Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Sudão: Sudão do Sul se torna a mais jovem nação da África

Sul do Sudão tornou-se oficialmente a mais jovem nação da África [en] depois que os sudanêses do sul votaram pela secessão do norte. Os números oficiais do referendo [en] que foram divulgados na segunda-feira mostraram que 98,83% dos eleitores do sul decidiram separar-se do norte. Este é um resumo de reações ao resultado do referendo.

Pascal Ladu postou um podcast [en] capturando o momento histórico em que a Comissão do Referendo do Sudão do Sul declarou os resultados oficiais preliminares do referendo em Juba:

A large crowd of Southern Sudanese gathered at the Mausoleum of Dr. John Garang in Juba to celebrate the announcement of the official preliminary referendum results on Sunday. The results showed almost unanimous support for secession throughout Southern Sudan. The colourful occasion was marked with singing, dancing, blowing of horns and beating of drums. The results, announced by the Chairperson of the Southern Sudan Referendum Commission and his Deputy, were met with thunderous applause from the crowd.

Uma multidão de sudanêses do sul se reuniram no Mausoléu do Dr. John Garang, em Juba, para comemorar o anúncio dos resultados oficiais preliminares  do referendo no domingo. Os resultados mostraram um apoio quase unânime à secessão em todo o Sudão do Sul. A alegre ocasião foi marcada com cantos, danças, toque de cornetas e batidas de tambores. O resultado, anunciado pelo presidente da Comissão do Referendo do Sudão do Sul e por seu adjunto, foram recebidos com aplausos da multidão.

As'ad questiona os dois pesos e duas medidas dos EUA [en]:

Compare the speed in which the US government has recognized the Southern Sudan state and the treatment of Palestine by the US government.

Compare a velocidade com a qual governo dos EUA reconheceu o Estado do Sudão do Sul e o tratamento [dado à] Palestina pelo governo dos EUA.

Law Hawk diz que o Sudão do Sul terá de contar com seu vizinho do norte [en]:

Still, South Sudan will need to rely on its northern neighbor as the main oil pipeline from the Southern oil fields must travel through Sudan to generate much of the income needed by the country to get off its feet.

Ainda assim, o Sudão do Sul terá de contar com seu vizinho do norte, já que o principal oleoduto dos campos petrolíferos do sul tem que atravessar o Sudão para gerar grande parte da renda que o país precisa para largar de seus pés.

Como o Sudão do Sul irá atrair investidores? [en]:

In Sudan , or Ex-Sudan; we had lots of politicians.. Maturity is rare.. However said, should refer to benchmarks.. not actions..!
Without benchmarking, any action might be called wonderful..!! while it is a slip to hill..!!

I don't mean to question any officials or representatives, but the Bell Syndrome tells that only 2% (on any level) would be able visualize the big picture.. You need to learn all lessons around, to smooth your way forward without glow, fake or deformed interests..

If you would trust a “Darfurese” knowledge-based expert..
Ok, let's meet the facts without those nicely said words..
With almost 80% illiteracy, 0.5% graduates, 0% infrastructure, 50% political unrest and 99% tribal mind-set.. This is not a recipe for IFDs or PPPs, but only for UN/Gov Aid..

Unless you draw your own realistic visions on government (what Singapore did), on Capacity building (i.e, Balkan), on governance (i.e, S Africa); South Sudan will unlikely attract investors..! They are greedy and cautious..

