Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Bahrein: Números Vêm à Tona em Busca de Unidade

Esse post é parte de nossa cobertura especial dos Protestos em Bahrein em 2011.

Uma semana se passou desde que se iniciaram os protestos na capital Manama, no dia 14 de Fevereiro, clamando por uma verdadeira democracia no Reino. Sete homens perderam suas vidas, sendo que o último mártir, Abdulredha Mohammed, faleceu na segunda-feira (21/02) no Hospital Salmaniya, depois de ter sido atingido por tiros [pt] das Forças Armadas na sexta-feira (18/02).

@Sabeeka_A All bahraini's should now take a moment of silent & pray for the soul of the late A.Redha, he belonged to this land, like all of us #UniteBH

“Todos os bareinitas deveriam agora tomar um momento de silêncio e rezar pela alma do falecido A.Redha, ele pertenceu a esta terra, como todos nós #UniteBH [Bahrein Unido]

Em apoio aos manifestantes da praça Pearl (Lulu), a Sociedade [ar] de Professores do Bahrein continuou suas manifestações desde domingo, apesar de outros sindicatos no reino terem suspendido seus planos de manter atos em todo o país.

Largest banner: Teachers standing with the people's demands. Taken from the Bahrain Teachers Society website

Faixa maior: Professores ao lado do povo

Com os protestos se intensificando em escolas pelo país, o Ministério de Educação não teve outra escolha além de fazer um apelo para que professores voluntários substituam os professores titulares em greve. O Ministro da Educação Dr. Majed Al-Noaimi apareceu na TV nacional e anunciou que mais de 1.074 pessoas se apresentaram para dar aulas e para gerenciar as escolas.

Volunteer teachers queuing outside the Visitors Reception at the Ministry of Education in Manama

Professores voluntários fazendo fila do lado de fora da Recepção de Visitantes do Ministério da Educação em Manama. Foto por Fatima Alawadhi, no Facebook

Enquanto isso, no Twitter, o blogueiro Manaf Al-Muhandis @Redbelt [en], cansado das crescentes tensões sectaristas do Twitter, criou a hashtag [tópico do Twitter para acompanhar um assunto] #UniteBH [Bahrein Unido] para compartilhar ideias, pensamentos e sensos comuns em se criar uma unidade nacional nestes tempos difíceis:

@Absology All the Bahrainis I know, however defensive of the government, were very upset about the recent deaths. #UniteBH

“Todos os bareinitas que conheço, apesar de defensores do governo, estavam muito nervosos com as recentes mortes.”

@marcowenjones The number of people at AlFateh versus the number at Lulu is irrelevant. Unitiy cannot be a competition. #Bahrain #Feb14 #Lulu #UniteBH

“O número de pessoas na AlFateh versus o número em Lulu é irrelevante. A unidade não pode ser uma competição.”

@ViViD_BH Sunna and shia love 7alwa shwai6er [Halwa Showaiter] (Traditional Bahraini sweet) #UniteBH

“Sunna e shia adoram 7alwa shwai6er [Halwa Showaiter, um tradicional doce bareinita]”

@Redbelt I gotta make #UniteBH a Tshirt, just like I did with #jan25

“Preciso fazer do #UniteBH uma camiseta, assim como fiz com #25DeJaneiro”

@bahrain_bahrain #Bahrain #unitebh: Even if a unity of faith is not possible, a unity of love is.

“#Bahrein #UniteBH: mesmo que a unidade de fé não seja possível, uma unidade de amor é.”

A hashtag foi aclamada pelo Ministro de Relações Exteriores do Bahrein, Shaikh Khalid bin Ahmed Al-Khalifa, um entusiasta e usuário do Twitter, durante uma entrevista ao vivo para a rede de TV nacional.

@abdullaameer Congrats @Redbelt, @khalidalkhalifa just mentioned the #UniteBH you started on BTV!

“Parabéns, @redbelt, @khalidalkhalifa acabou de mencionar na BTV a #UniteBH que você criou!”

@RshRsho #Bahrain Foreign Affairs minister at Btv: I've seen Bahrainis on twitter today discussing what unite us not what differentiate us!! #uniteBH

“O ministro de Relações Exteriores do #Bahrein na Btv: Eu vi bareinitas no twitter hoje discutindo o que nos une e não o que nos diferencia!! #uniteBH”

@Redbelt So today as I typed #UniteBH I never thought it would catch on and end up mentioned on tv by our foreign minister @khalidalkhalifa! Thanks!

“Então hoje enquanto digitava #UniteBH eu nunca teria imaginado que isso vingaria e que acabaria sendo mencionado na tv por nosso ministro de relações exteriores @khalidalkhalifa! Obrigado!”

O blogueiro Redha Haji também tocou no assunto da unidade nacional em seu último post [en]:

I implore people to stop listening to the hogwash lies being spread, done so to scare people and ensure we are divided.

Who would benefit from this divide, certainly not Bahrain’s citizens?

Try looking at similarities not differences, you'll notice they far out weight the differences, make them your priority and concentrate on them when you meet your fellow Bahraini.

We can all agree to disagree, but we do not have to stop being courteous, well mannered, pleasant; or to stop talking & fight one another.
Let us instead understand the other point of view.

