Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Irã: Blogueira castigada com 50 chibatadas

Essas foram as palavras que a blogueira iraniana Somayeh Tohidloo escreveu [fa] em seu blog depois de levar 50 chibatadas na Prisão de Evin em 14 de setembro de 2011:

Alegre-se, pois se você quis me humilhar, confesso que sinto todo o meu corpo sofrendo com a degradação.

Somayeh Tohidloo

Somayeh Tohidloo

Somayeh trabalhou ativamente na campanha de Mir Hussein Mousavi durante a eleição presidencial de 2009, e foi presa por 70 dias em 2009, depois que um movimento massivo de protesto irrompeu no Irã. Ela foi liberada depois de pagar fiança, mas a sentença de 50 chibatadas foi, eventualmente, levada a cabo.

Green City escreve [fa]:

Estamos no Irã, onde Somayeh Tohidloo, pós-graduada com PhD, é chicoteada, enquanto uma fraude de US$ 3 bilhões [en] (relacionada ao Lago Urmia) acontece, e nada é feito para punir as ações fraudulentas.

O blog Gomnamian escreve [fa]:

Somayeh foi acusada de insultar Ahmadinejad… Fiquei chocado de ver um ser humano chicoteado por escrever um post sobre um criminoso.

Azarmehr escreve [en]:

Today, Somayeh's facebook page was inundated with messages of support. Mohammad Ali Abtahi, former advisor to Khatami, wrote: “Everyone who knows Somayeh Tohidlou, regard her as a symbol of reasonableness, moderation and character. Today when I learned she had received 50 lashes for having insulted the ‘very respectable president’, I felt it was the Iranian pride which had been flagellated and not Somayeh's body. Somayeh, you are the only one who has not been humiliated as a result of this sentence”

Hoje, a página de Somayeh no Facebook foi inundada com mensagens de apoio. Mohammad Ali Abtahi, ex-assessor de Khatami, escreveu: “Todos os que conhecem Somayeh Tohidlou, a considerava como um símbolo de moderação, racionalidade e caráter. Hoje, quando fiquei sabendo que ela já recebeu 50 chicotadas por ter insultado o “presidente muito respeitável”, senti que foi o orgulho iraniano quem foi flagelado e não o corpo do Somayeh. Somayeh, você é a única que não foi humilhada como resultado dessa sentença ”

A República Islâmica encarcerou [en] vários blogueiros nos últimos anos. Omid Reza MirSayafi, blogueiro iraniano, morreu na prisão em 18 de março de 2009, em circunstâncias suspeitas.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.