Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Egito: “Nós não temos mais medo”

Este artigo é parte de nossa cobertura especial dos Protestos no Egito em 2011.

É meia noite no Cairo, Egito, onde as manifestações anti-Mubarak continuam por seu sexto dia. E na medida que os protestos se tornam mais fortes, também se fortalece a vontade de se expulsar o presidente Honsi Mubarak, que ocupa o poder no Egito há 30 anos.

No Twitter, @shaistaAziz escreve: “We've been afraid for 30 years – we are no longer afraid” (“Nós estivemos com medo por 30 anos – não temos mais medo”), e na manifestação da Praça Tahrir, no Cairo, um manifestante carrega um cartaz propondo uma solução simples: “Mubarak, You go away. I go home. The End.” (“Mubarak, você vai embora. Eu vou pra casa. Fim.”).

As manifestações começaram em 25 de janeiro e foram coordenadas a partir de um chamado no Facebook, feito pelo grupo We are all Khaled Saeed (“Somos todos Khaled Saeed”, em inglês). Este grupo é nomeado a partir de Khaled Saeed, um jovem de Alexandria que foi assassinado nas mãos da polícia. Sua morte em junho passado causou manifestações generalizadas e revolta contra a tortura policial e o ‘uso da Lei de Emergência para aterrorizar cidadãos.’

Uma Solução Simples, postada no Twitpic por Arabist

Aqui estão alguns dos mais recentes tweets sobre o Egito enquanto o relógio bate meia-noite:

@jonjensen: U.S. Embassy Cairo: State Dept. to begin evacuation flights for Americans living in Egypt starting 1/31 http://bit.ly/e4Al6h #Mubarak

@jonjensen: Embaixada dos EUA (no) Cairo: Dpto. de Estado vai começar no dia 31/1 os vôos de evacuação pra (norte)americanos vivendo no Egito http://bit.ly/e4Al6h #Mubarak

@alaa: ♻ @mohamed: ‘No to Suleiman, no to Shafik’ Egyptians tell our correspondent in Cairo: http://bit.ly/eDS0Ze #egypt

@alaa: ♻ @mohamed: ‘Não a Suleiman, não a Shafik’ dizem os egípcios ao nosso correspondente no Cairo: http://bit.ly/eDS0Ze #egypt

dkagis: RT @monasosh I don't know why did we have police in the 1st place.We seem to be taking good care of each other,organizing traffic,cleaning streets #Jan25

dkagis: RT @monasosh Eu não sei por que é que temos polícia, pra começo de conversa. Parece que estamos nos cuidando bem, organizando o tráfego, limpando as ruas #Jan25

AdamAlwaysA1: RT @Jan25voices BBC: Gun fire in Tahrir Square… Army arrested some of them and are claiming they are from secret police #jan25 #jan28 #egypt

AdamAlwaysA1: RT @Jan25voices BBC: Tiros na Praça Tahrir… O exército prendeu alguns deles e afirmam que são da polícia secreta #jan25 #jan28 #egypt

@roblugg: RT @bencnn In last 5 days haven't seen any major expressions of political Islam. It's not there, armchair “terrorism” experts. Move on. #Jan25 #Egypt

@roblugg: RT @bencnn Nos últimos 5 dias eu não vi nenhuma grande expressão do Islã político. Não estão lá, especialistas de gabinete em “terrorismo”. Desistam. #Jan25 #Egypt

@macierzynski: RT @bencnnMubarak government makes me feel 15 years younger: when there was no internet, no cell phones, no blackberry (in Egypt). #Jan25 #Egypt

@macierzynski: RT @bencnn O governo Mubarak me faz me sentir 15 anos mais novo: quando não havia internet, nem telefones celulares, nem Blackberry (no Egito). #Jan25 #Egypt

@egyptianbrit: RT @shaistaAziz “We've been afraid for 30 years – we are no longer afraid, we are not afraid of the curfew.” Protestor in Cairo #Jan25 #Egypt #Mubarak

@egyptianbrit: RT @shaistaAziz “Nós tivemos medo por 30 anos – não temos mais medo, não temos mais medo do toque de recolher.” Protestante no Cairo #Jan25 #Egypt #Mubarak

@GabyVerdier: RT @dancefromiraq: Despite gunfire around Tahrir sq. Protestors repeatedly confirm their determination to stay. #jan25

@GabyVerdier: RT @dancefromiraq: Apesar dos tiros nos arredores da pça. Tahrir Protestantes repetidamente confirmam sua determinação de ficar. #Jan25

@arabmny84: anybody know if the archives and national library were looted??? #egypt #jan25 @arabist @alaa @manal

@arabmny84: alguém sabe se os arquivos e a biblioteca nacional foram pilhados??? #egypt #jan25 @arabist @alaa @manal

@pasupatidasi: RT @AymanM #egypt number of protesters dwindling down at Tahrir Square but atmosphere of defiance not waning #jan25

@pasupatidasi: RT @AymanM #egypt número de protestantes diminui na Praça Tahrir mas a atmosfera de desafio não diminui #jan25

@nicoladiaz: RT @abusamra23 #jan25 #egypt Friends walking back from tahrir direction zamalek, all peacefull, just too many ppl checkpoints…Salut to all our brave guys

@nicoladiaz: RT @abusamra23 #jan25 #egypt Amigos caminhando de volta de tahrir na direção de zamalek, tudo em paz, apenas muitas barreiras policiais…saudações a todos os nossos corajosos caras
Nós não temos mais medo

Nós não temos mais medo

@sate3: RT @yasminhamidi: RT @arabist: http://twitpic.com/3uxnbi A protestor explains the situation in #Egypt in simple terms

@sate3: RT @yasminhamidi: RT @arabist: http://twitpic.com/3uxnbi Um protestante explica a situação do Egito (#Egypt) em termos simples

Continue ligado para mais cobertura do Egito.

Este artigo é parte de nossa cobertura especial dos Protestos no Egito em 2011.

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.