Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Líbia: Parem o massacre de Gaddafi

Este post é parte de nossa cobertura especial dos Protestos na Líbia em 2011.

O mundo assiste com horror a chegada de relatos angustiantes vindos da Líbia. A notícia do bombardeio aéreo de Trípoli uniu pessoas mundo afora pedindo o fim das atrocidades cometidas pelo líder do país, Muammar Al Gaddafi, contra o povo líbio.

Veja algumas das reações no Twitter:

@MbinH: I'm Gadaffled.

@MbinH: Fui Gadafiado.

@JoelTweetsJoel: Uh, America, isn't this usually the part when you start policing the world? Or is there not enough Oil revenue? #Libya

@JoelTweetsJoel: E aí, Estados Unidos, não é normalmente nesta hora que vocês começam a policiar o mundo? Ou será que o retorno em petróleo não é tão bom assim? #Libya

@sultanalqassemi: Al Jazeera breaking: Multiple reports confirm that military airplanes are bombing protesters in Tripoli. #Libya

@sultanalqassemi: Últimas na Al Jazeera: Vários relatos confirmam que aviões militares estão bombardeando os manifestantes em Tripoli. #Libya

@glcarlstrom: AJA interviewing a (rightfully) hysterical guest in Tripoli. He says airstrikes, 250 dead, electricity cut, mercenaries roaming streets.

@glcarlstrom: AJA entrevistando um convidado histérico (com razão) em Tripoli. Ele dá conta de ataques aéreos, 250 mortos, cortes de eletricidade, mercenários perambulando nas ruas.

@DanersB: Caller on AlJazeera: #Libya: “There is no turning back; there is only death or victory” #Feb17

@DanersB: Cidadão no telefone com AlJazeera: #Libya: “Não há caminho de volta. É só morte ou vitória” #Feb17

@tadbo: People, from #Libya, on the BBC talking about not being able to go outside & how many of their family members have been killed. *smh*

@tadbo: Gente da #Libia contando na BBC que não pode sair e não sabe quantos parentes foram mortos.

@knimer: AJA: #Tripoli Eye Witness: Electricity is cut of in areas of Tripoli. #feb17 #libya #gaddaficrimes

@knimer: AJA: Testemunha ocular em #Tripoli: Cortes de eletricidade em áreas de Tripoli. #feb17 #libya #gaddaficrimes

@ShababLibya: News is hitting lots of families now of deaths in tripoli tears all over dear world please help #libya #feb17

@ShababLibya: As notícias das mortes em Tripoli estão devastando milhares de famílias, lágrimas pelos mortos, caro mundo, favor ajudar #libya #feb17

@fadisalem: Friend reporting from #Libya :People have begun retreating – airstrikes on main roads between buildings. #gaddafi #tripoli #benghazi

@fadisalem: Amigo denunciando direto da #Libia: As pessoas começaram a recuar – ataques aéreos nas ruas principais entre os prédios. #gaddafi #tripoli #benghazi

@ChangeInLibya: Your politicians only care about mideast “tensions” when they feel like, and completely ignore a massacre in Libya.. Make the jets stop!!

@ChangeInLibya: Seus políticos apenas se preocupam com “tensões” no oriente médio quando querem, e completamente ignoram o massacre na Líbia… Façam os jatos pararem!!!

@acarvin: Seeing the “OFFLINE” slate on Livestream for the stream that was coming out of Benghazi: http://bit.ly/ikvas5 When did it go down?

@acarvin: Tô vendo uma tela “OFFLINE” no Livestream para o stream que vinha de Benghazi: http://bit.ly/ikvas5 Quando caiu?

@evanchill: Reports that all landline and Internet cut in Libya but people are still accessing web. Being told they're using Wimax.

@evanchill: Relatos de cortes em todas as linhas telefônicas e na internet mas as pessoas ainda podem acessar a web. Ouvi dizer que estão usando Wimax

@Gheblawi: More confirmed reports from #Tripoli now heavy gunshots and mercenaries roaming the streets massacring and terrorising people #Libya

@Gheblawi: Mais relatos confirmados de #Tripoli agora: grande tiroteio e mercenários tomando conta das ruas e aterrorizando o povo #Libya

@kseirafi: PLEASE REPOST! Egytpian Sheikh Faraj on the Egyptian border, ready to transfer food & medicine into #Libya, call mobile 0102567759.

@kseirafi: FAVOR REPOSTAR! Egytpian Sheikh Faraj na fronteira do Egito, pronto para transferir alimentos e remédios para a #Libia, ligue para o celular 0102567759.

@Aladin_: Blood bath in #Libya by #Gaddafi killing his own people. This is a a genocide, this is ethnic cleansing, this is State Terrorism!!!

@Aladin_: Banheira de sangue na #Libia com #Gaddafi matando seu próprio povo. É um genocídio é limpeza étnica, é terrorismo Estatal!!!

@swerveut: World watches while #Gaddafi the maniac commits genocide in #Libya! All who watch and do nothing are also guilty! @UN INTERVENE NOW!!

@swerveut: O mundo assiste #Gaddafi o maníaco cometendo genocídio na #Libia! Todos os que assistem e nada fazem são culpados! @UN INTERVENHA AGORA!!

@radymoody: #LIBYA MASACRE BEHIND CLOSED DOORS DON'T DISTURB WE'RE KILLING OUR PEOPLE! IS THIS THE PREVIEW OF WHAT WILL BE REST OF MANDATE? @BARACKOBAMA

@radymoody: #LIBYA MASACRE A PORTAS FECHADAS, NÃO ATRAPALHEM ESTAMOS MATANDO NOSSO POVO! É UMA PRÉVIA DO QUE SERÁ O RESTO DO MANDATO? @BARACKOBAMA

Este post é parte de nossa cobertura especial dos Protestos na Líbia em 2011.

2 comentários

  • […] This post was mentioned on Twitter by Rodolfo Bertoloni, Helua and GV Lusofonia, Raphael Tsavkko. Raphael Tsavkko said: Líbia: Parem o massacre de Gaddafi: O mundo assiste com horror a chegada de relatos angustiantes vin… http://bit.ly/if3H5Y #GVO #eblog […]

  • Hamilton

    Vamos parar de hipocrisia, a monarquia tem que cair é no mundo, principalmente na europa. Se não fica fácil pro Gaddafi, e só ele se declarar rei e instituir monarquia constitucional parlamentar e se perpetuar ele e sua casta na vaidade da luxúria do poder! Como Inglaterra, Mônaco, Espanha, Suécia e por aí vai.

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.