Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Bahrein: Vídeos do ataque ao anoitecer na Rotatória Lulu

Na madrugada de quinta-feira, 17 de fevereiro, por volta das 03:00, hora local do Bahrein, a polícia atacou com vigor os manifestantes que dormiam na Rotatória Lulu, o ponto focal do Dia da Ira em curso do Bahrein. Estes são alguns dos vídeos dos eventos que vieram à tona até agora.

embed.php?guid=6WGAA
Da conta do Twitter de @tariqal

http://www.youtube.com/watch?v=2CJ081zlkTk
Da conta do Youtube de alibh1


Da conta do Youtube de albahrain2011

O Ministério do Interior emitiu um comunicado [en] sobre os acontecimentos em seu site oficial:

MOI:
The Ministry of Interior’s spokesperson, Brigadier Tariq Hassan Al Hassan, announced that security forces evacuated the area of pearl roundabout from protesters, after trying all opportunities for dialogue with them, in which some positively responded and left quietly. Others refused to obey the law and that led to interference to make them leave.

He explained that security forces have been keen to be self-cpntrol and communicate with protesters through public figures to end the sit-in peacefully, in order to ensure legal practice within this institutional state, while some protesters exploited this tolerant atmosphere to impose illegal practices and disturbing citizens and residents by stopping them in checkpoints they made for vehicles and passerby in the surrounding areas of the roundabout. This was considered as a major lawbreaking practice for spreading fear among the public and affecting commercial and economic activities.

The spokesperson affirmed that the Ministry of Interior had received many complaints from the public of the massive personal and economic affects they had been suffering. He said that the protest in such vital area had great affect on national economy, trade, tourism and public interests and led to traffic crisis.

Brigadier Al Hassan called upon people to follow the constitution and the law while expressing their freedom of expression, and to show patriotism and concerns for the interests of the country.

MDO [Ministério do Interior]:

O porta-voz do Ministério do Interior, brigadeiro Tariq Hassan Al Hassan, anunciou que as forças de segurança evacuaram os manifestantes da área da Rotatória Pérola, depois de tentar todas as possibilidades de diálogo com eles, em que alguns responderam positivamente e saíram calmamente. Outros se recusaram a obedecer a lei , o que levou à interferência para fazê-los sair.

Ele explicou que as forças de segurança têm se esforçado para terem auto-controlo e se comunicarem com os manifestantes por meio de figuras públicas para acabar com o protesto de forma pacífica, a fim de garantir a prática legal dentro deste Estado institucional, enquanto alguns manifestantes exploraram essa atmosfera tolerante para impor práticas ilegais, perturbando cidadãos e residentes aos interromper em pontos de verificação que eles fizeram para veículos e transeuntes nas imediações da rotatória. Isto foi considerado como uma prática transgressora por espalhar o medo entre o público e que afetar as atividades comerciais e econômicas.

O porta-voz afirmou que o Ministério do Interior recebeu muitas reclamações do público do maciço efeito pessoal e econômica que tinham sofrido. Ele disse que o protesto em área tão vital teve grande influência na economia nacional, no comércio, turismo e nos interesses públicos e levaram à crise do tráfego.

O Brigadeiro Al Hassan chamou as pessoas a seguir a Constituição e a lei enquanto expressando da sua liberdade de expressão, e para mostrar patriotismo e respeito pelos interesses do país.

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.