Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Bahrein: O Dia da Fúria

[Todos os links levam a sites em inglês]

Protestos aconteceram em várias partes de Bahrein na segunda-feira, 14 de fevereiro, que foi chamada de Dia da Fúria em Bahrein. Logo no início da manhã, os internautas acompanharam horrorizados o ataque das forças policiais contra manifestantes pacíficos, e rapidamente compartilharam vídeos mostrando a atrocidade policial no Twitter e em outros sites de redes sociais.

Still from a video showing riot police charging at a peaceful demonstration in Diraz village, Bahrain on 14 February 2011, firing as people flee. Video posted on Youtube by user smodh92.

Imagem de um vídeo que mostra o batalhão de choque usando violência contra uma manifestação pacífica em Diraz village, Bahrein, em 14 de fevereiro 2011, atirando enquanto as pessoas correm. Vídeo postado por smodh92, usuário do Youtube.

Segundo consta, um manifestante morreu (assassinado) e várias pessoas foram deixadas feridas quando o batalhão de choque disparou bombas de gás e balas de borracha contra os manifestantes, praticamente a queima roupa, como é possível ver nesse vídeo e foto.

Os usuários do Twitter agora reclamam da lentidão da internet. Enquanto alguns especulam se o governo tem alguma coisa a ver com isso, outros apontam que a redução da velocidade da internet pode ser resultado de um aumento do tráfego, uma vez que as pessoas estão correndo para diferentes sites para descobrir o que aconteceu no Dia da Fúria.

Hoje o governo censurou uma página de vídeos no YouTube e também, aparentemente, a conta no Bambuser de Nabeel Rajab, ativista defensor dos Direitos Humanos.

Veja abaixo uma seleção das reações no Twitter:

@chanadbh: Internet censorship in #Bahrain continues: Bambuser channel of activist @Nabeelrajab is blocked, along with other videos of protests

@chanadbh: A censura à internet continua em #Bahrain: O canal do ativista @Nabeelrajab no Bambuser foi bloqueado, junto com outros vídeos do protesto

@BuZain: @ahmedalsairafi excessive uploads excuse doesn't make sense. int. uplinks r usually symmetric with same up/down bandwidth @eyade @ammar456

@BuZain: @ahmedalsairafi a desculpa de que há excesso de uploads não faz sentido. Uplinks internacionais são normalmente simétricos com banda alta ou baixa @eyade @ammar456

@BuZain: @JustAmira hard to tell. I've been running tests with no conclusive results. it's clear than only international uplinks are slow.

@BuZain: @JustAmira difícil dizer. Tenho feito alguns testes mas não há resultados conclusivos. Tá claro que só uplinks internacionais estão lentos.

@eyade: @BuZain is on the money, I am not buying it, upload and download aren't the same thing @ahmedalsairafi @ammar456

@eyade: @BuZain está certo, não vou cair nessa, upload e download não são a mesma coisa @ahmedalsairafi @ammar456

@ba7ari: Regime had slows down the Internet in a way to stop ppl to send what is happening in ​#Bahrain #Feb14 #HRW #EU

@ba7ari: O regime reduziu a velocidade da Internet como uma forma de impedir as pessoas de contarem o que está rolando em ​#Bahrain #Feb14 #HRW #EU

@bh14feb: The government is very likely throttling the internet speed to hinder people from reporting the crimes committed by the police #bahrain

@bh14feb: O governo provavelmente está controlando o fluxo da internet para deter a denúncia dos crimes cometidos pela polícia #bahrain

@ahmadbr: Internet is becoming more slower over the time #Bahrain #batelco #Internet #feb14

@ahmadbr: A Internet está ficando mais e mais lenta com o tempo #Bahrain #batelco #Internet #feb14

@nadooi_wish: #Bahrain get the internet back into normal. This getting on my nerves!

@nadooi_wish: #Bahrain Faça a internet voltar ao normal. Está dando nos meus nervos!

@BaghdadBrian: #CONFIRMED from #Bahrain its very very slow, internet is generally slow, doesnt appear to be targetted, no blocks #friendinbahrain

@BaghdadBrian: #CONFIRMADO A partir de #Bahrain está muito lenta, a internet é normalmente lenta, não parece ser dirigido, sem bloqueios #friendinbahrain

@phoul: To the people of #Bahrain: Use Tor to get around the Internet Blockade and avoid monitoring. https://www.torproject.org/ #Tor

@phoul: Para o povo de #Bahrain: Usem Tor para driblar o bloqueio da internet e evitar monitoramento. https://www.torproject.org/ #Tor

@justamira: The Internet is dying. Bye bye laptop, off to grab those carrier pigeons I have been training for this dark day #Feb14 #Bahrain

@justamira: A Internet está morrendo. Bye bye, laptop, vou lá pegar aqueles pombos correios que treinei para esse dia obscuro #Feb14 #Bahrain

@M_Sharaf: Viva and Zain internet disconnect and connect a minute later simultaneousely… #Bahrain experimenting with the off switch?

@M_Sharaf: A Internet da Viva e Zain disconectaram e conectaram simultaneamente há um minuto… #Bahrain testando o interruptor?

@MennatAllah87: #Algeria-Internet banned just like wt took place in #Egypt. Now in #Bahrain they r playing it smart..Slow;so no1 can upload anything. SHAME.

@MennatAllah87: A internet na #Algeria está bloqueada assim como aconteceu no #Egypt. Agora é #Bahrain eles estão agindo com esperteza, diminuindo a velocidade de forma que ninguém consiga subir nada. VERGONHA.

Nos blogs, Bint Battuta in Bahrain traduz algumas das exigências feitas pelos manifestantes; Mahmood Al Yousif pede que a sabedoria prevaleça e eu predizo como as forças da polícia lidarão com os dissedentes políticos em meu país.

Para acompanhar os protestos em Bahrein, siga a hashtag no Twitter #14Feb

Esse post é parte de nossa cobertura especial dos Protestos em Bahrain em 2011.

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.