Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Peru: Vida Indígena na Amazônia Está Ameaçada pelo Petróleo

Este post é parte da nossa cobertura especial Direitos Indígenas [en] e Floresta em Foco: Amazônia.

Um documentário de uma hora de duração mostra a vida tradicional de povos indígenas da Amazônia, e como seu estilo de vida baseado na subsistência está ameaçado pela exploração do petróleo e pela monocultura de fontes de energia renováveis, como o óleo de palma.

Em Amazonia, masato o petroleo (Amazônia, masato ou petróleo) [es] podemos ter uma ideia da vida que Jairo, sua esposa Irma e seus quatro filhos levam. Acordando cedo para beber o masato, uma bebida tradicional feita de mandioca que é sua corda de salvação mesmo quando outros alimentos estão escassos, eles partem para fazer seu trabalho diário: pescar, cuidar de sua pequena fazenda e caçar.

Imagem do filme 'Amazonia, masato o petroleo' (Amazônia, Masato ou Petróleo').

Imagem do filme 'Amazonia, masato o petroleo' (Amazônia, masato ou petróleo ').

A ameaça do desenvolvimento

O rio e a floresta são os seus meios de sobrevivência, e agora aquilo que o governo chama de “desenvolvimento” está ameaçando suas vidas. A floresta está sendo derrubada para a construção de estradas, montanhas são destruídas para obter cascalho para pavimentar essas estradas, que conduzem somente às torres de petróleo e às plantações de “biodiesel”.

As comunidades indígenas são então deixadas à própria sorte enquanto os riachos cheios de peixes secam, e o óleo e o petróleo são sugados pelas bombas e lançados nos rios, fazendo com que a irrigação de suas plantações, o cozimento de seus alimentos, e a ingestão de água e peixes sejam algo fora de questão.

El petróleo, por mucho que debería parecer signo de riqueza, lo es de desestructuración social y cultural, de contaminación, de enfermedad y de muerte.
Y si hablamos de petróleo, también hablamos de biodiesel y de los millares y miles de hectáreas que se pretenden incorporar al cultivo de palma aceitera por producir el mal nombrado combustible renovable.
“Amazonia, masato o petróleo” quiere mostrar el menosprecio de los poderes políticos y económicos hacia la selva y sus pobladores, porque practican una economía de subsistencia y no son productivos. Quiere denunciar la política del gobierno contra los indígenas y campesinos de la selva, considerados ciudadanos de segunda categoría, que son invadidos, engañados y desplazados de sus comunidades por entregar los recursos a las grandes empresas nacionales y transnacionales con la intención principal de dar satisfacción al Tratado de Libre Comercio en los Estados Unidos de América.

O petróleo, por mais que devesse ser um sinal de riqueza, é, pelo contrário, um sinal de desestruturação social, contaminação, doença e morte. E, se falamos de petróleo, falamos também de biodiesel e dos milhares e milhares de hectares que serão incorporados ao cultivo do óleo de palma para produzir o combustível chamado erroneamente de renovável.

“Amazônia, masato ou petróleo” quer mostrar como os poderes político e econômico menosprezam a floresta e seus habitantes, pelo fato de praticarem uma economia de subsistência e não serem produtivos. O filme espera denunciar as políticas dos governos contra os povos indígenas e os agricultores da floresta, considerados cidadãos de segunda classe, que são invadidos, enganados e deslocados de suas comunidades para que os recursos sejam entregues às grandes empresas nacionais e multinacionais com a principal intenção de satisfazer o Tratado de Livre Comércio com os Estados Unidos da América.

O documentário também mostra especialistas, cientistas e líderes comunitários explicando as maneiras de que a comunidade indígena se valeu para fazer com que seus direitos fossem conhecidos e respeitados, e também a história de problemas de saúde nas comunidades indígenas provocados pela exploração de petróleo no passado.

O filme foi produzido pela organização catalã Lliga dels drets dels pobles, e mais informações sobre ele podem ser encontradas em seu site [ca], enquanto informações sobre os direitos indígenas estão disponíveis no site “Indígenas, Quando a Terra Caminha” [ca].

Este post é parte da nossa cobertura especial Direitos Indígenas [en] e Floresta em Foco: Amazônia.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.