Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Filipinas: “Planking” Contra Cortes na Educação

Milhares de estudantes nas Filipinas saíram às ruas [pi] no dia 19 de julho de 2011, a fim de exigir do presidente Noynoy Aquino um maior orçamento para a educação, dias antes de seu discurso de Estado para a Nação. Os estudantes que protestavam empregaram a moda do “planking” para registrar suas queixas.

O “planking” é uma das mais recentes tendências a chegar nas Filipinas. Descrita como [en] “a prática de se deitar de bruços com os braços para o lado, imitando uma prancha de madeira”, também envolve postar fotos dos participantes na Internet. Eles normalmente são fotografados imitando pranchas em locais inusitados.

Alguns críticos têm ligado o movimento do “planking” à arrumação de escravos africanos sobre pranchas de navios escravos durante a era do comércio escravista. A manifestação dos estudantes dentro de uma moda popular coloca uma nova dimensão à atividade. De uma forma de opressão de escravos nos séculos 17, 18 e 19, a moda do “planking” agora evoluiu para uma forma criativa de protesto, que envolve a ocupação do espaço público e a contestação à representação original deste espaço pela ordem social dominante.

Os manifestantes protestaram contra os cortes do governo Aquino no orçamento das universidades estaduais e das faculdades, além da falta de medidas decisivas para reduzir a taxa de matrícula e o aumento de outras cotas, organizando assim o evento ” ‘Planking’ em Massa pelo nosso Direito à Educação” . Abaixo estão as fotos do protesto de “pranchas” na Universidade das Filipinas, que foram publicadas no Facebook:

Tochipat [en] do misguided adventures disse que isto é parte dos esforços dos alunos para reforçar a sua campanha por maiores subsídios estatais para o setor da educação.

Creative forms of protests have been resorted to by students to broaden support to their advocacy.

Formas criativas de protestos são recorridas por estudantes para ampliar o apoio à sua defesa.

Aqui estão algumas reações ao protesto do “planking” no Twitter:

@plsburydoughboy: planking is an exercise. It's a stupid way to protest, though I admit I've heard stranger things have happened.

@plsburydoughboy: planking é um exercício. É uma maneira estúpida para protestar, apesar de que admito que eu já ouvi que coisas mais estranhas têm acontecido.

@mayk_beltran: Planking protest 4 education by students tinyurl.com/3uvj2kg (personally i feel to old for this, but this was engaging).

@mayk_beltran: protesto das “tábuas” pela educação de alunos tinyurl.com/3uvj2kg (pessoalmente eu me sinto velho para isso, mas aquilo foi envolvente).

@glenleonard: UP students new way of protest is PLANKING! hahaha at least sumasabay sa panahon [at least they adapt with the times].

@glenleonard: a nova forma de protesto dos estudantes da UP é PLANKING! hahaha pelo menos, sumasabay sa panahon [eles se adaptam aos tempos].

@lancekatigbak: Mass planking as a form of protest? Wtf.

@lancekatigbak: Planking em massa como forma de protesto?

@venzie: UP students to hold “planking” protest tomorrow. Yun daw yung makabagong “die-in” [it is said to be the new “die-in”].

@venzie: alunos UP vão organizar protesto de planking amanhã. Yun daw yung makabagong “die-in” [diz-se ser o novo “sacrifício”].

Aqui está um vídeo do protesto de “planking” feito por Pinoyweekly mídia:

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.