estudantes cegos a ler

Voluntários da Resala ensinam estudantes cegos a ler – foto: Resala

Era o ano de 1999 e Sherif Abdel-Azim [en] retornava ao Egito após concluir o doutorado em Engenharia Elétrica e de Computação no Canadá. Era professor de Ética de Engenharia na Universidade do Cairo e também discutia com os estudantes as diferenças entre as entidades filantrópicas do Egito e do Canadá.

Sherif Abdel-Azim

Sherif Abdel-Azim

Junto com os estudantes, Abdel-Azim decidiu organizar um grupo filantrópico informal chamado Resala (Missão). O grupo começou disponibilizando serviços a estudantes da universidade, como também ao público em geral – como, por exemplo, ministrando cursos gratuitos e prestando ajuda em orfanatos e hospitais.

Um ano depois, uma das estudantes sugeriu que eles construíssem um orfanato. O terreno a ser usado foi doado por um dos familiares dela. Naquele momento eles decidiram registrar-se como entidade filantrópica, vindo a chamar-se também Resala [ar].

Decorridos onze anos, é uma das maiores entidades filantrópicas do Egito, com mais de cinquenta escritórios em todo o país, milhares de voluntários e diversas atividades, que vão desde doação de sangue e ajuda a orfanatos, ao combate ao analfabetismo. A entidade auxilia as pessoas cegas a ter acesso à educação [en] por meio de aulas que são gravadas em fitas cassettes, e também oferece a reforma de roupas usadas para doação aos necessitados.

Além de muitas outras atividades.

No mês de maio, aTEDxCairo convidou Sherif Abdel-Azim, o fundador da Resala, para falar sobre a organização, as experiências vividas nestae sobre voluntariado de forma geral [ar].

 

Em 2008, Ashraf Al Shafaki, um blogueiro que foi voluntário na Resala, escreveu um post no blog acerca da iniciativa anual da organização para conseguir roupas usadas [en] para doação ou para arrecadação de fundos:

During the month of Ramadan last year (2007), Resala aimed at collecting 100 thousand pieces of used clothes from people in Egypt through its 7 branches in Cairo and 2 branches in Alexandria. At the end of Ramadan last year, Resala exceeded its goal and actually collected 200 thousand pieces of used clothes!

No mês de Ramadã, no ano passado (2007), a Resala tinha como objetivo arrecadar 100 mil peças de roupas usadas dos cidadãos egípcios nos sete escritórios no Cairo e nos dois em Alexandria. Ao chegar o fim do Ramadã, a Resala ultrapassou a meta, em que conseguiu arrecadar 200 mil peças de roupas usadas!

Ele escreveu como a Resala elevou o padrão em 2008 ao anunciar que arrecadariam 300 mil itens de vestuário. Novamente, a Resala ultrapassou a meta e conseguiu arrecar mais de 1 milhão de itens de roupas usadas em menos de 30 dias.

Resala volunteers classified, washed and ironed around half a million (500,000) pieces of donated used clothes. The rest of the one million pieces of donated clothes will be sold with very low prices to needy people in poor districts all over Egypt through small 3-day exhibitions held near their homes. Prices for each piece vary around 50 cents and $1 with a maximum of under $3 for the most expensive used clothes pieces. This practice gives the opportunity for poor families to take their time during the exhibition and select and choose what they want in any quantity they need. It gives them the feeling they are buying the clothes with their own money.

Os voluntários da Resala separaram, lavaram e passaram a ferro cerca de meio milhão (500.000) de peças de roupas usadas que foram doadas. As peças restantes serão vendidas, a preços extremamente baixos, para aqueles necessitados nas regiões pobres em todo o Egito, por meio da promoção de pequenas feiras, com duração de três dias, localizadas perto de onde moram. O preço de cada peça varia de 50 centavos a 1 dólar, e a peça mais cara não ultrapassa 3 dólares. Dessa forma, as famílias pobres têm a oportunidade de pesquisar e escolher aquilo de que precisam durante a feira na quantidade que desejarem. Isto proporciona a eles a sensação de que estão comprando as roupas com seu próprio dinheiro.

O dinheiro das vendas é então direcionado para as diversas atividades da Resala, junto com as doações arrecadas em um ciclo contínuo.

Laboratório de Informática da Resala.

Laboratório de Informática da Resala. Foto: Telecenterpictures, no Flickr (CC-BY-NC-SA)

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.