Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Índia: Mulheres empoderadas e seus videoblogs

Women Aloud Videoblogging for Empowerment (WAVE) – que pode ser traduzido como “Mulheres em Voz Alta Videoblogando pelo Empoderamento”- é uma plataforma e um programa que têm como objetivo levar mulheres de áreas semi-urbanas da Índia a emitir suas opiniões sobre assuntos de seu interesse através de ferramentas de vídeo na internet.

O lema de WAVE [en – para todos os links] diz: “30 mulheres, 30 regiões, vídeos on line todos os dias”. E, de fato, há muitos vídeos diferentes no website, cobrindo uma larga variedade de temas que parecem vir de todas as regiões da Índia. As mulheres participantes foram escolhidas por universidades ou organizações não-governamentais para integrar um programa de formação com duração de nove meses, no qual elas recebem treinamento, equipamentos e uma remuneração em dinheiro pelos seus vídeos.

WAVE’s philosophy is that young women in India need to be heard and encouraged to analyze the problems in their communities and go on to become leaders who provide effective solutions in order for society to become socially and economically empowered.

A filosofia de WAVE é que aquelas jovens mulheres na Índia precisam ser ouvidas e encorajadas a analisar os problemas das suas comunidades e a se tornarem as lideranças que indicarão soluções efetivas para que a sociedade seja empoderada social e economicamente

Chinju Prakash, 24 anos, jovem de Trivandrum, em Kerala, trabalha para a SPACE, uma ONG que desenvolve e implementa projetos em Novas Mídias e Tecnologias da Informação e da Comunicação. Em um dos seus vídeos ela nos mostra a Kalavara, uma cantina dirigida exclusivamente por mulheres e nós descobrimos como tem sido esta experiência para aquelas que, agora, podem tomar as rédeas de suas próprias vidas.

Preeti Jain, 27 anos, moradora de Bilaspur, Chattisgarh. Em seus vídeos, ela adotou como foco a comunidade nativa de Chattisgarh como meio de estimular sua conscientização sobre os assuntos de seu interesse. Neste vídeo, ela aborda os estranhos trajes para casamentos arranjados: de acordo com a regra na Índia, o jovem homem da tribo Baiga encontra e escolhe sua esposa durante eventos sociais, como as danças da tribo, e então comunica a escolha aos pais de ambos.

Salam Babina Devi é de Imphal, Manipur, e atua como voluntária em tempo integral em uma organização de base voltada para o desenvolvimento de mulheres e crianças. Seus vídeos tratam dos aspectos culturais de Manipur, como a dança exibida a seguir:

In Manipur every significant social and religious event is celebrated with its special form of dance. Here are glimpses of tribal, folk and classical dances from the hills and valley of an ancient land.

Em Manipur, todo evento social e religioso importante é celebrado com um tipo de dança especial. Aqui, estão traços de danças tribais, folclóricas e clássicas vindas das montanhas e vales de uma terra antiga.

Visite o site da WAVE para saber mais sobre as histórias e vídeos feitos por mulheres de diferentes cantos do país.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.