Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Israel/Palestina: Reagindo aos Papéis Palestinos

Hoje, o canal em inglês da Al Jazeera lançou o primeiro de mais de 1.600 documentos internos [en] de uma década do Processo de Paz Israel-Palestina, conhecidos como os “Papéis Palestinos”. Os documentos divulgados hoje tornam público um número de negociações secretas entre o negociador- chefe da OLP, Saeb Erekat, e os israelenses, incluindo o que a Al Jazeera chamou [en] de “compromisso sem precedentes sobre a divisão de Jerusalém e dos lugares sagrados”.

O jornalista baseado em Doha (Catar) Blake Hounshell (@blakehounshell), reagindo às primeiras publicações, declarou [en]: “Eu acho que hoje pode ser lembrado como o dia em que a solução de dois Estados morreu #papéispalestinos”. As reações que se seguiram ao redor da região não foram menos fortes.

O jornaniano @Mayousef provavelmente concorda, mas no entanto não se mostrou surpreso [en] com o conteúdo dos documentos:

So we know those people on PLO are traitors I thought they are gonna come up with new stuff not details for old news #PalestinePapers

Então, sabemos que essas pessoas da OLP são traidores[.] Eu pensei que eles [os Papéis Palestinos] trariam coisas novas e não detalhes de notícias velhas #PapéisPalestinos

Da Itália, @majdal, como Hounshell, vê isso como o fim [en]:

What a disgusting situation. The PA won't last too long after this. #palestinepapers

Que situação desagradável. a Autoridade Palestina não irá durar muito depois disso. #PapéisPalestinos

Enquanto a maior parte das críticas vindas do Twitter são direcionadas à Autoridade Palestina, na opinião de muitos, Saeb Erekat merece a maior parte da culpa:

@KonWomyn (de procedência desconhecida), tem isto [en] a dizer sobre Erekat:

Saeb Erekat now backtracking like he never made offer to Israel. Clearly amnesia's an essential disease in politics. #palestinepapers

Saeb Erekat agora recuando como se nunca tivesse feito uma oferta a Israel. Claramente a amnésia é uma doença essencial na política. #PapéisPalestinos

O sudanês @simsimt, aludindo à afirmação de Erekat de que a única coisa que ele não pode ser forçado a ser é um sionista, acredita [en] que os dias de Erekat como político estão contados:

The non-Zionist Saeb Erekat is a finished man. Who's next? #palestinepapers

O não-Sionista Saeb Erekat é um homem acabado. Que é o próximo? #PapéisPalestinos

Alguns indivíduos notam que a culpa vai além da Autoridade Palestina. @Elizrael, de Israel, tem outro ponto de vista [en]:

#PalestinePapers make the Palestinian leadership look bad, but think about how Israeli leaders come across – refusing peace time after time.

Os Papéis Palestinos fazem a liderança palestina ficar mal, mas pense em como os israelenses chegaram até aqui – recusando a paz todo o tempo.

1 comentário

Junte-se à conversa

Colaboradores, favor realizar Entrar »

Por uma boa conversa...

  • Por favor, trate as outras pessoas com respeito. Trate como deseja ser tratado. Comentários que contenham mensagens de ódio, linguagem inadequada ou ataques pessoais não serão aprovados. Seja razoável.