Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

China: Apelos Para Livrar Ativista Cego São Recebidos Com Violência

Após cumprir uma pena de 51 meses por perturbar a ordem pública, o ativista chinês cego Chen Guangcheng [en] foi liberado em setembro de 2010, mas mantido sob prisão domiciliar por mais de um ano pela polícia local de Linyi, na província de Shandong.

Durante a repressão à chamada Revolução do Jasmim em fevereiro deste ano, a casa de Chen foi invadida [en] por um grupo de homens que levaram seu computador, televisão, câmera, livros, documentos e cortaram luz e linha telefônica. Eles ainda feriram o ativista cego e sua mulher. Como a prisão domiciliar também se estendia à filha de 6 anos, ela não pôde nem mesmo frequentar a escola.

Chen Guangcheng

Chen Guangcheng

Ativistas roubadas, espancadas e descartadas

O que pode ser feito para libertar Chen Guangcheng e sua família? Ativistas da China Continental têm discutido este e outros casos de violência contra ativistas em campanha para libertar Chen recentemente.

Ontem, duas ativistas, @miaojue12 e @lss007, tentaram entrar no povoado de Linyi, mas foram roubadas e largadas num município próximo, a poucas horas dali.

@miaojue, ativista na luta contra a AIDS e monja budista, clamou por ajuda esta manhã [zh], de cyber-café:

求救:我和沙沙昨晚在东师古村口,束手就擒,被约莫二十多个山东大汉拖拽到一间黑屋,除了身上的衣服,手机,背包钱物等被洗劫一空。被黑头套,丢到莱芜市苗山旷野。我在马路遇见一个好心司机送我到苗山镇,还给了我十元钱,请推友慈悲联系同来的三推友前来救我,我饥寒交迫身无分文他们电话珍珠有。

Por favor, nos ajudem: Ontem à noite @lss007 e eu fomos pegas na cidade de Dongshi, no vilarejo de Guchuan.  A nossa volta tinham 20 caras de Shandong que nos cercaram e arrastaram para uma casa escura. Tiraram nossas roupas, roubaram nossos celulares e dinheiro. Cobriram nossas cabeças com sacos e nos jogaram (separadamente) no meio do nada na cidade de Laiwu, em Miaoshan. Encontrei por acaso um motorista caridoso que me conduziu à Miaoshan e me deu 10 yuan. Por favor, me ajudem a entrar em contato com três dos meus amigos do Twitter (que estavam em Linyi) para vir aqui e nos ajudar. Estou sem dinheiro e morrendo de fome. Pearlher tem o telefone deles.

@lss007 escreveu sucintamente [zh] o que passou esta manhã:

被抓出车,被抢劫,被猥亵,被黑头套,被用大衣闷,被拉到荒郊,被推进水中,被打流血,被丢弃。

Fui puxada para fora do carro, roubada, assediada, tive um saco amarrado à cabeça, fui sufocada com uma jaqueta, arremessada num campo, numa poça d'água. Eu estava sangrando pelo espancamento e abandonada no meio do nada.

Filha de 6 anos ilegalmente detida

Esta não é a primeira vez que ativistas têm sido agredidas por gangues patrocinadas pelo governo. Em janeiro, @pearlher teve experiência parecida quando tentou entrar no vilarejo.

Desde o início de setembro de 2011, ela tem explorado maneiras diferentes de ajudar a família de Chen, como apelar ao @UNICEFinformar à Secretaria de Educação de Shandong [zh]:

@pearlher@UNICEF Chinese blind lawyer Chen guangcheng's 6-year-old daughter, Chen Kesi, was not allowed to attend school for her father's activities

@pearlher@UNICEF A filha de 6 anos do advogado chinês cego Chen Guangcheng, Chen Kesi, está proibida de frequentar a escola por causa das atividades de seu pai.

因為從事計生維權活動,陳光誠的六歲的女兒受父親牽連,被囚禁在家不能上學,呼籲網友持續電話山东教育厅,請他們教育法,切實保障陳光誠六歲的女兒的教育權。山东省教育厅电话:(0531)-81916615或81916623 或81916632 或81916500

Como resultado do envolvimento de seu pai no Direito de Reprodução, a filha de 6 anos de Chen Guangcheng tem sido mantida em casa e proibida de ir à escola. Por favor, liguem para a Secretaria de Educação em Shandong, peça para eles aplicarem a lei educacional de nosso país e assegurar que a filha de 6 anos de Chen receba educação. Secretaria de Educação de Shandong – Telefones: (0531)-81916615 ou 81916623 ou 81916632 ou 81916500.

Ela ainda encorajou os intelectuais a dizer algo sobre Chen Guangcheng e enviar para guoyushan@gmail.com. Uma dezena de vídeos foi colocada em vários sites de compartilhamento, incluindo o youku, mas têm sido deletados desde então.

Abaixo está uma cópia no YouTube do primeiro vídeo de apelo, feito por um professor de Tsinghua, Qin Hui:

Qin diz no vídeo:

Ouvi que uma autoridade governamental em Shandong tem ilegalmente oprimido o cidadão Chen Guangcheng. Não acredito que tal ideia venha dos líderes de nosso país. Esses populares estúpidos estão agindo fora da lei. Sugiro processá-los. Caso contrário, o cego Chen Guangcheng, que tem lutado por justiça – o motivo de ele ter passado por tudo isso -, é uma humilhação para nosso país e nosso tempo.

É necessário pressão diplomática

Entretanto, todo este esforço individual tem sido em vão uma vez que o governo de Shandong só se preocupa com a manutenção da estabilidade monetária. @wenyunchao acredita [zh] que apenas pressão diplomática pode ajudar:

只有外交能救陈光诚,中国政府也只有在对外还顾点颜面。艾未未能放出来,是温家宝要出访欧洲怕脸上无光,才让手下去找了高瑛写信给了胡锦涛签字起的作用。

Só pressão diplomática pode ajudar Chen Guangcheng. O governo chinês ainda se preocupa em manter as aparências em termos de diplomacia. A liberação de Ai Weiwei [artista plástico chinês] estava relacionada à visita de Wen Jiabao [o primeiro-ministro do país] à Europa. Um de seus funcionários sugeriu inclusive que Gao Ying [a mãe de Ai Weimei] escrevesse a Hu Jintao [presidente da China e secretário-geral do Partido Comunista] para garantir a liberação.

A última ideia [zh] de @pearlher segue a mesma linha de raciocínio:

@pearlher@USA_China_Talk 白宫将开通请愿网站 we the people,一旦请愿书附议人数达到限额(暂定5千人),白宫就会处理并给予正式答复。偶们找5000個人簽名要求駱家輝大使去山东看陳光誠,可以么?

@pearlher: @USA China Talk: A Casa Branca tem um site de petições, o “We the People” [Nós, o Povo] – quando o número de assinantes atinge um certo montante (inicialmente 5 mil), a Casa Branca dá uma resposta oficial. Podemos convidar 5 mil pessoas a fazer uma petição para pedir uma visita do embaixador americano Gary Locke a Chen Guangcheng?

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.