No Sudão, ou ex-Sudão, tínhamos muita políticos .. Maturidade é raro .. No entanto, deve referir-se a benchmarks .. não ações ..!
Sem benchmarking, qualquer ação pode ser chamada de maravilhosa ..! Embora seja um morro deslizando ..!Eu não quero questionar quaisquer funcionários ou representantes, mas a Síndrome de Bell diz que apenas 2% (em qualquer nível) seria capaz de visualizar o quadro geral .. Você precisa aprender todas as lições ao redor, para suavizar o seu caminho sem juros brilhantes, falsos ou deformados ..Se você confiar em um especialista cujo conhecimento vem de Darfur ..
Ok, vamos conhecer os fatos sem aquelas palavras simpáticas ditas ..
Com quase 80% de analfabetismo, 0,5% de graduados , 0% de infra-estrutura, 50% de agitação política e 99% de pensamento tribal .. Esta não é uma receita para IFDs [Facilitação de Carteiras de Investimento] ou PPPs [Parcerias Público-Provadas], mas apenas para ajuda da ONU ou governamental ..A menos que você tenha suas próprias visões realistas sobre o governo (o que Cingapura fez), em criação de capacidade (ou seja, dos Balcãs), sobre governança (ou seja, África do Sul); O Sudão do Sul dificilmente atrairá investidores ..! Eles são gananciosos e cautelosos ..

Kizzie tem muita inveja dos sudanêses do sul [en]:

A good friend of mine said that Northerners are upset about the South Sudan referendum because they are jealous that the Southerners have the chance to vote and every Southern vote makes a difference, we have nothing.
Yes, I have to admit..I'm very jealous. I registered to vote in April's elections, but my candidate of choice withdrew from the race and I was left wondering whether my voice would have made a difference in the first place.

Um amigo meu disse que os nortistas estão chateados com o referendo do Sudão do Sul, porque eles estão com inveja porque os sulistas têm a oportunidade de votar e todo voto sulista faz diferença, [e nós] não temos nada.
Sim, eu tenho que admitir .. estou com muito ciúme. Registei-me de votar nas eleições de abril, mas o meu candidato se retirou da corrida e fiquei me perguntando se a minha voz teria feito a diferença.

Sudanese Optimist [Sudanês Otimista]  está feliz Pelo Sudao do Sul, mas… [en]:

Although I am very happy for South Sudan to finally gain their independence from the condescending haters in the North, I am truly sad to see that we’ve lost such a vibrant part of ‘our’ Sudanese culture. Perhaps out of watching all the crazy politics lately, the most thing that stuck with me is the Prayer of Saint Francis read yesterday during the secession announcement. Perhaps it is because I have been in never ending zen state for the past few months, but it just seems that all the political news were noise, and the minute I heard this, I can finally hear humanity speak, not politics…and I sure like that

Embora eu esteja muito feliz pelo Sudão do Sul finalmente conseguir sua independência dos odiosos condescendentes do norte, estou realmente triste por ver que perdemos uma parte vibrante da “nossa” cultura sudanesa. Talvez por ver toda a política maluca ultimamente, mais coisa que mexeu comigo foi a Oração de São Francisco lida ontem durante o anúncio da separação. Talvez seja porque eu tenha estado em um interminável estado zen nos últimos meses, mas parece que todas as notícias políticas eram ruído, e no minuto que eu ouvi isso, eu pude finalmente ouvir a humanidade falar, não de política … e eu com certeza gosto disso.

Lodiong Morris relata [en] que o Norte e o Sul resolveram o problema da cidadania:

According to the Minister, the semi-autonomous Government of Southern Sudan (GoSS) and the National Government agreed that those Southerners who wish to remain in the North can become citizens of the North if they so wish. Northerners in the South can equally be granted Southern citizenship rights if they so choose: “We have agreed that Northerners in the South and Southerners in the North will have their rights respected and be given citizenship if they choose, after the declaration of the results”.

Segundo o ministro, o governo semi-autónomo do Sudão do Sul (GoSS) e o Governo Nacional decidiram que os sulistas que desejarem permanecer na região Norte podem se tornar cidadãos do Norte se assim o desejarem. Nortistas no Sul podem igualmente ser concedidos direitos de cidadania do Sul, se assim o escolherem: “Nós concordamos que nortistas no sul e sulistas no norte terão seus direitos respeitados e será dada a cidadania se assim desejarem, após a proclamação dos resultados” .

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.