Eu imploro que as pessoas parem de ouvir as mentiras deslavadas sendo espalhadas, de modo a apenas amedrontar as pessoas e a assegurar que elas se dividam.
Quem se beneficiaria dessa divisão, certamente não seriam os cidadãos bareinitas?
Tente olhar para as similaridades e não para as diferenças e você perceberá que elas de longe superam as diferenças, faça-as sua prioridade e concentre-se nelas quando encontrar um colega bareinita.
Podemos todos concordar em discordar, mas nós não temos que parar de ser corteses, de ter boas maneiras, de ser agradáveis; nem temos de de parar de conversar para brigarmos uns com os outros.
Ao invés disso, vamos entender os pontos de vista de cada um.

Uma multidão clamando pela unidade nacional se concentrou na Mesquita de Al-Fateh [en], com um número sem precedentes e com a TV nacional anunciando que havia mais de 300 mil pessoas.

@Sabira_Ahmed Peace rally at Al Fateh Masjid youtube.com/watch?v=7ZTUpz… via @youtube

“Multidão pacífica na Al Fateh Masjid”

@aldoyh ~400,000 ppl around, ~2,000 checkins #Bahrain (@ Al Fateh Grand Mosque w/ 11 others) [pic]: http://4sq.com/eWE4UD

“aprox. 400 mil pessoas ao redor, aprox. 2 mil ‘checkins‘ [registro de presença em um local através da rede social Foursquare] #Bahrein (na Grande Mesquita Al Fateh com mais 11 pessoas) [foto]: http://4sq.com/eWE4UD

O ponto alto da movimentação foi o discurso dado pelo proeminente acadêmico islâmico Dr. Abdullatif Al-Mahmood, que se tornou o porta-voz do que está sendo chamado de “Comitê da Unidade Nacional”. Os principais pontos de seu discurso foram tuitados pelo blogueiro Mahmood Al-Yousif @mahmood:

@mahmood BTV: Al-Mahmood: #4 – request the government to release the political prisoners. #bahrain #feb14

“BTV: Al-Mahmood: #4 – peçam ao governo que libertem os prisioneiros políticos.”

@mahmood BTV: Al-Mahmood – calls on the youth especially to work toward unity #bahrain #feb14

“BTV: Al-Mahmood – chamem os jovens especialmente para trabalharem em prol da unidade”

@mahmood BTV: Al-Mahmood; directing call to protestors at Pearl: we are one people and one country regardless of our differences #bahrain #feb14

“BTV: Al-Mahmood; a direcionar pedido aos manifestantes da Praça Pearl: somos um povo e um país, independente de nossas diferenças”

@mahmood BTV: Al-Mahmood: here are our hands extended to you, come let's cooperate on good and not on sin and enmity #bahrain #feb14

“BTV: Al-Mahmood: aqui estão nossas mãos estendidas a vocês, venham, vamos cooperar com o bem e não com o pecado e animosidade”

@Ali_Fareed Sh. Abdullatif: We demand all sorts of corruption to be highly fought. And 2 seek a solution 4 housing/living issuses. #Fateh

“Sh. Abdullatif: nós exigimos que todos os tipos de corrupção sejam duramente combatidos. E que se procure uma solução para os problemas habitacionais e de sobrevivência.”

@mahmood BTV: Al-Mahmood: we demand all the powers in people's hands in fact rather than fiction; (crowd quiet!!)

“BTV: Al-Mahmood: nós exigimos que todos os poderes estejam nas mãos do povo de fato, ao invés de na ficção; (multidão em silêncio!!)”

@mahmood BTV: Al-Mahmood: the positions must be given to those who are eligible and uncorrupt so we can protect national wealth #bahrain #feb

“BRV” Al-Mahmood: as posições devem ser dadas para aqueles que são elegíveis e incorruptíveis, para que possamos proteger a riqueza nacional”

@mahmood BTV: Al-Mahmood: we are against (constitutional) changes which create strife between the community

“BTV: Al-Mahmood: somos contra mudanças (constitucionais) que criem conflitos entre a comunidade”

Muitos tuiteiros bareinitas reagiram positivamente ao discurso de Al-Mahmood:

@alyaa Never saw as many bahrainis congregated. Reasonable demands in line w lulu. No hate messages. A genuine candid call. I see hope #uniteBH

“Nunca vi tantos bareinitas congregados. Exigências razoáveis, em linha com Lulu. Nenhuma mensagem de ódio. Um chamado genuinamente cândido. Vejo esperança”

@iBahrain

مسيرة الفاتح أثبتت للجميع رحابة ساحة التلاقي البحرينية بين جميع اطراف المجتمع فلندخل فيها جميعا ونرجم من يدعو للفرقة والفوءية

#bahrain

“A multidão de Al-Fateh provou a todos a abertura de todos os cantos da sociedade, então deixe-nos entrar e apedrejar todos aqueles que visam a nos separar”

A TV nacional mostrou imagens tiradas de helicóptero das multidões reunidas e @mahmood ponderou:

@mahmood BTV, MOI, can we get those snazzy helicopter images for tomorrow's demo as well streamed live on BTV? #bahrain #feb14

“BTV, MOI, podemos ter essas lindas imagens de helicóptero para a demonstração de amanhã, além de transmiti-las ao vivo na BTV?”

Por outro lado, o vídeo ao vivo da Praça Pearl (Lulu) foi restaurado e pode ser visto aqui [ar]

Esse post é parte de nossa cobertura especial dos Protestos em Bahrein em 2011.

Inicie uma conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.