Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Vídeo: Jovens Cientistas na Índia, Singapura e África do Sul

As listas de semifinalistas do projeto Feira de Ciências do Google [en – este e todos os links seguintes] já saíram. Embora a participação tenha sido aberta para adolescentes entre 13 e 18 anos de todo o mundo, é interessante notar que Estados Unidos, Singapura e Índia conquistaram a maioria das vagas entre os 60 semifinalistas selecionados, onde também figuram participantes da Nova Zelândia, África do Sul, Reino Unido e Canadá.

O vencedor do maravilhoso Grande Prêmio – que inclui uma visita à National Geographic e uma bolsa de estudos de US$ 50.000 – virá desta safra de 60 talentosos jovens cientistas: os jurados irão selecionar 15 finalistas, que viajarão para os EUA, onde irão apresentar seus projetos antes da escolha do vencedor. O semifinalista que obtiver a maioria dos votos ganhará o People’s Choice Award (Prêmio da Escolha do Público) e uma bolsa de estudos de US$ 10.000.

Imagem do Vídeo do People’s Choice Award da Feira de Ciências do Google

O Projeto Feira de Ciências do Google teve início em janeiro de 2011, com um convite em vídeo. O vídeo é inspirado em um tipo engraçado de máquina de Rube Goldberg, que usa acessórios e ferramentas para mostrar que a ciência é uma língua universal. E parece ter funcionado maravilhosamente: segundo o anúncio do vídeo para votar nos semifinalistas, foram recebidas mais de 7.000 inscrições de 90 países diferentes.

Luke Taylor da África do Sul, está competindo na categoria de 13 a 14 anos. Nesta apresentação em vídeo, ele explica o processo que há por trás de ensinar um robô a seguir instruções verbais em inglês:

Na Índia, Chaithya G. R. e Siri G. R. pensaram no aumento do número de acidentes em cruzamentos de nível não tripulados, que elas suspeitam que se deva à falta de uma sinalização que avise as pessoas que um trem está se aproximando. Elas projetaram um sistema que utiliza imãs e eletrônica, de modo que um trem, ao passar, ativa sensores de som e de luz e faz com que uma cancela se feche:

A intenção de Chiu Chai Hao, de Singapura, também é salvar vidas. No seu caso, ele quer garantir acesso à água limpa, livre da contaminação de metais pesados, através do uso de plantas aquáticas:

[Nota do Editor – O autor retirou o projeto da exibição pública]

Sahil Sahibole, da Índia, também está interessado no meio-ambiente. Seu projeto concentra-se no aproveitamento da energia solar para resolver um importante problema para a saúde em zonas remotas: a falta de eletricidade para esterilizar, de maneira segura, instrumentos médicos em autoclaves.

A equipe de Nishanth Kumar, Krishna Betai e Anish V Malladi, da Índia, também se dedicou a questões médicas, criando, neste caso, um sensor capaz de avisar os médicos quando os níveis dos fluidos intravenosos estiverem baixos, para que eles possam assistir melhor os pacientes.

Há muitos outros projetos de jovens cientistas talentosos à espera dos seus votos para o People’s Choice Awards. Você pode votar uma vez para cada faixa etária.

http://youtu.be/YRHCCzLZCME

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.